Português | English

Cartas

Zeus-Zebú, e umas besteirinhas do diabo...

Zeus-Zebú, e umas besteirinhas do diabo...

-----Original Message----- From: Elayne Sent: domingo, 27 de julho de 2003 To: contato@caiofabio.com Subject: O Nome de Deus Mensagem: Algum tempo atrás, procurando contato com o senhor, revirava nos “sites de busca” vários estudos bíblicos, artigos que salvei off line, para depois estudá-los... Eu adoro fazer isso; mas, houve um certo dia em que acessei um site: Galeria de Estudos das Sagradas Escrituras... A principio, comecei a ler com o interesse costumeiro, porém, quando me dei conta do que estava lendo, levei um susto, fiquei chocada e nem consegui dormir aquela noite... Nem me dei ao trabalho de ler “todo” conteúdo do site, porque logo no primeiro capitulo, o “autor” que ironicamente não informa seu nome, faz afirmações inverossímeis em relação ao NOME DE JESUS... Abaixo, eu colei aqui alguns dos trechos mais absurdos, porém, retirados de seu contexto, seria recomendável a leitura completa diretamente no site. O "autor", na maior cara-de-pau, começa assim: ************************************************** Com base na oração que o Messias nos ensinou: "Santificado seja o Teu Nome". Aqui se encontram algumas explicações e esclarecimentos que irão ajudá-lo a achar, e descobrir com surpresa, quem é nosso real Criador, qual é Seu verdadeiro Nome, e como entrar debaixo de Sua onipotente proteção. Você irá também se familiarizar com o verdadeiro, honesto Messias. Esta abordagem será pelo processo de eliminação até que você conheça e creia no verdadeiro Nome do nosso Criador, na Pessoa por trás deste Nome, Quem é o autêntico Messias e qual é o Seu genuíno Nome. Os “nomes” corretos seriam: YAOHUSHUA –O filho (Jesus Cristo) YAOHU UL – O Pai (Deus) 'RUKHA-YAOHU' – Espírito Santo O real significado da palavra 'yehovah' é destruição, desolação, perdição (lembre-se, não há letra 'j' em Hebraico, tanto arcaico como moderno). Uma simples pesquisa nos significados e etimologias destas palavras irá claramente revelar isso.L Em hebraico arcaico, as palavras 'az' e 'eyz' se referem a 'um bode'. Assim, quando você diz 'yahshua' or 'yehshua', isto significa literalmente: 'o bode salvará', isto é, em hebraico arcaicoUma vez que a palavra para bode em Hebraico arcaico é 'az' e 'eyz,' ainda estaríamos nos referindo ao bode ainda que escrevêssemos áiz' ou 'ayz' ou 'aaazz' especialmente quando orando entre espiritos invisíveis no reino espiritual. Note que as palavras 'deus', 'theos', 'josh' e 'zeus' todas se referem ao mesmo ser espiritual invisível, no reino sobrenatural, independente de como escrevemos, uma vez que os sons produzidos invocam o mesmo ser espiritual ídolo. (espírito maligno). Substituições recomendáveis no nosso linguajar diário para estas palavras seriam: "O Altíssimo", "O Criador", "O Todo-Poderoso". Em inglês, "The Most-High", "The Almighty". Em Hebraico "ULHIM", "ULYAN", "GAVOHA". Substitua hoje mesmo em seu falar a invocação oculta a "zeus", por meio da palavra "deus", usando uma palavra muito mais adequada como "Altíssimo", por exemplo! Lembre-se: quando duas palavras são faladas com nenhuma diferença de posição da língua contra o véu palatar e os lábios, as palavras são a mesma, no que se refere a invocação de seres espirituais. Por exemplo, se alguém invoca o inimigo invisível, satan, ele irá atender independente de você usar a escrita zeytan, ou zheytan, ou z-taan, ou satã. Assim, quando você invoca 'yahshua' or 'yehshua,' o bode, satan, ficará satisfeito de ser referido como seu redentor. Este é o cumprimento de sua missão: enganar e fazer o incauto tomá-lo por seu redentor. Um impostor, claramente falso. Se o Nome do Criador fosse 'Yahweh' - como muitos erroneamente presumem que seja, então o povo que se chama pelo Seu Nome teria de ser referido como 'Yahwehdim' - o que é falso e cacófono, além de ser contrário a fatos correntemente observáveis. No nome racial deste povo escolhido, na