Português | English

Cartas

TEMPO DE RESTITUIÇÃO—de meu amigo Rev. Alcimar

TEMPO DE RESTITUIÇÃO—de meu amigo Rev. Alcimar

-----Original Message----- From: TEMPO DE RESTITUIÇÃO—de meu amigo Rev. Alcimar Sent: quinta-feira, 1 de abril de 2004 23:29 To: contato@caiofabio.com Subject: Restituição Pastor amigo, Desde o último sábado, que praticamente não nos falamos. Contudo, tenho acompanhado a todo momento os movimentos de Deus através do site. Tudo que tenho visto é a confirmação do que senti no momento em que fiquei sabendo da morte do Lukas. No momento em que recebi a notícia pensei: "Meu Deus, isso vai ser um processo de Deus onde o pastor Caio e os seus serão restituídos em todas as suas perdas". (Capítulo 42 de Jó). No mesmo instante quis desfazer o que estava pensando uma vez que fui visitado pelo pensamento de que um acontecimento desse jamais compensaria qualquer restituição. No entanto, tenho visto que muito mais que restituição o que Deus está fazendo é algo que não cabe dentro de qualquer análise. A sensação que estou tendo é que parece que voltei ao passado ao ver "rolar" nomes que fizeram parte da sua intimidade há tempos atrás e que andavam tão esquecidos. Não vou citar nenhum deles, uma vez que todos estão estampados pelo caiofabio.com e você já respondeu a quase todos eles. Tudo isso é maravilho! Maravilhoso é ver o grande número de seus velhos amigos com os corações incendiados pela recém descoberta de que te amavam mais do que sabiam, e que há coisas na vida que valem mais que pré-conceitos e idéias formadas ou fomentadas a partir de veículos desconhecidos ou de fontes duvidosas. Lindo é ver que a Palavra se cumpre: "se não tiver amor, nada se aproveitará". O amor que brota no trono de Deus e que se espalha sobre os filhos da luz tem sido mais forte nesse momento, mais forte que morte! E tem restaurado por inteiro o que se havia partido. "O amor junta os pedaços quando o coração se quebra, mesmo que seja de aço mesmo que seja de pedra. Fica tão cicatrizado que ninguém diz que é colado". É assim que Deus está fazendo: levantando, reerguendo, restaurando, consolando. Maravilhoso é saber que agora mais do que nunca, você, Pastor Caio, sabe que é amado até por quem nunca tinha ouvido falar. São os anônimos que choram contigo, sofrem contigo e que você jamais encontrará e jamais verá nesta vida as suas faces. (Muitas foram as igrejas que choraram no culto do último domingo). Sei, meu irmão, que o que temos vivido nesses dias são sinais de algo muito grande que Deus vai fazer através da sua vida. Te amo Alcimar _______________________________ Resposta: Alcimar, meu amigo querido: Suas percepções estão certas, todas elas. É tempo de restituições, reparações e reconciliações. Sem falar que é tempo de verdade! Obrigado por tudo o que você tem sido, e por toda a força que, silenciosamente, você tem dado. Um beijo em você, Lili e família, toda ela, a nuclear e a extensiva. Nele, que É! Caio