Português | English

Cartas

OS IRMÃOS MAIS VELHOS DO PRÓDIGO E OS AMIGOS DE JÓ ME PERSEG

OS IRMÃOS MAIS VELHOS DO PRÓDIGO E OS AMIGOS DE JÓ ME PERSEG

-----Original Message----- From: OS IRMÃOS MAIS VELHOS DO PRÓDIGO E OS AMIGOS DE JÓ ME PERSEGUEM Sent: terça-feira, 10 de fevereiro de 2004 15:07 To: contato@caiofabio.com Subject: TUDO PORQUE EU CRI NA GRAÇA Mensagem: A GRAÇA E A PAZ! Caio, Estou escrevendo novamente, com propósito de conversar. Se eu estivesse em condições melhores, faria de tudo para dar um "pulinho" no Café com Graça, mas infelizmente, como muitos, também estou meio que "apertado" financeiramente. Gostaria de bater um bom papo (não virtual), mas como não tenho recursos, vou aproveitar este canal. Tenho tomado posse dos dons que o Senhor me tem dado. Procurando utilizá-los para a Glória do Senhor. No entanto, tenho começado a sentir dificuldades em meus ministérios. Comecei a ter êxito em tudo que faço, e isto, é claro, não poderia resultar em outra coisa: algumas pessoas estão com a "Síndrome do Irmão do Filho Pródigo", se é que você me entende!? Estive por tanto tempo morto espiritualmente, e ninguém ligava para mim, afinal, não preocupava ninguém com meu "jeito-morto-de-ser". Comecei a clamar a Deus para que abrisse minha visão, me desse algo novo, nova maneira de ver a Palavra e compreendê-la... Não deu outra: achei teu site, comecei a lê-lo, de ponta-a-ponta. Meu Deus!!! Ressuscitei!!! Comecei, então, a pregar com naturalidade, clareza, sem jargões e tantas "plumas" que são utilizadas hoje em dia para que se consiga prender a atenção dos outros. Dirijo um dos cultos de oração. O número de pessoas cresceu sem que fizesse algum tipo de "apelo"; as pessoas começaram a falar deste culto em específico; muitos estão sendo restaurados, vivificados como eu também fui. No entanto, os "Irmãos do filho pródigo" associados com os "Amigos de Jó", não ficaram muito contente, mesmo vendo que há um crescimento, tanto na horizontal como na vertical das pessoas que estão sendo ministradas neste culto. Os "soldadinhos de chumbo" não aceitam a idéia de que não posso estar presente em todos os cultos e reuniões (todos os dias praticamente). Afinal, trabalho bem distante de minha casa, cerca de 2:30hs de transporte, sou casado, tenho uma filhinha linha, que demanda muito de meu tempo. Este tempo não perco; utilizo-o para ler a Palavra, meditar e orar. Não de uma forma paranóica e religiosa, mas com muita Graça e muita liberdade para com o Pai. É lindo o que estou vivendo com Deus e com muitos dos meus amados irmãos!!! É triste e doído o que estou vivenciando dentro da "igreja". Quer-se implantar cultos e reuniões em todos os dias à noite, e, agora de dia também!!! Talvez você até me pergunte: porque que ele está achando isto ruim! Cultuar a Deus é ótimo! Eu responderia: sem dúvidas! Quando tudo é feito pelo espírito; quando não há "enchimento de lingüiça"; quando não há indiretas do tipo "você precisa estar em todos os cultos... não deixando a congregação como é costume de muitos... buscai primeiro o reino de Deus... o resto é segundo plano..." Sei que não é muito correto, mas fiz um "teste": Passei a não mais identificar meus dízimos. Não deixei de entregá-los, pois sei que a Obra do Senhor realmente precisa. O engraçado foi a mudança de comportamento de algumas pessoas para comigo... Antes ligavam para minha casa para orarem comigo, me davam toda a atenção possível... Não haviam "pregações" (indiretas) vindas do púlpito acerca de dízimos e ofertas... acerca dos três demônios que minam nossas vidas se não dizimarmos... Será que são os demônios, os responsáveis por este "Minar"??? Sabe, isto