sua própria língua nativa, o verdadeiro Nome do Criador é facilmente discernível, quando tradições religiosas e conceitos errados são removidos da mente de alguém, de modo a acuradamente determinar o verdadeiro Nome do nosso Criador, portanto conhecendo Quem é a autêntica Pessoa por trás daquele genuíno Nome. A palavra 'yehovah' (Jeová) foi concatenada, ou inventada, há muito tempo atrás transpondo as vogais da palavra 'adonai' para o tetragrama 'YHWH'. Nas comunidades culturais dos antigos Fenícios-Babilônicos, o ídolo 'Adonis' era muito popular entre as massas pagãs e foi do nome deste ídolo que a palavra 'adonai' se originou. As vogais da palavra 'adonai' foram transpostas para dentro do tetragrama (YHWH) e a palavra resultante foi 'yehovah'. A própria palavra 'adonai' não consta das Sagradas Escrituras originais (Tanakh). Isto foi também uma adulteração, uma adição. Pergunta: Por que não chamar o Criador de 'god'? (palavra em inglês correspondente a "deus", em português, cujas origens malignas já constatamos anteriormente) Resposta: A origem desta palavra é a palavra raiz: 'KHUDA' - que era um antigo ídolo (caveira) dos Persas e Babilônios. Isto pode também ser facilmente verificado atentando para o nome do ídolo de culto 'Baal Gad' mencionado nas Sagradas Escrituras diversas vêzes. Como já recomendado anteriormente, uma adequada substituição para as pessoas de lingua inglesa seria "Most-High" (Altíssimo) ou "Almighty" (Todo-Poderoso) ou ainda "Creator" (Criador). Uma outra palavra dada como indicação nas Sagradas Escrituras é a palavra Gólgota (gol-got-ha) que significa 'lugar da caveira'. A palavra 'got' se refere a parte cranial do esqueleto humano, comumente usada por médiuns e feiticeiros! Assim, quando alguém ora a 'god', você agora sabe a quem ele está realmente orando.Não é vergonha estar enganado; o que é vergonha é permanecer em escuridão uma vez que a verdadeira Luz foi vista. Lembre-se, Luz rejeitada conduzirá a total treva da mente! Assim, comece a chamar seu Criador de "YAOHU" e nunca mais use nomes idolátricos pagãos. Pergunta: Porque não 'Ha-Shem' ou 'Adonai?' Resposta: Novamente, as palavras raízes destas palavras são idolátricas. Para sua perspicácia: 'Shem' - da palavra raiz 'Shemiramis' a deusa Babilônica, 'Adonai - da palavra raiz 'Adonis' - o antigo ídolo Greco-Fenício da fertilidade masculina, notório por adoração fálica - culto aos orgãos genitais masculinos. Verifique você mesmo! Você deve realmente saber quem você adora e invoca com sua boca. O que você diz é o que você tem! Lembre-se que Shemiramis é a esposa-mãe de Tammuz na mitologia Babilônica-Assíria e cultos pagãos primitivos. 1) Não existe letra "J" nem no hebraico, nem no aramaico, nem no grego e nem no latim. Portanto é impossível escrever qualquer palavra nestas línguas que possua o som da letra "J". Esta letra só surgiu no século XIV, pelo que seria impossível o Nome do Messias possuir uma letra "J" ou equivalente com mesmo som. 2) O Nome do Messias traz em si o Nome do Pai, YAOHU. Isso não acontece com o falso nome "jesus". 3) O Nome do Messias é de origem hebraica. O falso nome "jesus" não tem origem hebraica, mas sim, greco-romana. 4) O Nome do Messias possui um significado, com base no idioma hebraico, conforme explicado em Manyaohu (Mateus) 1:21 que diz: "... porque Ele salvará o Seu povo dos pecados deles". O falso nome "jesus" não possui tal significado hebraico. 