Português | English

Cartas

UMA QUESTÃO PERDIDA ENTRE MUITAS CERTEZAS

UMA QUESTÃO PERDIDA ENTRE MUITAS CERTEZAS

Pergunta: Pastor, Perdoe-me a indiscrição, não quero lhe parecer hostil. Queria apenas entender como o senhor vê na Bíblia uma possibilidade para um novo casamento, depois de ter se divorciado. Pelo o que foi noticiado, foi o senhor que traiu a sua ex-esposa. Desculpa tocar no assunto pela enésima vez! Entretanto ficaria muito feliz se pudesse me convencer de que o que fez é correto. Em Cristo, Shamai ________________________________________________________ Resposta Sem Resposta: Meu amado, Não estou tentando convencer ninguém de nada! Não gostaria que ninguém se divorciasse. É um horror! Só o fiz por razões que somente a mim pertencem. Mas não espero convencer você e nem ninguém de que é bom, gostoso, indolor e que seja o ideal de Deus para a vida humana. Não foi um conselho de Deus que me levou ao divórcio. Foi minha certeza de que Deus preferia aquilo do que a alternativa: a mentira! A gente só corta uma mão, uma perna ou arranca um olho se for para salvar a própria a alma ou a dos outros! Do contrário, só um “maníaco” faz isto! E como você disse: é a enésima vez!!!! Se desejasse vender um livro de sucesso escreveria uma tese sobre o assunto. Jamais farei isto! Quero apenas que as pessoas se enxerguem. As perguntas que me fazem encontram suas respostas nos corações de quem pergunta! Tenho encontrado muita gente me pedindo para “convence-las” apenas porque gostariam de usar o convencimento em seu próprio favor, só que “em meu nome”. Cada um seja responsável diante de Deus pelo que faz e pelo que crê! De minha parte não fui chamado para pregar o Divorcio, mas a Reconciliação. O Evangelho é Reconciliação com Deus. E esse casamento com Deus, uma vez consumado, diz Paulo, dele nada e nem ninguém nos “separará”. Em Cristo, Caio 18/04/03