Português | English

Cartas

SOU CASADA, E ESTOU TRANSANDO COM MEU CHEFE

SOU CASADA, E ESTOU TRANSANDO COM MEU CHEFE

----- Original Message ----- From: SOU CASADA, E ESTOU TRANSANDO COM MEU CHEFE To:cafecomgraca@caiofabio.com Subject: Preciso da sua orientação Ola Pastor Caio, Recebi seu endereço de uma amiga e preciso de sua ajuda, por favor. A situação é a seguinte: Meu chefe, após 13 anos trabalhando juntos, disse que queria sair comigo; eu não resisti e saímos algumas vezes. Agora ele está novamente me convidando; estou preocupada; pois ele sempre diz que não largará a mulher; mas diz também que o que existe entre nós é uma química muito forte, difícil de segurar. Eu sei que estou com problemas no casamento; e estamos tentando nos acertar; mas está difícil de conviver com esta situação. Nunca conheci sexualmente outra pessoa além do meu marido, e isto está mexendo com a minha cabeça. Acho que caí numa situação muito complicada e estou me sentido "suja". Percebi que durante o sexo ele quase não beija na boca, fica sempre se esquivando, porque será? Já perguntei à ele, e ele diz que é impressão minha. Ter orgasmo com outro homem, mexeu com a minha cabeça; pois o que me preocupa é que eu gostei. Preciso me afastar dele, mas não sei como; estou emocionalmente envolvida, e também trabalhando num mesmo ambiente; não sei como fazer. Muito obrigada. ____________________________________________________________ Resposta: Minha querida irmã: Muita Paz! De fato você não falou de seu problema, que não é o seu chefe, mas seu casamento vazio, razão pela qual você entrou nessa gelada. Se seu casamento fosse bom, satisfatório e verdadeiro no amor, saiba, não haveria tal chance para "chefe" nenhum na Terra. O que houve entre você e seu chefe só houve em razão do que não há entre você e seu marido. O importante agora é parar com o chefe—mesmo que isto lhe custe o emprego—, visto que ele só quer usar você. Creia, falo como homem. E sei o que digo. Ele deve ter mesmo um desejo muito forte por você; e, você, em sua imaturidade, está achando que ele é o famoso “ó do borogodó”, e não é. O tal do beijo na boca é sintomático. Um homem apaixonado não quer só genitália, quer tudo, sobretudo, amar amando, com todas as implicações que o carinho significa em meio ao fogo da paixão. Seu chefe está apenas "fazendo hora extra"; e você sabe que está trabalhando de graça. Não tenha ilusão a esse respeito. É por isto que você está se sentindo suja. Você sabe que está sendo usada! Portanto, saia dessa já...pois aí o que lhe aguarda é NADA! Você precisa ficar livre dele para poder olhar com calma para o seu casamento, visto que uma mulher que nunca teve nada muito especial com o marido, tende a confundir o "prazer do novo", com amor; e orgasmo sexual e erótico, com paixão. Tudo ilusão! Em ficando só; digo, sem o chefe; você terá chance de olhar, sem as aflições de uma relação paralela, o seu próprio casamento. Pois indo para a cama com o chefe, quando você terá tal isenção de julgamento? É claro que nunca! Assim, fique livre dele...do chefe...e cuide de seu coração. Esse homem é apenas confusão! Livre dele você terá o dever de examinar a sua alma e ver se vale ou não manter o seu casamento. Se não valer a pena, se separe; mas faça isto sem levar sobre si a carga desse peso de culpa; e que nem corresponde à verdade do que você deseja, visto que esse seu chefe é apenas mais um chefe, degustando a mais interessante das funcionárias, mas sem nenhum desejo além do desejo de possuir. Nele, em cuja Luz vemos a Luz, Caio