Português | English

Cartas

SALVADORES DE “IGREJAS”…

SALVADORES DE “IGREJAS”…

 

 

 

 

----- Original Message -----

From: SALVADORES DE “IGREJAS”…

To: contato@caiofabio.com

Sent: Wednesday, February 04, 2009 11:43 AM

Subject: Opinião.

 


Pastor,
 
Acompanho todos os seus artigos, sempre acompanhei.
Meu pastor fez um trato com o Conselho da Igreja de concordarem com tudo entre eles apenas; o que um disser lá dentro, todos fazem; mas só entre eles, não importa o que a igreja diga; o negocio é entre eles, meio que política da boa vizinhança, pra fica conveniente pra eles.

O pastor nunca sai dali porque faz a vontade do Conselho e enquanto fizer a vontade do Conselho, ele fica ali e fica bem; a igreja engole apenas...; e quem não estiver satisfeito que saia...

 

Pra mim é algo meio de maçonaria, porque tem muitas coisas ocultas ali entre eles; inclusive pecados de presbíteros... Pasme, mas é assim mesmo, porque o acordo de política da boa vizinhança determina isso. O próprio pastor me confessou isso. Ninguém me contou, ele me contou que enquanto fizer a vontade do Conselho, ele fica bem...

Muito me entristece, pois, a igreja tá cada vez mais vazia e as pessoas com menos compromisso com Deus, porque ali ou vc faz compromisso com a vontade do Conselho ou vc não é ninguém; eu não sou ninguém; sou alguém que eles querem longe em todos os sentidos; alguns dos presbíteros nem falam comigo, porque não faço mesmo a vontade deles.
O pastor tem pregado que Deus não cura mais; que Deus parou de curar hoje em dia; não fala mais nada; e o que está na Bíblia acabou..., fim da linha... Prega que sentir saudades é diabólico e agora que Abraão não é da época da Fé; a fé veio depois de Abraão; ele não teve fé porque na época dele não existia ainda a fé; então quem falar que na época de Abraão existia a fé esta errando porque a fé veio muito depois de Abraão...

Não sei ate agora como caminhavam, mas ele (o pastor) acredita nisso; que ele acredite sozinho porque eu não o sigo....
Eu apenas fico pensando, ate onde vai isso tudo; ate quando e o que passa pela cabeça dessas pessoas que dizem ser de Deus e dizem seguir a Deus; que Deus é esse que estão seguindo?

Ainda penso como Deus os vê e o que Deus pensa disso tudo?

Tenho orado pra Deus retirá-lo dali ou a igreja vai morrer... Já tá morrendo; muito triste, mas tá morrendo aos poucos...

É só olhar as pessoas; pessoas que vivem de aparência; só freqüentam a igreja pra constar. Tipo: "Olha Deus, eu vim; anota ai no diário”; ou melhor: “Deus não anote nada, deixe que os presbíteros anotem minha presença porque o mais importante é que eles me vejam aqui e anotem minha presença, e não o Senhor"...
Tá assim pastor; o que fazer diante disso tudo?

__________________________________ 

Resposta:

 

Minha querida amiga: Graça e Paz!

 

 

“Igreja” entre aspas é um ente humano, assim como o Lions, a Maçonaria e o Flamengo.

Ora, se um dia alguém gostou do Lions, mas, no curso dos anos, vê que aquilo ali não leva a nada, sem angustia a pessoa não vai mais...; ou, se gosta daquele tipo de atividade proposta, mas não vivida, procura outro grupo, e, assim, prossegue...

Se alguém vai ao Maracanã torcer pelo Flamengo, mas verifica que existem “torcidas” e torcidas no Estádio, o que ela deve fazer? Ora, se a pessoa gosta do Flamengo, mas não é fanático pela “torcida”, o que ela faz não é deixar de ser flamenguista, porém apenas escolhe um lado do Estádio no qual se veja o jogo no campo, mas que não se tenha que envolver com a “guerra das torcidas”.

O que vejo é que você é mais “torcedora” da “igreja” do que imagina; pois, para você, o que parece é que sem essa “torcida” não tem mais graça alguma o jogo.

“Igreja/grupo” é como namoro, amizade e fraternidade. Se for sincera a gente fica, se não é a gente segue...

O que acontece com você é que seu amor pela “torcida” é tão grande que você não está vendo que a fé é de quem crê e não de quem não crê, ainda que tenhamos vivido com essas pessoas toda uma existência.

Não quero nem falar do pastor e do Conselho, pois, você não me disse nada novo; sim, nada que não aconteça desde Matusalém.

Você está num clube sem fé. Um clube que nunca teve fé. Pois, se em algum dia tivesse havido fé entre eles, o tal Conselho e o tal pastor não estariam assim... livres como raposas no galinheiro.

Abraão, porém, tendo fé, deixou a Mesopotâmia sem fé, e foi sem saber para onde ia!

Fé genuína muitas vezes implica ruptura...

Agora, pergunto:

Você tem fé para deixar o clube? Sim! Tem fé para deixar essa Mesopotâmia, essa Ur dos Caldeus?
Como tenho dito muitas vezes, os crentes tendem a confundir Jesus com “Igreja” e fé com grupo bom e doutrinas certas.

Mas esse já não precisa ser o seu caso.

Agora, veja o que você quer, pois, de fato, a melhor coisa que se pode fazer por uma “igreja” como a sua é não estar nela.

Sim! Pois, muitas vezes, tais pessoas que lideram, somente entendem a catástrofe quando ficam sem gente, sem ninguém.

Portanto, ajude-os a se enxergarem não mais dando a eles a sua imagem nem como confronto. É deixar!...

Você viu Jesus lutando para salvar a sinagoga de Nazaré, na qual Ele fora criado?

É claro que não. O caminho Dele sempre foi para frente. Não se o vê tentando ressuscitar mortos que se suicidaram de moto próprio.
Veja no Apocalipse como Jesus não tem romances com “igrejas locais”. Se a “igreja” é Igreja, Ele louva, como fez com a de Filadélfia. Mas se não é, Ele diz: “Virei e ti removerei!...” Simples assim.

Pergunta:

Por que se Jesus trata o fenômeno histórico “igreja” com tal objetividade, ficaria eu com romances inobjetivos quanto ao fato de que um grupo pode começar Igreja e terminar apenas “igreja”?

Assim, filha, não fique neurótica; pois, tal vontade de salvar o grupo de qualquer modo, e até de ficar sofrendo lá..., molestando gente com a sua presença — é neurose missionária e saudosismo infantil; memórias de um tempo que já era...

Prossiga. Não invista sua energia em dores que você não criou e nem pode resolver.

Use sua energia com quem quer. Sirva a Deus com liberdade.

Afinal, que sentido há em que seja diferente?

Se precisar veja no site se existe grupo do “Caminho da Graça” perto de você. Poderá ser bom.

Receba meu carinho e minhas orações por sua vidinha preciosa.

 

 

Nele, em Quem somos membros e Corpo,

 

 

Caio

4 de fevereiro de 2009

Lago Norte

Brasília

DF