5) Esta palavra é a tradução grega do original hebraico - usada por tradutores humanos para mais fácil aceitação no mundo de idioma grego durante os tempos primitivos; também, os gregos naquela época eram tão apaixonados de suas adorações pagãs mitológicas de 'zeus' e também 'dionísio' que o genuíno Nome do Messias foi traduzido para uma versão mais pronunciável e mais familiar 'iesous' do qual o muito popular, mas errôneo, 'jesus', se originou. A origem da palavra 'jesus' associada a 'zeus' é muito evidente tanto em português 'je-zeus' como em inglês 'gee-zeus'. Infelizmente os inadvertidos invocam 'zeus', quando invocam 'jesus', pensando estar invocando o verdadeiro Messias YAOHUSHUA! Pergunta: É correto usar o título 'El Shaddai'? Resposta: Não. É incorreto. Uma simples pesquisa sobre a pessoa de 'EL' na mitologia Babilônico-Caldéia irá revelar que 'EL' era um ídolo pagão muito popular na antiga história destes povos. Ele era um ídolo associado com incesto, luxúria, imoralidade e deslealdade. A palavra 'shaddai' se refere a espíritos sedutores no reino maligno. O uso deste título invoca espíritos sedutores com as características imorais de 'EL' - conduzindo muitas pessoas à escravidão de idolatria mesmo feiticeiros sabem disso e invocam este pagã. Até título específico em seus encantamentos, sessões de cura e adoração satânica. Assim, verifique, examine, estude antes de aceitar palavras como "god", "deus", "jesus" (je-zeus), "jeová", 'lord", "shemiramis", "EL", "Elohim", e outros. É a sua eterna alma que está em risco! Pergunta: É correto se referir ao Espírito Santo como 'Ruach ha-Qodesh'? Resposta: Isto é francamente um grave erro. Deve-se ser extremamente cuidadoso quando lidando com o Espírito de YAOHU UL, porque blasfemar contra o Espírito Santo é pecado imperdoável, tanto neste mundo como no porvir, como Molkhiul YAOHUSHUA disse em Manyaohu (Mateus) 12:31-32. Em Hebraico arcaico, a palavra 'ruah' significa 'mal', 'maligno', 'mau' - (Dicionário Hebraico-Caldeu #7455). Por Gesenius ou Strong. Por outro lado, a palavra 'akko' literalmente significa 'bode selvagem' (Dicionário Hebraico-Caldeu #689). Assim, quando você fala as palavras 'Ruach ha-Qodesh' - no mundo espiritual invisível, você está realmente se referindo e invocando um dos títulos do bode maligno, que é satir, ou satanás, ou também conhecido por ha-satan (o dragão, a serpente, o enganador, o impostor). Mais ainda quando lidando com seres sobrenaturais espirituais invisíveis. Quem você chama e invoca é que irá realmente responder e se comunicar com você, não quem você tem em sua mente. Você pode ser sincero, mas sinceramente enganado. Cuidado porque há aquele notório impostor escondido por trás de todas estas traduções não inspiradas, e, portanto, erradas. Incidentalmente, o nome real de ha-satan, ou o inimigo, é 'satir' - baseado nas Escrituras Hebraicas. Sabendo isso, certamente você irá abandonar imediatamente qualquer invocação a este nome, não irá? E parar de chamar pessoas de "pastores" porque isso literalmente significa "a boca ou o porta-voz de 'satir" (ou satã). Por favor, verifique as palavras 'satur,' 'satyr,' e 'satar' em qualquer concordância Hebraico-Caldéia confiável e você descobrirá que se referem ao 'bode' - a antiga serpente, o dragão, ha-satan (satanás). Molkhiul (Rei, pronunciado mol-rri-ul) YAOHUSHUA (pronunciado IAURRÚSHUA) nos avisou que devemos estar bem atentos durante estes últimos dias porque ha-satan (satanás) tentará enganar até mesmo os eleitos! Portanto, acorde! Pergunta:Se isso é realmente verdade, porque os estudantes de teologia e outros especialistas religiosos não ensinam isso? Resposta: Molkhiul YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY disse: 'Eu Te louvo YAOHU ABU (Pai), Rei dos céus e da terra, porque ocultaste estas coisas dos sábios e entendidos do mundo e as revelaste aos pequeninos. Sim, YAOHU ABU (Pai), pois assim foi do Teu agrado'! - Lucas 10:21 'Mas YAOHU UL escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios; Ele escolheu as coisas fracas do mundo e as desprezadas e as coisas que não são, para reduzir a nada as que são, para que ninguém se glorie diante dEle'! - 1 Corintios 1:27-29, Sagradas Escrituras E ALÉM DISSO, '... os escribas alteraram a palavra, especialmente os nomes! Lembre-se de Yarmiyaohu (Jeremias) 8:8 do Tanakh ou Sagradas Escrituras! Molkhiul YAOHUSHUA também disse: Ai de vós especialistas em religião! Pois vós escondeis a verdade do povo. Vós não aceitais por vós mesmos, e vós impedis outros