Português | English

Cartas

OBRIGADO CAIO – aniversário!...

OBRIGADO CAIO – aniversário!...

 

----- Original Message -----

From: OBRIGADO CAIO – aniversário!...

To: caio fabio

Sent: Saturday, March 14, 2009 7:09 PM

Subject: OBRIGADO CAIO

 

Em 1983 eu estava sendo ordenado ao chamado ministério pastoral e assumindo o pastorado de uma igreja.  ( 03 de Dezembro de 1983 na Igreja Batista em Jardim Rincão - Zona Oeste da Capital paulistana.
Claro, era um convertido,  nunca duvidei disto, no entanto, algo estava pra acontecer que certamente mudaria minha caminhada como seguidor de Jesus e pastor de uma comunidade.
Nestes idos de 1983 e 1984, chegou a mim através do Carlos Mendes que hoje é pastor nos EUA, duas fitas cassetes contendo uma mensagem pregada por um jovem pastor, contemporâneo meu.
Já tinha ouvido falar dele e até já tinha pego nas mãos em alguma livraria evangélica alguns dos livros que este pregador já tinha publicado, mas, por alguma razão, não comprei e não li.
Confesso que demorei pra colocar aqueles cassetes num gravador para ouvir o tal pregador.
Eu estava com os meus 27, 28 anos e num processo de mudanças radicais em minha vida, e, sim, havia uma sede no meu coração e algumas perguntas, até então sem respostas.
Perguntas como estas:
Não há outro jeito de seguir a Jesus?
É só isto mesmo?
Terei que repetir os modelos de então?
Não tem outro jeito de ser igreja de Jesus?
Por conta disto e tantos outros motivos, peguei um gravador e coloquei a primeira fita pra ouvir.
Ouvi a primeira. Ouvi a segunda. Ouvi outra vez.  Mais uma vez e tantas que não me lembro.
Uma coisa sei, fui encorajado a partir desta mensagem a ler todos os textos que o jovem pregador usava como base para ensinar o que ensinava.
Li todos os textos e os outros textos nos evangelhos e não consegui mais deixar de ler os evangelhos do jeito que fui ensinado a ler a partir de ouvir aquele pregador.
Aquela mensagem determinou as rupturas que aconteceriam na minha caminhada de fé. Não consegui ser mais o mesmo.
Mudei como pessoa,  mudei como profissional, pois, ainda era funcionário na industria farmacêutica. Mudei como cristão, mudei como pastor e claro, a igreja que pastoreava passou também comigo por processos de mudança.
Jesus passou a ser o absoluto centro de tudo que eu fazia. Nunca mais fui o mesmo.
Passaram-se mais de 25 anos e ainda hoje, quando me lembro daquele sermão e daquele jovem pregador, meu coração se manifesta agradecido, pois, muito do que eu cria ganhou significado pra valer na vida a partir daqueles deliciosos dias da década de 80.
O sermão, a mensagem, o ensino ao qual me refiro ganhou o titulo de:
SEGUIR A JESUS O MAIS FASCINANTE PROJETO DE VIDA.
O jovem pregador ao qual me refiro está completando hoje dia 15 de Março de 2009, 54 anos.
Hoje, não mais tão jovem, mas, absolutamente coerente ao que pregava naqueles dias.
Hoje, marcado pela caminhada de quem viveu intensamente a vida e expressou na vida o evangelho de Jesus de Nazaré, a quem serve hoje como sempre serviu e ainda mais comprometido com a Cruz e todas as suas implicações.
Refiro-me e homenageio com gratidão a Deus ao meu amigo e também meu pastor aqui na terra, Caio Fábio.
Dou graças a Deus por  ti Caio e oro pra que Ele o preserve assim entre nós por muito tempo.
Fique bem meu amigo e pastor , e que seja um dia feliz, e que continues a construir memoriais no quintal de sua casa e na vida.
Graça, paz, alegria & todo bem a você e seus familiares e amigos.

Bjs.

Saudades.

Carlos Bregantim
Laudiceia Santos Bregantim
Carolina Santos Bregantim
Filipe santos Bregantim

E sei que falo em nome de todos e tantos outros caminhantes que caminhem com você neste tempo chamado HOJE, neste movimento chamado Caminho da Graça.

__________________________________________

Resposta:

 

 

Meu amado amigo e mano Carlos: Graça e Paz!

 

Estive sem Internet até hoje. Por isto não pude responder antes.

