Português | English

Cartas

OBRIGADO A TODOS OS VELHOS E CRIANÇAS: e a todos os manos amados!

OBRIGADO A TODOS OS VELHOS E CRIANÇAS: e a todos os manos amados!

 

 

 

 

 

 

OBRIGADO A TODOS OS VELHOS E CRIANÇAS: e a todos os manos amados!

 

 

 

Ah! Eu teria que agradecer a tanta gente! Tanta gente Gente Boa de Deus que somente Deus mesmo pode lhes dizer que é deles que aqui falo!

 

Fala-lhes, ó Senhor; conta-lhes de toda a minha gratidão por tudo, pela confiança, pelo carinho, pelas orações, pelas ajudas que em alguns é a doação da própria vida. Sim! de tempo feito de amor; de entrega de dons e serviços; de efetividade no sonhar junto e comigo; e, sobretudo, diz-lhes de minha alegria pela avidez com a qual buscam viver o Evangelho conforme têm crido, pela obra do Espírito e da Palavra, e pela tua estranha misericórdia ao usares um homenzinho como eu — um vermezinho de Jacó.

 

Tenho sido muito ajudado pela boa vontade e compreensão de muita gente. Só Deus de fato sabe!

 

Mas, mais que tudo, tenho sido ajudado pelas crianças e pelos velhos.

 

Não sei o porquê, mas as crianças, desde sempre, identificam-se em extremo comigo, e sinto o amor delas, e o carinho que têm por mim, assim: de graça.

 

O mesmo sinto da parte dos idosos, especialmente das senhoras, as quais sempre me tratam com o amor devotado a um filho.

 

Esses dois extremos da existência de anjos humanos de Deus na Terra têm me animado do mesmo modo como o sorriso puro e limpo do Mateus, meu netinho, me anima e me eleva; pois, conforme disse o Senhor, “os seus anjos vêem a face de meu Pai que está nos céus de dia e de noite”.

 

Assim, vejo nas crianças os meus maiores intercessores humanos, pois, quem se faz amar por crianças é objeto de orações angelicais de dia e de noite na Presença do Pai — ensinou Jesus.

 

Obrigado a todos!

 

Que o Espírito dê a você a certeza de que é de você que aqui falo diante de Deus!

 

 

 

Nele, em Quem, para mim, você se tornou Um Ser Graças a Deus — pois é assim que meu espírito exclama ao pensar em você,

 

Caio

 

2/12/07

Lago Norte

Brasília

DF