Português | English

Cartas

VOCÊ É UM CASO DE POLÍCIA

VOCÊ É UM CASO DE POLÍCIA

-----Original Message----- From: Ailton Almeida Castro Sent: quinta-feira, 4 de dezembro de 2003 14:04 To: contato@caiofabio.com Subject: QUE LOUCURA! Mensagem: Precioso, amado, rico e impressionante irmão! Menino de Deus - foi a expressão que me tomou há poucos minutos , quando do término da leitura do livro As Tábuas de Eva. Sinto-me grato por existir num período de tempo onde possa estar contemplando tamanha riqueza de revelação. Mais ainda por poder estar percebendo-a; sim, porque uma coisa é você conceber com a mente só-mente; a outra é pelas vias do coração, que a tudo internaliza, e traz reações que fazem vibrar o ser para uma eletricidade eterna. Caio Fábio D'Araújo Filho, prá mim, você é uma loucura de glória. No bom sentido: você é um "caso de polícia"; é o "crime-da-mala"; é "o fim da picada"; e nós não vimos e nem ouvimos ainda aquilo que deve vir pelo Altíssimo através de sua vida, meu excitante irmão. Êta EVANGELHO glorioso! Vá ser abençoado assim lá adiante "cara". Deixe-me confessar-te uma coisa: o que estou vendo quando olho pra você é o seguinte: Você é o Caio, mas te vejo como Paulo; livre pra dizer e confirmar em Cristo todas as cousas. E NÃO VALE A PENA VIVER SE NÃO FOR PARA ISTO. Viver sem a REVELAÇÃO do NOME, como você diz, PRA QUÊ OU POR QUÊ? Já se sabe isto sem saber! E quando se descobre então ? Aí, Caio, vira esta louca: vontade de proclamação; e esta necessidade urgente de entrega de nossas viabilidades Ao que Vive. Volta e meia estou te escrevendo, e com o que faço aqui, tenho a intenção que esta interação-virtual lhe traga mais consciência e poder quando se diz: Tudo que ligares na terra, terá sido ligado nos céus ... - estou deixando registrado aqui, para estabelecer, junto contigo, como numa proclamação diante de céus e terra: QUE ISTO É PODER DE VIDA ETERNA MANIFESTADA ATRAVËS DESTE SERVO E IRMÃO EM CRISTO. Cheguei a compreender a declaração de Pedro, sobre as coisas que Paulo escrevia, que eram de difícil interpretação. Estou vivendo este tempo de revelações e de entendimento através de sua vida em Cristo. Hoje há muitos que não compreendem o que você está dizendo, mas há outros tantos, muitíssimos, que esperam ansiosamente compreender esta glória "empedrada" pela religiosidade. Eu fui criado num sistema assim, digamos que mesmo sabendo da liberdade que se goza em Cristo, não podia me ver livre da própria herança "cristã" afiançada por meus "pobres" pais na fé. Foi assim contigo também no princípio. Vemos um privilegiado Paulo dizer que os que lhe antecederam na fé, nada tinham a lhe acrescentar, isto porque o propósito de realizações do Senhor na vida dele, exigia esta dramaticidade toda para expor algo não empedradamente-miscigenado. Tive minha primeira ministração fora das cercanias institucionais e religiosas na semana passada. Ministrei para um grupo de professoras de uma creche de PMSP, e temia por não poder falar com o amparo do ambiente em que prego. Orei ao Senhor, e lhe pedi revestimento. Foi-me dado o tema pela organizadora do evento: auto-estima. Bem, creia, o tema que Deus me deu foi - É Proibido não Sonhar. Isto ocorreu antes da leitura do teu livro: As Tábuas de Eva. E me desenvolveu o tema de forma tão maravilhosa que aquelas vidas foram cutucadas no mais íntimo de suas vidas. Quando vi, estava me sentindo totalmente a vontade para lhes falar sobre as cousas mais profundas dos sentidos da existência. No final pedi para orar por elas, e o resultado foi uma comoção pela presença do Senhor muito grande. Gente que na sua maioria jamais iria ouvir um pastor pregar, estava ali, agradecida a Deus. Tenho aprendido isto, por causa do teu testemunho. Sim! estou vendo os grilhões da religiosidade me abandonando, e não vejo senão possibilidades infindas no Senhor; possibilidades de muitas ministrações com este objetivo. Por isso, me perdoe quando escrevo fazendo certas perguntas, que parecem tolas. É que sou carente de juízo Divino. Receba esta oração: Deus querido, eu te glorifico neste momento, por esta vida tão preciosa para mim e para muitos. Te agradeço por poder des-frutar, isto é, poder colher e comer do fruto desta árvore, que para dá-lo, experimentou revezes sufocantes e áridos, tempestades quase intermináveis e podagens doloridíssimas. Este fruto tem sabor de Tua glória e destila alento precioso de riquíssima esperança para meus sentidos. Como és maravilhoso Senhor !!! Tenho que dizer Senhor, muito obrigado mesmo, pois ele Te pertence, e através dos apertos de sua vida, posso experimentar Tua Graça, mas também quase que dizendo: desculpe por não ter participado desta tua luta. Enfim, é assim porque Tu queres, e o Teu querer é perfeito!!! Obrigado demais nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Amém!!! Pra fechar gostei demais daquilo que o seu papaizinho disse quando lhe confessaste teus grandes problemas: ...eu reencontrei o filho de quem estava com muitas saudades". Que colo mais maravilhoso; é o próprio Pai dos pais falando! Renovado estou! Estou te reencontrando! Desculpe o tamanho do texto, é pura alegria por sua vida. De quem te ama demais No Nome Pr. Ailton Almeida Castro