de ter a chance de crer! - Lucas 11:52. Eles levaram embora a chave para o completo conhecimento espiritual e salvação eterna - o NOME! Contudo, YAOHU UL nos promete restauração completa do conhecimento do Seu Nome em Yaoshuayaohu (Isaias) 52:6 onde Ele diz: "Por isso o meu povo saberá o Meu NOME!' HaolulYAOHU! Molkhiul YAOHUSHUA também disse: 'Estreito é o caminho e difícil que conduz a vida, e só há uns poucos que o encontram, mas largo e espaçoso é o caminho que conduz a destruição, e muitos são os que entram por ele'! - Manyaohu (Mateus) 7:13-14, Sagradas Escrituras. Só se pode entrar nos céus através da porta estreita - e Molkhiul YAOHUSHUA é a porta das ovelhas. Homem algum pode se chegar a YAOHU UL exceto através dEle - e estas são verdades expressas nas Sagradas Escrituras! Repetindo, homem algum pode se chegar ao Altíssimo exceto pela mediação de Molkhiul YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY somente! Está claro isso? Verdadeiramente! Portanto, não baseie seu futuro eterno em grupos ou opinião pública e aceitação normal da sociedade. O mundo é dominado por ha-satan (satanás), o bode selvagem! (Em alemão 'god' é chamado 'gott' - bem similar a 'goat' (bode em inglês). 'YAOHUSHUA' é o Nome acima de todo nome. Há tanto poder por trás deste Nome...! Ele não deveria e não poderia ter sido traduzido para 'iesous' soando como 'zeus' porque tendo feito assim, alterou grandemente e substituiu o Ser-Espiritual invisível que está por trás deste tremendo Nome por um ídolo mitológico pagão. A presença do ídolo 'zeus' na tradução portuguesa para 'jesus' (je-zeus) também é bastante evidente. Lembre-se, um nome representa toda a personalidade e autoridade ligada a pessoa por trás dele. Mudar os nomes de seres santos envolve a mudança das pessoas-espirituais representadas por estes nomes, e as personalidades, caráter e papéis na vida, bem como as forças espirituais que são ativadas por estes nomes.Além disso, YAOHU UL, nosso Criador, jamais autorizou tais mudanças no Seu Santíssimo Nome ou no Nome de Seu Ungido. Porque um nome próprio pessoal significa muito! Ele representa todo o caráter, qualificações, reputação, habilidades, autoridade, atributos e a totalidade da pessoa representada por aquele nome em particular! E pensar que o Nome do Messias foi decretado pelo Próprio Todo-Poderoso, transmitido à abençoada virgem Maoroam (Maria) pelo Seu anjo! Tenha sempre em mente também que as pessoas estão lidando com seres espirituais invisíveis por trás de cada nome, quer elas usem em orações ao Altíssimo ou usem em qualquer comunicação proibida com o sobrenatural. Lembre-se, eles são invisíveis, assim nós devemos ser muito particulares e cuidadosos para identificar com quem nós estamos lidando e nos comunicando. Quais espíritos invisíveis responderão, se Puros Espíritos (ULHIM) ou se espíritos malignos, depende tão somente por quais nomes os chamamos. Certamente o Altíssimo não aceitará ser invocado por nomes adulterados, nomes de ídolos que pela corrupção dos costumes e das culturas, vieram a ser adulterados para nomes de ídolos. Isto é blasfêmia! Nomes corretos ativarão seres espirituais corretos, nomes errados ativarão espíritos malignos indesejados, os quais são notórios em fingir e imitar os verdadeiros, para enganar a muitos. Espíritos malignos são mentirosos e enganosos. Impostores, em verdade! Porque muitos ouviram este nome, 'je-zeus (jesus)', por tanto tempo, e se acostumaram tanto com ele, eles não questionam mais se o que eles ouviram e aprenderam é verdadeiro ou falso. Simplesmente vão em frente no erro de tradições e costumes mentirosos! Uma mentira freqüentemente repetida será aceitável para humanos que não pensam, após um tempo suficiente de repetição contínua, e se o tempo de repetição for maior, eles defenderão como se fosse verdade! E até mesmo desistir de suas vidas por essa mentira! Verdadeiramente muitas pessoas perecem por falta de conhecimento. Você daria a seu filho o nome de 