Português | English

Cartas

QUERO VOCÊ NO LUGAR DE HONRA QUE O DIABO ROUBOU

QUERO VOCÊ NO LUGAR DE HONRA QUE O DIABO ROUBOU

-----Original Message----- From: Baiano amado To: contato@caiofabio.com Subject: Quero ver você no seu lugar de honra que o diabo roubou Mensagem: Pastor Caio Fabio: Shalom Adonai! Desde o dia que entreguei minha vida ao Senhorio de Cristo em 1993, tenho o irmão como uma referencia. Sei muito bem que não somos perfeitos, mas pela graça de Cristo podemos a cada dia ser melhores do que antes, buscando nos parecer cada dia mais com o Autor e Consumador da nossa fé. Tenho muita saudade dos seus livros, seus programas na tv e principalmente de você. Oro para que pela Graça de Yeshua, o irmão volte ao lugar de onde foi tirado, um lugar de honra. O diabo veio para matar, roubar e destruir, mas Cristo veio para nos dar vida e vida em abundancia. Cristo veio para destruir as obra do diabo e restituir o que ele nos roubou. Um grande osculo santo em você, *************************************************** Resposta: Meu amado irmão: Muita Paz Para Você! Obrigado pelo carinho e por todas as manifestações de amor, especialmente pelo tom pessoal: “saudades de você”. Espero que um dia, se Deus assim achar bom, o programa volte, e, quem sabe, outras coisas também. Quanto a associar o que aconteceu a mim ao poder do diabo—que vem para matar, roubar e destruir—, quero dizer o seguinte: 1. O diabo é assim mesmo. Um Carcará Oportunista: pega, mata e come. Mas não transfiro nada para ele. Eu fiz tudo o que fiz, eu mesmo. Não fui “vitima” de ninguém. Nem do diabo. 2. O diabo trabalhou muito foi nas coisas que eu não fiz. Nesse caso, o diabo se aproveitou de muitos “irmãos”, e fez a festa. 3. Nenhum lugar me foi tirado. Eu saí porque quis. Deus sabe. Foi Ele quem me levou até ali, e foi Ele que me fez não querer aquele “lugar” para mim. E fui eu quem tomou todas as iniciativas de “sair dali”. Isso de livre e espontânea vontade, e, medindo bastante as conseqüências. 4. O diabo não roubou nada de mim. Ele não tem esse poder em minha vida. Na minha vida ele é servo de Deus, pois eu sou filho do Senhor dele. 5. E você se refere a perda de “coisas” como imagem, quero dizer o seguinte: Coisas são coisas. Jesus não veio a este mundo para fazer uma redistribuição de coisas. Meu tesouro não é roubável. É eterno nos céus. E quanto a minha “imagem”, ela precisava ser destruída também. 6. No lugar onde está o meu tesouro, lá o ladrão não escava e nem rouba. Minha vida sempre esteve nas mãos e sob o domínio do Mais Valente. Portanto, não quero nada de volta. Isso é coisa de quem associa a obra de Deus a uma “restauração de bens”. 7. Não estou andando para trás, em busca das coisas que passaram. Prossigo para conquistar aquilo para o que já fui conquistado. Estou indo... 8. Quanto a “lugar de honra”, sinceramente, eu não quero nunca mais para mim. Lugar de honra, em geral, não é lugar para profetas. É lugar para os falsos profetas. Jesus disse “Ai de vós quando todos vos louvarem”. Nunca havia procurado esse “lugar de honra por todos”, mas já estive nele muitos anos, e sempre me perguntava: Senhor, se sou teu, se tua Palavra está na minha boca, se prego tudo o que creio e vejo, e se não poupo minha boca de tuas Palavras e meu coração de teu discernimento, por que, então, recebo tanta honra? Nesse mesmo período, aí pelo início da década de 90, li um livro sobre Billy Graham, intitulado “Profeta com Honra”, e, sinceramente, gelei. Alguma coisa me parecia estar errada. Jesus disse que nenhum profeta tem honra na sua terra e nem entre os seus?! 9. De modo que aquilo que você vislumbra como o tempo do “apedrejamento”, fique sabendo, não importando as razões pelas quais vieram a acontecer, foi o tempo mais rico e profícuo de toda a minha existência. O tesouro e os bens incorruptíveis são aqueles que ficam sempre indisponíveis aos olhos e aos sentidos, pois se alojam no coração. 10. O fato é que não existe profeta com honra. A honra do profeta é ninguém poder negar que ali estava um homem de Deus. Mas isso sempre acontece sob pedradas, rejeições, conspirações, mentiras, infâmias, e sob o poder das tramas de destruição. E não estou oferecendo minha vida para um brincadeirinha com Deus. Creio que todos quantos desejem anunciar a Palavra da Verdade, como ela é, serão perseguidos—nem tanto pelos de fora, mas com certeza pelos de dentro. Portanto, o que você, com todo amor, vislumbrou para mim como “perda”, isso mesmo meu amado, eu reputo como lucro; como eterno ganho, como um refugo anterior, apenas para adubar com fertilidade o chão de meu ser, no dia chamado Hoje; a fim de que eu conheça cada vez mais profundamente o amor de Cristo, que excede a todo entendimento; e a fim de que eu seja tomado de toda plenitude de Deus. Escrevo tudo isto com todo amor, carinho e gratidão a você. Peço que ore por mim sempre. Mas não ore por uma “vítima” de nada. Ore por um irmão em Cristo que caminha no chão dos tesouros inefáveis da Graça de Deus, e cujos frutos do andar ninguém poderá roubar. Mas se você pensar em “poder humano”—coisas e coisas—, então, mude sua noção. Não estou preocupado com elas. Elas são efêmeras. São passageiras. São ilusões. Não têm valor algum para a eternidade. Receba meu carinho e meu amor. Nele, que é o mantenedor de nosso não roubável tesouro, Caio