Português | English

Cartas

UM DOCUMENTÁRIO FEZ JESUS VIRAR “MITO” PRA MIM!

UM DOCUMENTÁRIO FEZ JESUS VIRAR “MITO” PRA MIM!

 

 

 

 ----- Original Message -----

From: UM DOCUMENTÁRIO FEZ JESUS VIRAR “MITO” PRA MIM!

To: contato@caiofabio.com

Sent: Sunday, June 15, 2008 8:50 PM

Subject: JESUS?

 

Caio,
 
Querido amigo.
 
 
Escrevo hoje, em razão de tudo o que vivo e o que já vivi!
 
Vivi... Todo o tipo de loucura religiosa, evangélica e tudo mais dentro e fora da igreja.

Vivo... Paz serena e construtiva que se iniciou junto à leitura de seu site.
 
A questão é a seguinte....
Assisti à um documentário no qual o autor foi assassinado uma semana após a sua produção. É um documentário que relata desde a história da religião até a manipulação de guerras que reinaram ontem e continuam reinando hoje. Muito interessante!

Minha sinceridade junto ao limite da minha consciência branda o seguinte: JESUS é mito?!

De acordo com o documentário, Jesus é só mais uma personificação da alma humana perante aos conflitos do deus sol, que é bom e trás luz ao mundo, com o deus lua, que é mal e trás a sombra da escuridão, na qual estão os perigos da floresta!

Fiquei completamente abismado!

O documentário vai desde a religião até os "atos terroristas", tanto do dia 11 como todos os outros.

A pergunta paira: JESUS é mito?!

De acordo com o que assisti, sempre existiu essa história de messias nascido da virgem, mestre de 12, dono de milagres, ressuscitado ao 3º dia, etc... etc.... inclusive a cruz!

O que muda são as eras. Designadas pelo zodíaco. No caso de Jesus, seria a era do peixe. Sim! O mesmo que preenche o slogan do canal da Vem e Vê TV! Desculpe por não informar o nome do documentário. O farei em uma próxima oportunidade! Simplesmente o que paira é isto: Jesus é mito? Mitologia vinda de eras?

Tenho "apenas" 17 anos e sempre gostei de te escutar e ler seus artigos. Mas, sinceramente, não consigo enxergar hoje nada além de doutrina. Mesmo que sutilmente doutrina.

Creio no AMOR! DEUS É AMOR! DEUS criador!

Creio sim! Agradeço a Ele por tudo o que passei, mas passei e já era!

Que reine a simplicidade e o AMOR!

Amém!

Se possível responda, por favor!

Que a paz de Deus esteja junto a todos nós!

Superando qualquer tipo de massacre mental!
 
Não creio na personificação do mal, como um diabo. Creio no diabo-homem, quando se deixa levar pelo egoísmo e se recusa à entrega ao AMOR!

Obrigado Caio!
 
Gosto muito de você!
________________________________________ 

Resposta:

 

Meu filho querido: Graça e Paz!

Não sei que documentário é esse, mas uma coisa sobre ele eu sei: é infantil.

Sim! Infantil e “doutrinário”; isso além de historicamente tolo, pois, nem se dá conta que a cruz é uma invenção romana de execução [portanto, recente].

O que acho é que você anda muito perdido e sem base em sua fé. Sim! Você ainda é filho da religião e de suas “provas de Deus”.

Você é inteligente e se expressa muito bem para sua idade, porém, com pouca cultura da Bíblia e da História; e, assim, como sabe que é mais inteligente que a média, pensa que sabe muito, e, desse modo, dá a si mesmo o direito de ter grandes conflitos de inteligência sob a alegação inconsciente de que estando em conflito, deve ser algo sério, sem se dar conta que é sério apenas porque você é mais inteligente que a maioria, mas muito cru em relação ao que pensa ser importante.

Mentes inteligentes e jovens sempre pensam que estão descobrindo ou tendo conflitos nunca antes existentes, sem saber que aquela viagem milhões já fizeram.

Ou você pensa que ao me converter aos 18 anos e começar a pregar em seguida, exposto aos professores nos Campus, discutindo com eles [na década de 70, que não era filosoficamente superficial como esta década], não fui bombardeado por toda sorte de tentativas de mitificação de Jesus?

Não, meu filho! Não cheguei aqui sem questionamentos; e nem tampouco sem os questionamentos que nascem não de documentários, mas sim de cacetadas da existência!

Seria muita ingenuidade sua pensar que dei minha vida há 35 anos atrás a algo que pudesse ser desmontado por um documentário!

Ora, eu teria milhões argumentos sobre a não mitificação de Jesus como pessoa, mas, de fato, pela minha experiência não perco tal tempo, pois, de fato, sei que tudo isto é tolice e não ajuda ninguém na realidade.

Jesus não é mito. Mito é o que fazem Dele!

Agora, porém, você tem 17 anos; e ainda pensa que o mundo lhe reserva descobertas que tolos anteriores não perceberam.

Fazer o quê?

Convencer você do contrário? Quem? Eu? Ah! Não! Jamais! Seria uma tolice tentar convencer você de que Jesus não é um mito! Sim! A mera tentativa seria “mitificá-Lo”.

Quero apenas, respeitosamente, dizer a você que essa viagem que você está começando a fazer, eu já a fiz de ida e volta muitas vezes.

Sobre “doutrina”, digo-lhe: “Doutrina” é tudo aquilo que se faz verdade pelo sistema que constrói. Ora, nesse sentido não prego “doutrina”, pois, de fato, caso você me lesse mesmo, e me entendesse, compreenderia que não creio em “provas da existência de Deus ou de Jesus” como coisas que mudem a vida de ninguém. O que creio é em experiência de fé com Jesus e com a verdade da Palavra.

Jesus disse: “Se alguém quiser saber se a minha doutrina é verdadeira, esse a obedeça e saberá se falo de mim mesmo ou da parte do Pai”.

Desse modo Jesus retirou a Si mesmo do plano das discussões e disse: “Quem quiser saber se o que ensino é verdade, então, pratique; pois, do contrário, será apenas uma guerra de palavras e não a experiência da verdade”.  

Pouco saber ensoberbece. Muito saber quebranta. Quem pouco sabe sempre pensa que muito sabe. Quem muito sabe logo sabe que nada sabe.

Leia a Palavra. Leia meu site. E saiba: a viagem nem começou!

Um abraço forte e cheio de carinho!

Nele, que é fácil saber que não é mito, pois está vivo aqui comigo,

 

Caio

15/06/08

Lago Norte

Brasília

DF