tudo dói, pois tenho visto muitos desanimarem com tudo isto; banalizando o culto a Deus. Sinto-me péssimo, mas não tenho podido fazer muito concernente a isto, pois é claro, "não tenho faculdade, não tenho títulos" (e nunca quero ter mesmo), etc... O meu consolo tem sido este culto, e também, o de muitas outras pessoas, que estão como eu. Faço tudo com naturalidade sem religiosidade, com muita reverência. Procuro ouvir as pessoas, pois sinto muita tristeza quando vejo alguém triste, talvez isto seja um dom, eu não sei bem. O que sei é que não fecho meus ouvidos a quem quer que seja. No entanto, sinto-me cada vez mais sobrecarregado, sem ter com quem desabafar... Caio, o que estou fazendo de errado? Outro dia atrasei 5 minutos para encerrar o culto, que, por sinal, estava uma "delícia". Fui "metralhado" com indiretas na frente de quase todo mundo!!! O interessante nisso, é que, todos os dias os demais cultos sempre começam atrasados, terminam atrasados, as reuniões (aquelas famosas de 5 minutinhos) sempre extrapolam os horários e ninguém fala nada, pois não sou eu quem está na direção... Me ajude em oração. Quero ajudar muito as pessoas, mas estou me sentindo sozinho. Agredido por aqueles que estão acima de mim e que poderiam me apoiar. Conto com tua ajuda e orientação. Sei que você já enfretou muitos tipos de lutas fora e principalmente dentro da "igreja"... Caso queira me responder, diga-me como devo proceder. Já digo que não quero largar nada. Existem pessoas precisando de ajuda. Mas também preciso. Que Deus lhe abençoe profundamente, em todas as áreas de sua vida. Em nome de Jesus, amém!!! Abraços. *************************************************** Resposta: Meu amado amigo: Graça, Bondade e Paz! A sinagoga a gente freqüenta, conforme o costume—exatamente como Jesus fazia. Ninguém tem que deixá-la. É uma benção quando ela se converte e crê, mas dificilmente isto acontece. Eles, os da sinagoga, reconhecem a graça que está sobre a pessoa, e é justamente isto que lhes faz tanto mal. Você está se sentindo assim...tão bem...mas está também recebendo tais “respostas” negativas da liderança, por uma simples razão: eles sabem que você está servindo APENAS por amor, não mais por medo. E, não havendo medo, acaba o poder daqueles que pastoreiam com as varas da opressão. E isto os assusta. Os que não têm medo passam a ser perigosos. Essa é a razão de você está sendo oprimido pelos “amigos de Jó” e pelos “irmãos mais velhos do Pródigo”. É sempre assim. Seja o mesmo. Não mude em nada. Sirva com sinceridade. Ame os irmãos. Pregue a Palavra com simplicidade. E não compre brigas. Quem quiser que se perturbe com você. Você não passará recibo para ninguém. E nem lhes dará respostas, nem diretas e muito menos indiretas. Todavia, não tenha ilusões: em breve tentarão calar você, ou iniciarão um processo de herétificação de sua mensagem. Não se abale. Como eu disse, a sinagoga a gente freqüenta. Para Paulo era o primeiro lugar de testemunho da Palavra (ver Atos). Mas como em geral o expulsavam, ele, então, iniciava um outro trabalho, às vezes até ao lado da sinagoga. Também não caia na tentação de menosprezar esses irmãos. Você está sendo julgado por eles. Não os despreze, pagando com a mesma moeda. Não se impressione com eles, nem para o bem e nem para o mal. Leia o site todo. Também há muitos livros meus que eu gostaria que você lesse. Você pode pedir livros e Cds de mensagens escrevendo direto para o Café com Graça. Se as coisas se complicarem, me escreva. E se elas se tornarem insuportáveis, me conte o quanto antes. Receba meu beijão. Nele, que nos levanta a fim de darmos testemunho da Palavra, Caio