Mano, sua carta me emocionou profundamente, nesses dias nos quais tenho andando muito emocionado com muitas coisas, inclusive com a aproximação dos cinco anos da partida de meu Luk-Luk pro Senhor.

Sua carta me fez viajar em muitas recordações de tempos, faces e alegrias.

Faço das palavras de Paulo as minhas, sem pieguismo e sem afetamento, conforme você me conhece.

 

Ele dá graças a Deus por duas coisas:

 

1.    Pelo modo como a Palavra foi recebida.

2.    Pelo modo como ele foi recebido como mensageiro da Palavra.

 

Assim, em Tessalonicenses do capitulo 1º, do verso 2 até ao verso 12 do 2º capitulo ele fala de como a Palavra fora recebida e dera fruto entre eles. Entretanto, no verso 13 do 2º capitulo Paulo fala de sua gratidão pessoal pelo modo como ele fora recebido entre os de Tessalônica: como um enviado com a Palavra simples do Evangelho.  

Segue o texto que você conhece muito bem:

 

Sempre damos graças a Deus por vós todos, fazendo menção de vós em nossas orações, lembrando-nos sem cessar da obra da vossa fé, do trabalho do amor, e da paciência da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, diante de nosso Deus e Pai, sabendo, amados irmãos, que a vossa eleição é de Deus; porque o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo, e em muita certeza, como bem sabeis quais fomos entre vós, por amor de vós. E vós fostes feitos nossos imitadores, e do Senhor, recebendo a palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo. De maneira que fostes exemplo para todos os fiéis na macedônia e Acaia. Porque por vós soou a palavra do Senhor, não somente na macedônia e Acaia, mas também em todos os lugares a vossa fé para com Deus se espalhou, de tal maneira que já dela não temos necessidade de falar coisa alguma; porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como dos ídolos vos convertestes a Deus, para servir o Deus vivo e verdadeiro, e esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura. Porque vós mesmos, irmãos, bem sabeis que a nossa entrada para convosco não foi vã; mas, mesmo depois de termos antes padecido, e sido agravados em Filipos, como sabeis, tornamo-nos ousados em nosso Deus, para vos falar o evangelho de Deus com grande combate. Porque a nossa exortação não foi com engano, nem com imundícia, nem com fraudulência; mas, como fomos aprovados de Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não como para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações. Porque, como bem sabeis, nunca usamos de palavras lisonjeiras, nem houve um pretexto de avareza; Deus é testemunha; e não buscamos glória dos homens, nem de vós, nem de outros, ainda que podíamos, como apóstolos de Cristo, servos pesados; antes fomos brandos entre vós, como a ama que cria seus filhos. Assim nós, sendo-vos tão afeiçoados, de boa vontade quiséramos comunicar-vos, não somente o evangelho de Deus, mas ainda as nossas próprias almas; porquanto nos éreis muito queridos. Porque bem vos lembrais, irmãos, do nosso trabalho e fadiga; pois, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós, vos pregamos o evangelho de Deus. Vós e Deus sois testemunhas de quão santa, e justa, e irrepreensivelmente nos houvemos para convosco, os que crestes. Assim como bem sabeis de que modo vos exortávamos e consolávamos, a cada um de vós, como o pai a seus filhos; Para que vos conduzísseis dignamente para com Deus, que vos chama para o seu reino e glória.

Por isso também damos, sem cessar, graças a Deus, pois, havendo recebido de nós a palavra da pregação de Deus, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que crestes.

 

Assim, meu mano amado, recebo seu amor e o fruto de sua vida, família e ministério com todo amor e alegria no Senhor, que tem sido misericordioso e poderoso em nós por Sua inteira Graça.

Sua vida tem sido um dom de Deus entre nós, do que não apenas eu, mas todos têm dado testemunho.

Aproveito também que você mencionou a todos do “Caminho da Graça”, e agradeço o carinho de todos, bem como o de todos mesmo..., sim, dos milhares de amados que escreveram, escrevem e mandam seus melhores carinhos para mim, estando ligados ou não ao “Caminho da Graça”.

Que o amor de Deus seja sobre todos nós!

Carlos, obrigado mano amado!

 

Nele, que nos ama e segue nos amando; e que faz com que cada dia seja possível discernir melhor a Qualidade do Seu amor,

 

 

Caio

16 de março de 09

Lago Norte

Brasília

DF