'zatan'? Por que não? Porque ele soa como satã! Mas este nome tem uma escrita diferente. Ainda assim você não aceitará a proposta. A resposta é obvia, não é? De fato! Então por que as maiorias das pessoas, ignorantemente, fazem de "je-zeus (jesus) seu 'baal' ou senhor? Porque chamam seu Criador de "Deus", ainda que com "D" maiúsculo? "Meu povo é destruido por falta de conhecimento". E há também a serpente, enganando o mundo todo. Mas ha-satan (satanás) sempre é obrigado a dobrar seus joelhos a YAOHUSHUA hol-MEHUSHKHAY! Você sabia que "zeus" é o ídolo de tempestades, tornados, trovoadas, ciclones, e todas as formas de disturbios climáticos catastróficos? Assim, se você quizer evitar estas calamidades, é bom parar agora de invocar este espírito-ídolo das trevas, que se esconde em nomes tão comumente usados para enganar o mundo inteiro com seus fingimentos e enganos. Pare agora de se referir ao Criador e ao Seu Ungido por nomes como "deus", "je-zeus (jesus)", "gee-zeus" (jesus em inglês), "isa" (para o povo árabe), etc. É muito melhor a verdade que às vezes machuca do que mentiras cobertas de açúcar! Feridas de um amigo são melhores do que beijos de um inimigo... assim diz o livro de provérbios. A adoração de ha-shem é, nos dias atuais a adoração do sol! Enquanto que a adoração de 'adonai' é realmente a adoração do 'velho dragão' com seus símbolos fálicos. 'Meu povo é destruido por falta de conhecimento' - Hoshua (Oséias) 4:6, Tanakh. Paremos de orar , adorar ou louvar 'deus', 'je-zeus (jesus)', 'ha-shem', 'adonai' porque YAOHU UL abomina toda espécie de prática idolátrica, independente de quem as pratica, se judeus ou gentios.Mas há milhões fazendo isso! Por acaso números mudam a mentira em verdade? Lembre-se, largo é o caminho que leva à destruição e há muitos que entram por ele, mas estreito e difícil é o caminho que conduz à vida! Agora você percebe o quão ardilosa foi a linha de pensamento que os escribas seguiram há bastante tempo atrás, provando o que está escrito, que eles realmente levaram embora a chave do conhecimento. Eles apagaram, retiraram, e alteraram a Pessoa original do Livro, as Sagradas Escrituras, e imputaram a diferentes ídolos a autoria do Livro Santo, as Sagradas Escrituras - mas não ao Santo de Yaoshorul: YAOHU UL! Jeremias 11:19 diz: "Eu era como manso cordeiro, que é levado ao matadouro; porque eu não sabia que tramavam projetos contra mim, dizendo: Destruamos a árvore com seu fruto; a ele cortemo-lo da terra dos viventes, E NÃO HAJA MAIS MEMÓRIA DO SEU NOME". Em primeiro lugar, para todo conhecedor das verdades escriturais, é muito claro que "manso cordeiro levado ao matadouro" refere-se ao Messias, o Salvador de todos os homens, o qual foi sacrificado como Cordeiro Imaculado em expiação pelos pecados de toda a humanidade. Aqui, de início, partimos da premissa de que você já creu que o Messias foi enviado e morreu sacrificialmente por você, há cerca de dois mil anos. Se ainda não, até o final da leitura certamente terá bastante informação para meditar e fazer sua própria decisão de fé. Os seus malignos planos se dividiam em duas partes. A primeira destas partes, sem que eles pudessem ter sabedoria de perceber, estava nos planos do Altíssimo, e por isso seu intento foi levado adiante e consumado. Esta primeira parte era "Destruamos a árvore com seu fruto; a ele cortemo-lo da terra dos viventes". Ora, estava escrito que o Messias deveria morrer sacrificialmente como expiação completa e definitiva de todos os nossos pecados. Um sacrifício de um Justo pelos pecados dos injustos. Sem que pudessem perceber que estavam destruindo a si próprios, estes seres malignos desferiram o golpe de morte contra o Messias, pregando-O no madeiro, e assim, libertando toda a humanidade da escravidão do pecado, da morte e do inferno. Este golpe se voltou contra eles próprios, contra estes que queriam a humanidade debaixo de pecado e de trevas para que seu domínio maligno se perpetuasse. O tiro saiu pela