Português | English

Cartas

Uma pergunta sobre fé!

Uma pergunta sobre fé!

-----Original Message----- From: Rosélia Luís Sent: quarta-feira, 20 de agosto de 2003 To: contato@caiofabio.com Subject: uma pergunta sobre fé!! Um Dia Bom Rev, Tenho visto que sempre que o Reverendo escreve ou fala sobre fé , usa este texto: - O meu justo viverá pela fé... Tenho uma duvida. Em Habacuque 2:4 diz assim: O JUSTO VIVERÁ PELA SUA FÉ... Mas em Galatas, Romanos e em Hebreus fala : - O JUSTO VIVERÁ PELA FÉ... E ai eu pergunto: qual é o sentido original? Porque pra mim, a minha fé faz diferença.. pois se eu tiver fé, esta minha fé vai fazer eu alcançar o que desejo; e, por vezes, penso que existem vários tipo de fé; caso contrario Jesus não teria dito: "homens de pequena fé...;e ainda: "Nunca vi em Israel uma fé como esta". Ora, isto faz eu parar pra pensar que existe fé grande e fé pequena... e vejo muita gente com a fé coletiva; correndo atrás do seu objetivo, e não conseguindo... E eu sempre digo pra mim mesma: ela vive pela fé e não pela sua fé.. Estou errada em pensar assim Rev ??? Aguardo resposta! ***************************** Resposta: Minha querida amiga e irmã: Que a fé que lhe foi dada, cresça mais e mais... A fé só é minha se não for por minha causa, mas sim por causa de Deus. A minha fé, é a minha síntese de consciência em Cristo. A fé em Cristo é o que me leva para esse nível de consciência pessoal de fé para mim mesmo, mas nunca em mim mesmo! Há muitos níveis, intensidade, qualidades, e expressões de fé. Pode-se falar de muita fé e pouca fé. Pode-se falar em fé como certeza de algo. Pode-se falar da fé como perseverança e fidelidade. Pode-se falar em fé como consciência aplicada à vida conforme o corpo de ensino da Palavra. Pode-se falar em fé como convicção pessoal acerca de algo, para si mesmo. Mas, toda é dádiva de Deus na Graça é apropriada pela fé. A fé que nos remete para a certeza da justificação para salvação em Cristo, é a primeira semente de tudo o mais que será fé também. Deus falou, Abrão creu; e isto lhe foi imputado para justiça. A fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. Portanto, a fé que justifica, não só é dom de Deus, como também é a resposta que se dá à Palavra da Graça. A fé não é de todos, pois, nem todos crêem. Além disso, os aplicativos da fé decorrem de diferentes níveis de consciência. A fé que tu tens, tem-na para ti mesmo; ou seja: pratica a tua fé—consciência das coisas de acordo com a consciência em fé—, conforme o entendimento na Graça que tu já alcançaste. A fé pode ser tão concreta em suas certezas ao ponto de transportar montes. E a mesma fé pode ser tão frágil na consciência, que aquele que pela fé transporta montes, muitas vezes briga infantilmente com um monte de besteiras subjetivas. Transporta montes, mas só transportará bobagens de seu próprio caminho, quando deixar de ter apenas uma força executiva; e a fim de vê-la transformar-se também num poder de consciência na Graça. Assim, quem anda sobre as águas, pode ser a mesma pessoa que tem problemas de consciência quanto a comer certos tipo de comida—conforme Pedro, até crescer na consciência da fé. Nosso crescimento é de fé em fé. Fé nunca é algo estático. Fé que não cresce, diminui... A vida da fé, é a fé. Não que ela seja fé em si mesma. Ao contrário: ela funciona na seqüência de Romanos 5: 1-6. Começa na justificação, assume a paz com Deus; se gloria na Graça, na qual fica firme; também gloriá-se na esperança da gloria de Deus; e, muito mais que isto: enfrenta tribulações, e cresce em perseverança, experiência e esperança—ao ponto de não mais ser confundida, pois, terá mergulhado profundamente na consciência do amor de Deus. Fé é o que faz Paulo declarar sua e nossa total inseparabilidade do amor de Deus que está em Cristo Jesus. Pois eu estou bem certo de que nem morte, vida, altura, profundidade, poderes, anjos, ou seres de qualquer ordem, natureza, ou dimensão, jamais poderão nos separar do amor de Deus! Fé é vida. O último estágio da fé vem quando ela tem que vencer o absurdo total. Nesse caso, ela é um salto no escuro, um completo abandono nas asas da confiança. Portanto, assim como há diferença entre estrelas e estrelas, assim também há diferença entre fé e fé. De todas, porém, procede luz. E tal luz não é própria: às vezes ainda é “reflexo”; outras vezes é o fruto das combustões e explosões da Graça no interior do coração. A fé não é de todos, mas é para todos. Assim como se deve pedir sabedoria com fé, conforme Tiago; também deve-se pedir fé com sabedoria, conforme Paulo. Senhor, aumenta-nos a fé—deve ser uma oração freqüente de cada um de nós. O amor cresce. A esperança cresce. A fé também cresce. Tudo que é vivo, cresce. O caminho da fé é o caminho de toda a vida. E a fé vai mudar, crescer, se maturar, aumentar, desenvolver novas qualidades, etc..conforme as demandas do caminho. O justo viverá pela fé apenas porque sem fé o justo não viverá. Espero ter sido útil. Um beijão amigo, Caio