Português | English

Cartas

Psicóloga quer mais...(II)

Psicóloga quer mais...(II)

-----Original Message----- From: Psicóloga quer mais...(II) Sent: sexta-feira, 29 de agosto de 2003 To: contato@caiofabio.com Subject: Como ser um cristão na atualidade? II Prezado Caio, Talvez não tenha deixado descortinar as minhas experiências para você. Concordo com o que você aborda no seu e-mail a respeito das nossas defesas psicológicas para não conhecermos o Senhor, que suplanta qualquer espécie de argumentação e racionalidade humana. Tenho tido algumas experiências no meu trabalho, que denotam que esse Jesus parece estar sendo evidenciado e parece estar impactando os que estão ao meu redor. Há cerca de um mês uma colega minha olhava prá mim e dizia: "O que você tem para ser uma pessoa tão especial? " Eu respondi: Deus!!!! E ela começou a encher os olhos de lágrimas. Eu continuei a falar-lhe do amor DEle. Ela interrompeu-me e disse: O que é necessário para conhecer esse seu Deus? Você não sabe a alegria, gozo celestial que entrou no meu coração! Tenho começado a descobrir a simplicidade da fé em Jesus, mas eu quero mais dessa genuinidade. Quero vê-Lo transformando minha essência. Quero ter autenticidade. Por muito tempo o que saciava a fome da minha alma eram os títulos; as palestras proferidas; os artigos publicados; as glórias e elogios. Mas, quero caminhar em outra direção: Eu quero mais de Deus. Como apressar o seu trabalho na minha vida? Espero ter sido mais clara. Não quero ser uma intelectual, mas uma cristã que pensa, argumenta e quer se render a Ele... Em Cristo, *************************** Resposta: Minha querida amiga em Cristo: Paz! Você já começou... Agora é processo... Tribulações—viver neste mundo caído já aflição, conforme Jesus—, perseverança, experiência e esperança. A seqüência é que o amor de Deus é derramado em nossos corações pelo Espírito. Eu não tenho receitas... Mas se pudesse dizer algo, simplificando, diria o seguinte: 1. Leia a Palavra com o coração simples. 2. Leia sem medo, sem neurose, sem responsabilidades adoecidas. 3. Saiba que tudo que está ali, ali está para o nosso bem, para que tenhamos esperança. 4. Mantenha uma oração rodando no softer mais profundo de seu ser. Tipo bate-papo com Deus. Ou seja: pense em Deus—não na pessoa de Deus apenas—; ou seja: faça sem “pensar” acontecer em “dialogo” com Deus no intimo de seu ser. 5. Olhe as pessoas com misericórdia e graça. Essa é a melhor hermenêutica para discernir a palavra: amor. 6. Não enfie religião em nada, e nunca seja "professoral" com ninguém. 7. Mantenha a simpatia; livre, leve e natural. 8. Leia de tudo, retenha o que é bom, e nunca perca o eixo da centralidade de Jesus. 9. Fuja dos jargões e dos credos que não se parecem com o amor de Deus; e que sua própria consciência não aprove. 10. Tudo o que não parecer com o espírito do Evangelho da Graça de Deus, deixe fora de sua vida. Creio que se você fizer assim, crescer em conhecimento e graça será inevitável. Você já está sentindo, e sentirá muito mais a diferença. Um beijão, Caio