culatra, conforme o dito popular. Figuradamente, eles se enforcaram na própria forca que haviam contruido. A segunda parte deste plano maligno, porém, ainda se encontra em andamento, contudo não será levada a cabo, pois a segunda parte não faz parte da decisão soberana do Altíssimo. Tendo sido frustrados totalmente na primeira parte do plano, e vendo que seu golpe acabou ferindo a eles próprios, era necessário que trabalhassem arduamente na realização da segunda parte, como uma derradeira tentativa de enganar e destruir a humanidade: "E NÃO HAJA MAIS MEMÓRIA DO SEU NOME". Por que é tão importante para as hostes malignas que "NÃO HAJA MAIS MEMÓRIA DO SEU NOME"? Por que tem as hostes malignas trabalhadas tão arduamente, e usado tantos seres humanos, neste propósito de apagar a memória do Seu Nome? Porque eles conhecem as escrituras, e sabem bastante bem a importância que este Nome possui! Eles também sabem bastante bem que, mudando-se o nome, muda-se o fato, e assim pode-se corromper os relatos, fazendo com que se creia numa mentira de relato idêntico ao verdadeiro, porém com diferentes personagens. Quando as Sagradas Escrituras afirmam "NENHUM OUTRO NOME" o que isso significa é simplesmente "NENHUM OUTRO NOME". Não existe nenhum sofisma, nem profunda hermenêutica, nem artifício algum que possa transformar estas palavras em outras diferentes para satisfazer tendências religiosas, políticas, ideológicas ou interesses pessoais. "NENHUM OUTRO NOME" significa só e exclusivamente "NENHUM OUTRO NOME". De que forma o inimigo, satanás, trabalhou e tem trabalhado no sentido de que "NÃO HAJA MAIS MEMÓRIA DO SEU NOME"? Primordialmente por meio das escrituras traduzidas! O Nome do Altíssimo Criador, o Pai, foi sumariamente retirado ou substituído na totalidade das traduções das escrituras para os muitos idiomas. O Nome do Filho foi substituído ou adulterado na totalidade destas mesmas traduções. O inimigo, satanás, trabalhou arduamente para este propósito. O Nome do Messias foi simplesmente e licenciosamente adaptado às tendências políticas, religiosas e culturais dos povos, sem que os incautos tradutores se dessem conta de que estavam lidando com o Nome que está acima de todo nome; o Nome que não foi escolhido por nenhum homem ou mulher, o Nome exclusivo de identificação do verdadeiro Messias para a nossa salvação; o Nome que nos dá o que NENHUM OUTRO NOME nos dá; o Nome único e exclusivo pelo qual a nossa fé nos faz filhos do Altíssimo. Satanás trabalhou e continua trabalhando desta forma para ocultar, substituir, negar, desonrar e blasfemar do NOME que está acima de todo nome. É interessante notar que, apesar das Sagradas Escrituras afirmarem que não há nenhum outro nome, e que o Nome do Messias não foi permitido ser escolhido por nenhum homem ou mulher, cada cultura se refere (ou pensa que está se referindo) a Ele por um nome diferente. Teria o Messias tantos nomes assim? As Sagradas Escrituras afirmam que não! Entre os povos do ocidente, o nome mais popular é "Jesus". Nos povos de língua de origem espanhola é "Jesucristo". Nos povos árabes os missionários pregam "Isa". Entre os índios no Brasil muitos missionários pregam "Tupã". Para os judeus é pregado "Yeshua" ou "Yashua". Teria o Messias todos estes nomes? Ou não teria nenhum destes? Na realidade, estes nomes nada mais são do que uma criação espúria segundo a tendência cultural e culto pagão de cada povo, ou povo de origem lingüística. Poderia ser "Jesus" o nome do Messias? Nunca! Por inúmeras razões. Não existe letra "J" em hebraico, seja arcaico, seja moderno. A letra "J" só apareceu no século XIV, portanto o Messias jamais poderia ter um nome que começasse ou possuísse a letra "J". Muitos afirmam que o "J" anteriormente era um "I" e que o nome originalmente era "Iesus", de procedência do latim. Há também os que afirmam que era "Iosous", de procedência grega. Não importando a forma com que é escrito, e também não importando a origem grega ou romana, o fato é