Português | English

Cartas

Uma carta de quem ama este site

Uma carta de quem ama este site

Meu querido Caio Fábio, Como milhares de pessoas, eu sou mais uma admiradora do seu ministério. Tive a oportunidade de vê-lo pregar muitas vezes...uma noite em especial foi...tremenda! Entendi, então, porque os pastores caíam na "Caiolatria". Nós mulheres de pastores víamos cada um deles subindo no púlpito e pregando as suas mensagens. Uma me chama muita atenção..."Salmo 56". Desde que ouvi esse sermão nunca mais me esqueci e ele me acompanha por toda vida, em qualquer situação difícil. Assustei-me quando o “Caio caiu"—como diziam. Hoje estou feliz com seu site e tudo o mais... Recebi uns e-mails até de outros países...gente que me compartilhou alguns textos, e hoje estou aqui visitando direto o seu site. Eu também tive uma experiência da natureza da sua...e sei a barra. Mas hoje tenho alento ao ver você. Se você se pôs em pé, isso me dá a esperança de que também eu possa me erguer. Li aquele sonho que você botou no site sobre a sua vida...aquele que alguém teve a seu respeito...bem, aquele sonho explica tudo... Enquanto isto, eu agradeço a Deus pela sua vida! Ontem passei esses mesmos textos para uma pessoa amiga ler—ela não é cristã—e também contei um pouco da sua história... e ela me disse: - Ele foi um fraco!—disse ela sobre você ter caído em tentação...você sabe. - Fraco não, humano!—respondi com toda a certeza. Sei o quanto você deve ter sofrido com os seus próprios "irmãos". Eu senti isso na pele e como aqui não tem o "Café com Graça", escolhi uma Igreja anônima, imensa, onde eu entro e ninguém me conhece. Sinto-me melhor assim. Estou cansada de tanto jugo...e opressão. Onde anda o Evangelho? Continue pregando a Palavra. Que Deus continue abençoando você. E saiba: estarei sempre visitando o seu site. Um abraço, Eu...