Português | English

Cartas

VOU ENTREGAR O MEU PASTOR-AMANTE

VOU ENTREGAR O MEU PASTOR-AMANTE

-----Original Message-----

From: VOU ENTREGAR O MEU PASTOR-AMANTE

Sent: segunda, 23 de junho de 2003 19:08

To: contato@caiofabio.com

Subject: Contato do Site

 

Mensagem:

Pastor Caio,

Sou divorciada e tenho dois filhos. Freqüento uma igreja. Meu pastor é casado e é um homem muito comunicativo.

Eu já tive uns namorados, mas não consigo ficar com ninguém. Comecei a procurar ajuda com ele, pra falar dos meus sentimentos. Ele é muito simpático. O senhor sabe como é. Acabei me apaixonando.

Olha, não sei nem porque que ele foi pra cama comigo, porque sempre pareceu que se dava bem com a mulher dele. Aí a gente teve um caso. Ele dizia que sofria muito de culpa. Eu fui ficando com raiva dele. Por que então que ele veio ficar assim comigo?

Não entendo essas coisas. Ou vai ou não vai. Mas esse homem ficava sempre sem decidir as coisas. Agora ele diz que não sabe se quer continuar.

Eu estou com ódio dele; se pudesse, eu matava o meu pastor. Estou com vontade de "me arrepender” e ir lá na direção da igreja contar tudo.

Ele é que não pode. Eu tenho esse poder de acabar com ele. Eu posso. Não vou perder nada. Ele é que vai...

Já sei o que o senhor vai dizer. Estou escrevendo pra desabafar... Desculpa... Foi mal.

Peça a Deus por mim.

Socorro...

____________________________________________________________________________

Resposta:

Minha amada irmã: Paz e Paz!

Fiquei apavorado quando li a sua carta original, a qual, pelos detalhes das descrições feitas por você, me vi forçado condensar a fim de poder usá-la aqui no site.

Fiquei apavorado pela demora na minha resposta, visto que sua carta andava perdida com a de muitos outros aqui. Há milhares de cartas no estado em que a sua estava: no limbo.

Aliviei-me ao final, ao ver que era um desabafo, daí minha melhor esperança de que você não tenha cometido aquele desatino contra a sua vida, não apenas contra a dele.

Se você quer se arrepender, arrependa-se, antes de tudo, de ter pensado em cometer aquele “arrependimento”. Tem muita gente que se “arrepende” para se vingar. “Arrependimento” é muito usado como estratégia de confissão vingativa. Já vi “arrependidos” destruírem as vidas de muitas pessoas.

Ninguém tem o direito de viver o que você viveu com ele e depois sair se “arrependendo” em público. Só se você tivesse também em público comunicado a todos que estava se apaixonando por ele, e que sabia que acabaria indo para a cama com ele. Mas não foi isto que você fez! Por que, então, tendo ido você para a cama com ele em segredo, não se arrepende de tê-lo feito também em segredo?

Você sabia quem ele era. Ele estava lá. Não deveria nunca ter se aberto como homem para você—e você mesma sabe disso, pois afirmou que ele parecia viver muito bem com a esposa—e nem para ninguém. Ele tratará disso com Deus. Só ele é Jesus (João 8).

Então, minha querida, mesmo sabendo que ele como pastor deveria se resguardar ainda mais do que qualquer um de que tais coisas acontecessem, não posso deixar de ver dois adultos indo para a cama com consentimento um do outro. Ele não violentou você. Você quis e você foi atrás.

Me perdoe a franqueza, mas não sou menino. Não posso deixar de ver que você esteve mais presente no início da história; e que ele está muito mais presente que você no fim dela.

Ou seja: você foi a ele...ele quer deixar você! Então, deixe-o ir, e não lhe faça nenhum mal! Deus seria o vingador dele contra a sua vida!

Portanto, se você não deseja ser perversa e maligna aos olhos de Deus, fique em silêncio, ore e fale com Deus sobre você. Mas deixe esse homem seguir o caminho dele diante de Deus.

Ninguém deve tentar destruir o caminho de seu próximo. Deus é o vingador!

Você deve estar assustada comigo, que falo tanto em Graça, mas que hoje já falei algumas vezes em vingança com você.

Deus será o vingador em Graça.

Ninguém pense que o Deus de toda Graça não é também aquele que pesa a mão sobre o mal. Ele o faz.

Quando o faz sobre Seus filhos, os cura. Quando o faz contra os que vivem em consciente rebelião contra Ele, os esmaga.

No fim, no entanto, a Graça haverá de prevalecer, até mesmo sobre a vida do perverso.

Digo isto a você com muito amor. Mas o digo com verdade. Não faça nada além de cuidar de seu próprio coração. Não plante esse vento... ...tempestades podem ser colhidas.

 

Nele, que é Senhor de Todos,

 

Caio