que a origem deste nome se acha emaranhada no culto idolátrico de "zeus", tanto cultuado na mitologia grega como na mitologia romana. A forma "Iosous", mais comumente aceita entre os eruditos, deixa transparecer muito para os que amam a verdade, a origem deste nome em "zeus" - Iozeus. Há registros antigos do nome ser grafado como "ZESUS". Para os que não tem temor de se misturar com idolatrias pagãs de mitologia grega, este nome foi a proposta mais popular de satanás com o objetivo de trazer blasfêmia ao Messias e substituir o seu Nome, expondo a humanidade, que ele deseja destruir, ao engano. O Nome do Filho traz em si o Nome do Pai. As escrituras mostram isso com clareza. O nome "jesus" absolutamente não traz em si o Nome do Pai. O Nome do Filho traz em si um significado que o nome "jesus" não traz! As Sagradas Escrituras mostram em Mat-us 1:21 o seguinte: "..ela dará à luz um Filho, e lhe porás o Nome de ....... PORQUE ELE SALVARÁ O SEU POVO DOS PECADOS DELES". O anjo que informou o Nome que o Messias deveria receber, também EXPLICOU porque Ele receberia este Nome. A explicação do Nome do Messias tem a ver com o significado de Sua obra redentora. Esta explicação e significado não se encontra de forma alguma no popular, mas falso, "jesus". O nome "jesus" não diz respeito à salvação alguma, nem possui significado algum que se pudesse sequer comparar com a explicação do anjo. O verdadeiro Nome do Messias, conforme veremos adiante, este sim, possui toda esta riqueza de significado. As Sagradas Escrituras afirmam que "A salvação vem dos judeus". O Messias foi prometido aos judeus nas Sagradas Escrituras Hebraicas, nasceria do povo judeu, nasceria em Belém de Judá, e obviamente, teria um Nome judaico. O nome "jesus" não é, absolutamente, de origem judaica, mas sim, greco-romana! Se acontecer, meu amado leitor, (e eu espero que não aconteça), de você nesta hora estar zangado comigo por estar escrevendo estas palavras tão duras contra um nome que você há tantos anos ama com sinceridade de coração, por favor, eu lhe peço, volte sua ira contra o inimigo, satanás, que fez não só a você como também a mim, crer numa mentira e engano. A mentira não se torna verdade dependendo de quanto tempo ela é falada. Mentira é mentira e continua sempre mentira, não importa quanto tempo eu ou você tenhamos crido nela. ************************************************ Pastor Caio, como o senhor mesmo pode ver, trata-se de um absurdo, e o pior é que pode confundir e “pirar” a muitos, até mesmo os eleitos.. Na Internet, por sua democracia, qualquer um pode se expressar como bem entender... Meu querido Caio Fábio, sua resposta a respeito deste assunto para mim é grande importância, porém devido as “baboseiras” descritas, não precisa ser urgente. Eu AMO tudo o que o senhor escreve , visito seu site todos os dias, e louvo a DEUS por sua vida, sua inteligência brilhante, e seu jeito de lidar com a hipocrisia onde quer que ela se instale.. Minha historia de vida está tão mesclada com a sua vida, que o senhor nem imagina... A sua influência é sempre tão abençoada... Espero mandar-lhe um e-mail mais pessoal nos próximos dias, falando um pouco de mim... Um abraço, meu querido Pastor Caio Fábio. No guardo, Elayne ************************************************** Minha querida Elayne: Minha resposta é simples: Enquanto esse querido e confuso “bode” não escreve o nome—quem profetiza, que banque!—, vou respeitosamente chamá-lo “Zeus-Zebú”. Isto aqui não é um tratado. Ninguém teria tanto tempo a perder com as elucubrações anônimas de Zeus-Zebú! Eis o que singelamente penso: 1. Tem gente que usa o nome de Jesus, sem nunca o haver conhecido (Mt 7: 21-24). 2. Tem gente que não usa o nome de Jesus, mas o conhece, sem nem saber o nome (Muitos virão do norte, do sul, do leste e do oeste...e tomarão lugar à mesa no Reino de Deus...enquanto os filhos reino ficarão fora). 