Português | English

Cartas

ORAÇÃO DE QUEM QUERIA APENAS FALAR COM DEUS!

ORAÇÃO DE QUEM QUERIA APENAS FALAR COM DEUS!

 

 

 

 

----- Original Message -----

From: ORAÇÃO DE QUEM QUERIA APENAS FALAR COM DEUS!

To: contato@caiofabio.com

Sent: Wednesday, January 21, 2009 8:54 PM

Subject: Solidão e esperança!

 

 

 

Ah Pai!

Já faz tantos anos desde a minha conversão... Quando abri mão de colocar as importâncias fundamentais da minha vida na Sua frente, quando o coração ardia e em meu ventre percorriam os chamados rios de água viva.

 

Pelos meus amados irmãos eu tive o acesso a graça divina, e, também, infelizmente, a todos os demais obstáculos terríveis que nossas tradições legalistas nos impõem e que tanto atrapalharam naquele início de jornada.

 

Algo acontecia, aos poucos, e a maldade do meu coração e os cuidados desta vida tão corrida (não seria isto Pai, a me afastar de quem sempre tanto me amou e meu protegeu?) me sufocaram, deixaram mirradas as suas raízes em mim...

 

Os Teus ensinamentos aos poucos se esvaziaram, me sentia como que um estranho aos teus olhos, com aquela certeza terrível de que a graça se afastava de mim.

 

Já são 12 anos me afastando de Ti; nunca senti tamanha solidão espiritual como nestes últimos três anos.

 

Com o distanciamento da graça, fui perdendo o hábito de ir à igreja; não sinto mais falta, nem um pouco.

 

Mas como dói quando vejo alguns de meus queridos sofrendo nas igrejas pela falta da graça, pela falta dos ensinamentos de Cristo.

 

Eu deveria estar lá, ajudando-os, mas quem sou eu pra tal? Pensava: não tenho forças pra mim, quanto mais para os outros.

 

Mas o espírito, invisível e inesperado, resolveu lembrar-se de mim. E de alguma forma, depois de 12 anos sendo moído pelas pesadas pedras que este mundo colocou sobre meus ombros e que eu tão idiotamente aceitei, Tu, oh Pai, me resgataste, me livraste mais uma vez do fardo do pecado e da culpa.

 

E que momento, Senhor, escolheste?

 

Minha filha está prestes a nascer, minha primeira filha; e eu te louvo e te adoro porque és o motivo puro e sincero desta vida que, do contrário, quão inútil se vinha fazendo...

 

Irmão Caio, que terrível "solidão cristã" eu tenho enfrentado!

 

Nos últimos dias eu tenho estado meio que desesperado para conversar sobre Deus e a respeito de Deus, como que me recuperando de algo que houvesse sido arrancado de mim...

 

Acho que é por isso que acabei escrevendo...

 

Era pra ser uma carta, mas virou uma oração para Deus.

 

Bom, resolvi mandá-la assim mesmo, com este pedacinho pra você, só pra dizer que não deixe a Palavra se perder, não desista.

 

Podemos achar que não somos muitos..., Deus o sabe, Ele, que nos mantém debaixo de suas asas, aquecidos, há de nos dar o refrigério para realizarmos sua obra, para que a Graça seja alcançada por todo este nosso povo sofrido.

 

Eu tenho muito a percorrer...

 

Descobri um grupo do Caminho numa cidade vizinha a minha, vamos ver o que Deus reserva pra nós.

 

Até,

_________________________________

 

Resposta:

 

 

Senhor! Ouve Teu filho, que contigo fala. Faze-o ouvir júbilo e alegria, para que ele mesmo cante de júbilo!

 

Restaura-lhe a alegria de ser Teu, pois, assim, ele guiará os seus irmãos em fé e amor carinhoso!

 

Dá que como nunca antes ele precise muito pouco do que antes procurava. Concede que ele aprenda a alegria de caminhar seguindo a Ti somente. Cobre-lhe com amor maduro e fé constante.

 

Que a Tua Palavra se abra para ele. Que o Teu entendimento o invada. Que a sabedoria o possua. Que o discernimento seja a coroa da vida dele.

 

Pai, dá ao Teu filho porção nova do Teu Espírito!

 

Sim! Que Tu mesmo o enchas de Ti e de mais nada!

 

É assim que oro por ele, com o mesmo carinho com qual ele a mim escreveu a oração que a Ti fez.

 

Pai, é no Nome, no Nome Dele, no Teu Nome que a Ele deste, que oro e creio na Tua Graça.

 

Nele, que é Aquele que se Revela a quem o busca,

 

 

 

Caio

23 de janeiro de 2009

Lago Norte

Brasília

DF