Português | English

Cartas

QUE CAFÉ MARAVILHOSO!

QUE CAFÉ MARAVILHOSO!

-----Original Message----- From: Rodrigues de Andrade Sent: segunda-feira, 6 de outubro de 2003 22:48 To: contato@caiofabio.com Subject: Amado Pastor, que "café" maravilhoso! Amado Pastor, Reverendo Caio Fábio, Estou agradecido pelo seu carinho. Minha esposa e eu, estamos renovados graças ao carinho que o senhor demonstrou por nós. Quero me desculpar por parecer um "menino" que encontrou seu mais novo amigo e a toda hora querer lhe escrever (prometo que te deixarei cuidar dos outros tantos que te procuram também), mas preciso que saiba o quanto tem nos ajudado essa sua carinhosa atenção. Gostei de saber que acredita que um dia eu possa te ajudar... como será prezeroso fazê-lo. Peço ao Senhor da Graça que me conceda mais essa: a de um dia poder lhe ser útil, amado pastor. Quero que saiba, que só agora li sobre aqueles que lhe escrevem mesmo sabendo o que querem, sem nenhum problema e com muitas certezas. Não é o meu caso, apesar de ter lhe tomado tempo, sinto me culpado por ter tirado minha esposa do lugar onde ela era extremamente feliz e agora, sinto me responsável por devolver a ela aquilo que dela tirei. Verdadeiramente não conseguia entender porque de tanto desânimo em relação às instituições religiosas de várias denominações e doutrinas, e tive medo de que junto com essa decepção, viesse também o esfriamento da fé. Graças a Deus que não foi assim. Antes, o nosso Deus lhe enviou para fazer repousar sobre nosso lar a paz que tanto precisamos. Ainda não se acalmaram os ventos (ainda é muito recente), mas ressurgiu a esperança. "Passeei" pelo seu site hoje e encontrei "pérolas" maravilhosas em todo ele. Seguindo sua sugestão, visitei o "Café com Graça" e solicitei o livro "O Enigma da Graça" (pedi p/ que seja dedicado pelo senhor à minha família). Estou encantado com a idéia do "café". Minha esposa tem alimentado o desejo de "criar" alguma coisa desse gênero para apoiar casais como nós, que esteja também tentando se reerguer depois de grande "tempestade", e acredita que a experiência que Deus nos levou a passar, seja para nos preparar para esse apoio que quer dar a outros casais. Lembro-me de ter escrito no primeiro contato com o senhor, que temos um ministério maravilhoso do aconselhamento. Será mesmo um grande presente de Deus nos dar condições de fazer esse trabalho. Estamos orando, porque entendemos que ainda não é hora e que precisamos nos sentir curados primeiro, para depois ajudar a curar as feridas dos irmãos. Ao ler o objetivo do "café", fiquei maravilhado. É exatamente o que o mundo de hoje precisa: de um lugar onde possam adorar a Deus e falar das coisas Dele sem as separações denominacionais que "tiram" tanto a Graça de Deus. Não sei o que está em seu coração, amado pastor, mais se um dia Deus te direcionar a levar esse "gracioso" projeto à outras cidades, lembre-se de Goiânia. Precisamos de um lugar assim aqui. E se puder, inclua-nos no seu projeto - eu e minha esposa - para que tenhamos a oportunidade de compartilhar a Graça de Deus com os irmãos. Não sei se um "café" aqui, teria a mesma graça sem o senhor presente semanalmente, mas sei que o povo poderia encontrar a GRAÇA maravilhosa do DEUS VIVO ao qual servimos. Que Deus conceda essa benção do "café" a todas as nações. Hoje nós conhecemos a Graça de Deus, porque estamos vivendo por ela. Seu auxiliar para qualquer hora, Rodrigues (Goiânia)