3. Tem gente que se ocupa de letras, nomes e genealogias, e Jesus os chamou de “filhos do diabo”—João 8—, e Paulo disse que a linguagem deles “corrói como o câncer”—II Tim 2-3. 4. Tem gente que sabe quem é Jesus, mas prefere “criar” para Ele uma outra “personalidade”, e dar a ela o nome de Jesus. Os cristãos são especialistas em “falarem de Jesus”, mas aquele a quem descrevem, não encontro, com aquela atitude, em minha Bíblia. É o mesmo nome, mas uma outra Pessoa. 5. Tem gente que de Jesus só sabe o que outros dizem...a maioria dos crentes come de um “Jesus requentado” nas panelas de outros. 6. Tem gente que conhece a Jesus, e, para esses, o “nome” só é importante porque corresponde ao Cristo de Deus, conforme o Evangelho. O que o Zeus-Zebú está fazendo, é Anátema! Ao Zeus-Zebú, que ama fonética e tem problemas com o nome Adonai porque lembra os símbolos fálicos dos pagãos--é freud!--, a ssim diz Deus: "Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim!" Zeus-Zebú está enganando e sendo enganado. Pode-se errar o nome de Deus, não se pode é fazer as pessoas errarem o Caminho de Deus. O engando de Zeus-Zebú é bäsico. Não só pelo “desenvolvimento” maligno da pseudo-revelação, mas, sobretudo, por ele achar que Deus é um ser fonético, e que não atende se o Nome dele for mencionado com consoantes erradas. Ou seja: esse cara pensa que Deus é como Zeus. Só um deusinho assim é que só atende caprichosamente se o nomezinho delezinho estiver falado direitinho... Deusinho de brincadeira, bobinho, caprichoso, mimado e do tamaninho de seus adoradoresinhos...todos mortinhos pela letra e pela corrupção da linguagem. Deus é espírito, e importa que Seus adoradores o adorem em espírito e em verdade! Quanto ao Nome, Deus sabe quando é com Ele que se está falando, mesmo que não se pronuncie nome nenhum! Morro dando a todos garantia disso! Deus só atende pelo nome que a sinceridade, em fé, usar para falar com Ele, nos ambientes do coração. Do contrário, teríamos que matricular a “Deus” num curso de etnologia, num outro de etimologia, e também nunzinho de antropologia. E penso que para um “Deus” tão ignorante assim, não lhe faria mal receber umas aulinhas de teologia e de psicologia. Aí...eu, pessoalmente, não iria querer nada com “ele”...quem sabe me oferecia para dar umas aulinhas para “elezinho”, coitado! O Nome de Deus, só Deus conhece! E o Apocalipse diz que Ele dará esse nome que ninguém conhece Àquele que voltará montado num cavalo branco. Enquanto isto, Ele sempre sabe se é com Ele que se está falando ou não. E o diabo também sabe disso. E mais: o diabo sabe e treme! O Zeus-Zebú é que não sabe disse! Deus só é conhecido no coração, e, aí, o que menos importa é o “nome”, mas a verdade da revelação. Os "pequeninos" que Jesus disse que receberam a revelação, nos dias Dele, falavam aramaico...e, depois, falavam todas as línguas...mas não havia professores de etnologia e nem de etimologia entre eles. O Espírito Santo é quem faz a revelação, tradução, a interpretação, e faz seus aplicativos! Os "pequeninos" receberam e recebem a Revelação da Pessoa de Deus. Deus estava em Cristo... Nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade... Assim, vale lembrar que todo espírito que não confessa Jesus Cristo como Deus encarnado, não procede de Deus, mas é espírito do anti-cristo. Portanto, não se trata de um teste fonético, mas de uma confissão de fé, aquela que diz: Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, e não imputando aos homens as suas transgressões! E mais: haverá o Dia em que todos estarão curvados diante Daquele que recebeu o Nome que está acima de todo nome...seus joelhos estarão dobrados...e suas línguas confessarão o nome de Jesus...em qualquer língua...pois será diante de Jesus que estarão curvados... Ele é o Senhor! Nele, que é Deus Conosco! Caio Ps: Se o Zeus-Zebú aparecer, encontro com ele onde ele quiser. Pode mandar este meu texto para o site do Zeus-Zebú. Quero ver ele não dar sua risada... Arreda Satanás! O Nome de Deus é Santo! E Deus sabe o que eu quis dizer, e disse!