Português | English

Cartas

SOU CRISTÃ OU HEREGE?

SOU CRISTÃ OU HEREGE?

----- Original Message ----- From: Livia To: Sent: Wednesday, January 19, 2005 12:17 AM Subject: Sou cristã ou herege? Oi Caio, tudo bem? Bom, meu nome é Lívia, tenho 20 anos e moro em Goiânia, tenho ido as suas reuniões do Caminho da Graça, e participei do Retiro. Achei muito legal, pois conheci pessoas que se identificam comigo, no modo de pensar, são pessoas livres da religião. Caio, eu era usuária de drogas e estou há quase 2 meses "limpa". Sei que tudo isso é um processo, mas eu ainda tenho o hábito de tomar umas cervejinhas no barzinho com os amigos, e fumo meu cigarro. Eu gosto de sair e sou feliz assim. Só que sempre enfrentei muitos preconceitos e ainda enfrento com as pessoas que conheço... Sabe quando ninguém te dá credito? Não tenho credito com ninguém, meus pais não acreditam em mim, minha família não gosta de mim, meu pastor acha que tudo que falo para ele é mentira, sendo que nunca menti para ele... Estou em uma igreja que não consegui me encaixar na visão, pois as pessoas me vêem como uma herege. EU sou a doidinha da igreja! A maluca que não quer nada com nada! Tô cansada de tudo isso, tô cansada de igreja, das pessoas, estou em um estado que não acredito em mais nada. Suas palavras tem me ajudado muito, mas as vezes me sinto excluída da sociedade porque eu gosto de sair, tomar minha cerveja e fumar meu cigarro sim! Pôxa, as vezes fico pensando o que Deus tá pensando de mim? Me sinto amada por Ele, mas não sou aceita pela sociedade cristã pelo meu modo de pensar e viver. Cara, eu cheguei ontem no Rio de Janeiro e tive a sensação de uma fuga, estou fugindo das pessoas que me fazem mal, abandonei minha faculdade de psicologia por causa dessa fuga, minha intenção é ficar aqui no RJ seis meses, mas não sei se é isso mesmo que quero! Cara, minha vida está muito instável, estou me sentindo uma fracassada, porque ate hoje não construí nada, não tenho nada! O que tenho que fazer? Como proceder diante de tudo isso que te falei? Não sei se fui clara nas minhas palavras, mas é que queria saber qual sua opinião em relação a tudo isso! Obrigada por abençoar minha vida como voce tem abençoado! _____________________________________________________ Resposta: Querida amiga: Graça e Paz! Minha filha, relaxe! Você só tem 20 anos. Que neura é essa de ter que “constituir” alguma coisa? No fim, quando é assim, a gente sempre se dá mal. Tome sua cervejinha, só não saia carregada e nem chata. Saia com os amigos, só não deixe que os amigos tirem você do curso de sua consciência. E, quanto ao cigarro, fume em paz; no entanto, saiba, que apesar de muito gostoso e viciante, o desgraçadinho faz muito mal à saúde. Por isso, em havendo oportunidade, faça esse bem ao seu corpo e deixa de fumar, se conseguir. Faça isso pelo seu corpo, não por Deus! Continue a ser normal. Não adoeça. Não vire clone-avangélico. A fé cristã não nem doutrina e nem exterioridades, mas a apresentação de uma boa consciência para com Deus, na qual nossa pessoa começa a crescer em identidade própria, e que se fortalece na Graça de Deus, sem submissão a mandamentos religiosos de homens. Agora, minha querida, todas as coisas são puras para os puros, embora alguns ainda olhem para a vida com um olhar sujo, mas que eles preferem chamar de santidade. Agora, minha querida, todas as coisas são licitas, mas nem todas convém; todas as coisas são licitas, mas nem todas edificam. Portanto, o convite da maturidade é para o exercício que leva em consideração o amor próprio, o bom senso, e os limites do outro à nossa volta. Não se preocupe. Se são os crentes que estão escandalizados com você, será bom para eles, especialmente se eles virem piedade e misericórdia em todas as suas ações, embora elas sejam, muitas vezes, praticadas numa forma que para eles é "do mundo". Faz parte da pedagogia deixar esses irmãos meio confusos. Especialmente se você tiver a liberdade, se a ocasião pedir, para impor as mãos sobre os doentes como Jesus fez, nos seus barzinhos, conforme Jesus fez nos banquetes onde Ele comia e bebia. Crente pensa que piedade é uma questão de uniformidade e estereotipo. Chega. A moçada tem que aprender que o Reino de Deus é dentro de nós; e que nada que vindo de fora, contamina o homem, mas sim aquilo que procede na forma de inveja, maldade, maquinação, objetização sexual, descartabilidade do próximo, e todas as formas de perversidades psicológicas e morais que nós infligimos contra o nosso próximo. Jesus não quer saber de nada disso. Ele apenas manda: "Aquilo que quereis que os homens vos façam, fazei isto vós primeiro a eles". O resto é balela humana, e necessidade de controlar os outros. Creia no que digo. É verdade. É Palavra conforme o Evangelho de Jesus. Receba meu carinho! Nele, Caio