Português | English

Cartas

SINDROME DE GANDHI AMOROSO... Minha namorada com filho de outro!

SINDROME DE GANDHI AMOROSO... Minha namorada com filho de outro!

 

----- Original Message -----

From: SINDROME DE GANDHI AMOROSO... Minha namorada com filho de outro!

To: contato@caiofabio.com

Sent: Thursday, October 01, 2009 2:25 AM

Subject: Minha namorada com filho de outro

 

Senhor pastor Caio Fabio,
 
Graça e paz,
 
Uma
semana antes de eu conhecer e ter encontrado pessoalmente minha namorada e tal, e ter começado a namorar com ela..., ela tinha tido um rolo com um cara..., e 2 semanas depois (a gente já namorando), ela veio me falar sobre isso, e disse que a camisinha estourou quando teve relações com esse carinha 1 semana antes de me conhecer.

Só que diz ela que ela tem problema de hormônios e é muito difícil dela engravidar...; ela já tem um filho de 11 anos; mas... há 2 semanas que ela vem sentindo as vezes uns enjôos e na semana que começamos o namoro deveria já ter descido a menstruação dela, e já estamos 3 semanas juntos e nada de ter descido ainda.

Quando eu for pra lá ver ela na próxima quarta (dia 7 de outubro), irei pagar um exame de sangue quantitativo pra ver se ela ta grávida e se tiver a quantas semanas esta grávida...

Mas o pior é que [...] eu tô amando mesmo ela; e falei que mesmo ela estando grávida de outro eu ficaria com ela... Mas ai é que esta o problema... 

O problema é o que a família dela vai falar...; vão querer que ela case com o outro.

Eu falei a ela que assumiria o filho dela, mesmo que fosse de outro, pois pai nao é só aquele que gera, mas aquele que cria e dá carinho e educação. Só que o outro rapaz já sabe que a menstruação da minha namorada tá muito atrasada e ele fica ligando direto para ela e fica dizendo que ama ela...

Quando ela me fala que ele fica ligando direto me dá uma dor no peito... Eu falando no celular com minha namorada no meio da noite..., e o rapaz liga pra ela..., pra dizer que ama ela...; e isso ele sabendo que eu tô namorando com ela...

E minha namorada me falou que o que teve com ele foi algo muito forte ente os dois, que rolou uma química muito forte.

Eu estou uma pilha aqui...

Minha mãe fica me enchendo a paciência também sobre cuidado pra eu não engravidar ninguém e tal...

Assim, imagine como fica o lado da minha família também!...

Eu sou super cuidadoso...

Minha mãe já fica preocupada que eu tenha um filho sem casar..., imagine se ela souber que minha namorada está grávida de outro homem?

Pior que eu não sei se ela vai querer continuar comigo caso seja confirmada essa gravidez...

Eu a amo... Ela disse que me ama..., mas que está incerta com o que sente pelo outro rapaz...

E depois que ela me conheceu, ela mudou muito pastor... Ela era fumante e PAROU DE FUMAR DE VEZ... Porque ela prometeu a Deus. Mudou da água pro vinho ela, e agora vem esse problema. Tava ficando tudo ótimo...

Ela diz que me ama, mas [...] tem medo de ainda sentir algo pelo carinha lá do rolo que teve uma semana antes de mim... Eles passaram 5 dias juntos naquela época...

Eu jamais teria coragem de pedir a ela que ela fizesse um aborto, pois sou contra isso... Acho que se Deus quis que nascesse a criança, então que a pessoa tenha a criança... Eu não quero nem que ela pense em aborto, quero até me responsabilizar e me tornar pai dessa criança..., mesmo que ela seja só de criação, e não biológica. 

Não sei por que Deus me dá alguém especial, linda, que tá se comprometendo com o Senhor, alguém que me ama, mas me apronta uma dessas!...

O jeito é aceitar..., pois Deus deve ter um propósito na minha vida e na vida dela.

E eu não estou apaixonado, estou amando mesmo ela pastor...

E eu só ficarei aliviado mesmo quando formos ver o resultado do exame e eu vir que deu negativo. Pois a gente não sabe se esses sintomas que ela sente são da gravidez..., ou se são sintomas devido ela ter parado de fumar recentemente também...

Caio Fábio, me ajuda, por favor; me aconselha; estou perdido e precisando tomar a rédea novamente da minha vida... E de preferência ao lado da mulher que eu amo... Mas preciso ouvir o seu aconselhamento... Tenho medo de falar com minha mãe...

Que a paz esteja convosco...

_____________________________________

Resposta:

 

Filho querido no Senhor: Graça e Paz!

 

Se você fosse meu filho eu daria uma sacudida braba em você e diria: “Acorde meu filho! Está louco? Quer comprar o jornal do dia para os outros lerem?... Quer já namorar corno desde o inicio?...”

De fato, você não sabe onde está se metendo...

