Português | English

Cartas

PASTOR, ADULTEREI COM MINHA SOGRA

PASTOR, ADULTEREI COM MINHA SOGRA

-----Original Message----- From: PASTOR, ADULTEREI COM MINHA SOGRA Sent: segunda-feira, 24 de novembro de 2003 22:04 To: contato@caiofabio.com Subject: ACONTECEU COMIGO E MINHA SOGRA Mensagem: Querido Caio Fábio: Venho através desta lhe dar os parabéns por seu ministério. Que Deus continue lhe abençoando. Acho você uns dos melhores escritores cristãos do mundo. Tenho vários livros seus. Acho que sua a forma de escrever é tão clara e precisa, que dá gosto. Há algum tempo atrás a minha maior vontade era fazer um seminário de missões; tinha e certeza do meu chamado; fiz um curso básico teológico; pregava na igreja; era professor na igreja; muitas pessoas se espelhavam em mim; era professor de discipulado; era líder de células; tinha grandes promessas para a minha vida; mas...... Eu tinha, mas não tenho mais... Há uns 3 meses... De lá pra cá todos os meus sonhos se destruíram junto com a minha fé. Eu adulterei, trai a minha esposa, e o pior é que foi com a minha a sogra. Agora estou com uma grande dúvida se eu conto, e perco a minha esposa que eu tanto amo; ou se me calo... Por favor me ajude, mande um e-mail o mais rápido possível; preciso realmente de sua ajuda, pois não consigo mais ficar assim. Obrigado *************************Resposta: Meu amado: Paz! Pelo amor de Deus fique calado. Resolva isto com Deus. Peça perdão a sua sogra e diga a ela que vocês precisam passar o sangue de Jesus sobre isto para sempre. Se você contar, será o fim: seu, de sua esposa e de sua sogra—sem falar que você nunca mais terá espaço nesta vida tão cheia de hipócritas. Você será o doente, o tarado, o ser amoral, o pervertido, o doente, o papa-sogra, o bicho... Você sabe como será! Busque em Deus a cura para a sua alma. E mais: você sabe que você e sua sogra nunca mais vão poder ser filho e sogra. Acabou. Daqui para frente ela é a mãe de sua mulher, apenas. Mas você não poderá mais se permitir outras intimidades. Nunca mais. E ela tem que saber disso com toda clareza e tem que respeitar você. Em I Coríntios 5 e depois em II Coríntios 2 e 3, Paulo cuidou publicamente de um caso assim. Mas só o fez publicamente porque o caso tornou-se público. Não sendo público, não há porque criar vergonhas para tantos. Mas é fundamental que você resolva isto com Deus. Leia o Salmo 32 como oração de sua alma. Faça isto com toda verdade. E, depois, disso, vire a página para sempre. O Sangue de Jesus, o Filho de Deus, nos purifica de todo pecado. Aproveite o final do ano e se retire um pouco. Sobretudo, pergunte a você o que aconteceu? Eu poderia arriscar dizer quais os mecanismos de atração e sedução que “rolaram”, mas gostaria que você mesmo processasse isto, e pensasse nisto em relação a você, sua esposa e sua carência. O problema houve, mas o problema foi o efeito. A causa é outra. Discirna a causa. Seja curado. Em nome de Jesus, Caio