Português | English

Cartas

PASTOR, POSSO PERDER A SALVAÇÃO?

PASTOR, POSSO PERDER A SALVAÇÃO?



-----Original Message----- From: eduardo Sent: segunda-feira, 13 de outubro de 2003 To: Caio Fabio Subject: Dúvida sobre perder a salvação Pastor Caio: A Graça e a Paz! Gostaria de dizer que logo após o meu encontro com a Graça de Cristo, 19 anos atrás, li seus livros e ouvi muito de suas pregações em fitas K7. Elas me ajudaram muito no meu crescimento de vida. Creio que o querido pastor, usado por Deus, foi um dos que contribuíram muito na formação de minha estrutura de fé. Sou grato a Deus pela sua vida e estou feliz pelo fato do pastor voltar a ministrar sobre nossas vidas através deste site. Estou orando por você. Gostaria de fazer uma pergunta, que há muito me confunde. Muitos grupos evangélicos interpretam a Bíblia, neste assunto, de maneiras diferentes e gostaria muito de saber qual é a posição e o entendimento do querido pastor. A pergunta é a seguinte: “É possível que uma pessoa que tenha tido uma experiência de encontro verdadeiro com a Graça de Jesus Cristo, e que tenha tido certeza de sua salvação, um dia, por alguma razão, venha a perder esta salvação?” Sei que pelo conhecimento bíblico do amado pastor poderei clarear minha mente sobre a questão. Aguardo sua resposta, ansiosamente. Muito obrigado por sua atenção. Que Deus continue fortalecendo sua fé e lhe dando cada vez mais sabedoria. Fraternalmente, Eduardo __________________________________________________________ Resposta: Meu querido: muita paz! Salvação não é iôiô: tá na mão, não tá na mão! Salvação é! Cristo morreu uma vez e para sempre. Crucificar o Filho de Deus a segunda vez—conforme Hebreus 6—é descrer da obra Consumada e Realizada. A salvação pela obras é que é um iôiô. Daí as "igrejas legalistas" pregarem a incerteza da salvação, não a certeza dela. Pregar a certeza da salvação liberta o povo. Pregar a incerteza da salvação mantém o povo dependente da validação da salvação, pelo cartório chamado "igreja", e que tem o poder de dizer quem é, quem não é, que está e quem perdeu. E só isto. E tudo depende de uma única coisa: a Graça de Deus. Quem crê na pregação do Evangelho da Graça de Cristo, está salvo e nunca mais caíra—poderá errar, pecar, se equivocar, etc... Mas não se está falando mais de salvação, mas simplesmente de crescimento nela. Se somos infiéis, Ele permanece fiel, pois de modo algum pode negar-se a si mesmo. Se negamos a Graça de Deus em Cristo, aí sim, o bicho pega. Pois Cristo terá morrido em vão, e de nada nos aproveitará. Além disso, se o negamos, Ele por sua vez nos negará. Creia e viva em paz! Um beijão, Caio