Sim, fique com ela, mesmo que ela não esteja grávida, e prepare-se para ser corno... Há uma chance enorme de que isso aconteça...

O moço que liga está fazendo o que ele tem que fazer se gosta dela... Ela o atende porque quer e gosta... Sim, ela ama que ele ligue e se importe... Nenhum homem consegue ficar falando com uma mulher que com ele não queira falar... Se fala..., creia..., rola...

Nessa história você é apenas um menino bom que pensa que casamento é ONG.

Não tem nenhuma experiência da vida e pensa que é fácil bancar algo assim...

Filho, é difícil ser pai dos filhos da gente, que a gente tem com a mulher da gente, sem terceiros no processo, quanto mais ser marido da mulher do outro e pai do filho do outro!...

Sim, pois você é o namorado do presépio, mas o macho dela é ele...

Ela não ama você... Ela acha você legal, bonzinho, amigo, super-nice, um cara para cuidar bem de uma mulher... Mas creia: é tudo!...

Se você quiser prosseguir, prossiga; mas saiba que será apenas para me escrever daqui a um tempo..., dizendo: “Caio! Por que Deus me deixou ser tão burro?... Por que Deus me deu uma mulher para me sacanear?

Mano, vi que “o pobre Deus” já levou a culpa da coisa toda antes mesmo de tudo acontecer!...  

Sim, você vai, pega, escolhe e prova...; então se apaixona; fica sabendo que a menina transava com outro...; depois fica sabendo que ela está grávida; e, então, apesar disso, você decide virar o Gandhi da história...

Sim, um Oséias que nem mesmo foi chamado por Deus para amar a Gomêr..., mas que diz que o seu próprio desejo e capricho são ordens de Deus...

Ao final, todavia, “Deus pagará a conta”; posto que para “crente” todas as maluquices praticadas com “fé”..., supostamente, de modo mágico, se tornem vontade de Deus ou até mesmo ordens divinas...

Assim, “pobre Deus”... — já está culpado de sua escolha de pinto aflito e inexperiente!...

Seja honesto! Você quer!... Então, queira você e viva você com as conseqüências...; mas, em nome de Jesus, quase com ira eu imploro a você que deixe Deus fora de seu surto de Gandhi sexual...

Quer abrir uma ONG?... Abra meu filho! Mas não precisa casar para fazer tal ONG!... E também não diga que abriu a ONG por uma ordem divina...

Sei que minha carta o deixará chateado... Mas o que posso fazer?... Enganar você?... Ah, não!... Você escreveu pro homem errado!

A menina mudou muito?... Sim, por que não fuma mais?... rsrsrs.

Filho, a mudança não é de cigarro... A verdadeira mudança seria:

1.    Não amando você, parar de usar você como Step, como pneu reserva...;

2.    Não amando o carinha..., parar de falar com ele madrugada à dentro...;

3.    Esperando um filho..., não namorar ninguém; mas concentrar-se na situação, ao invés de ficar esquiando com um pé na sua prancha e outro na prancha do carinha...

Isto sim seria mudança séria!

Se coisas assim estivessem acontecendo..., creia: eu teria muito mais esperança...

No entanto, como está, somente você não vê que o caminho é liso e enganoso, e que você não tem como passar por isso sem se machucar bastante...

Aqui não falo por revelação, mas pela sabedoria da revelação!...

Portanto, se quer ajuda, ouça-me e ouça a sua mãe...

O mais..., creia: ... é loucura da cabeça de baixo..., que pensa que pensa...; e, assim, anula a cabeça pensante...; enquanto a burrice feita sentimento... [avaliado como amor em uma semana de convívio]... — impõe seu engano com a certeza dos seres maduros, dos Gandhis do amor...; quando, na realidade, é apenas o surto de um menino apaixonado, que pensa que sabe o que é amor; e que não saiu da fralda na qual todo sentimento que faz arder o coração e levantar o pinto são vistos como amor eterno...

Desculpe, mas é isto mesmo!

Mas hoje o que lhe digo lhe está encoberto pela sua disposição de fazer apenas o que você quer que seja a vontade de Deus...; ainda que já comece a perguntar a Deus por que Ele, Deus, teria dado a você a mulher que você mesmo escolheu e hoje briga para ter...

Filho, a escolha é sua...

Esta é a primeira diferenciação entre meninos e homens...

Meninos querem alguém para ser o Patrono dos seus caprichos... Deus, nesse caso, é o melhor padrinho das loucuras dos meninos...

Homens, todavia, quando escolhem, escolhem; e assumem a escolha como deles até quando Deus inequivocamente manda que assim seja.

Assim, digo a você: “Não despreze o conselho da sua mãe!

Quanto a mim, digo:

Saia disso antes que isso entre em você como um azougue, e antes que isso se faça um arpão na sua alma para sempre!

 

 

Nele, com amor e verdade,

 

Caio

2 de outubro de 2009

Lago Norte

Brasília

DF