Português | English

Cartas

O QUE VOCÊ ACHA DE

O QUE VOCÊ ACHA DE "CORAGEM DE SER" DO PAUL TILLICH?

-----Original Message----- From: Luana Felix Schettino da Silva Sent: quinta-feira, 6 de maio de 2004 09:18 To: contato@caiofabio.com Subject: A CORAGEM DE SER Rev. Caio, bom dia e a paz! Gostaria de saber sua opinião sobre “a coragem de ser” descrita pelo teólogo e filósofo Paul Tillich. Agradeço desde já o tempo e o esclarecimento. Um forte abraço. Em Cristo, Luana ____________________________________________________________ Resposta: Minha querida amiga, O livro “Coragem de Ser” é interessante, especialmente considerando os dilemas da época. Faz anos que li o livro, e ainda o tenho na minha biblioteca. Tllich nunca foi uma grande inspiração para mim. Meu modo de vê-lo pode não fazer jus a quem ele era; afinal, uma coisa é ler o homem, outra é conhecê-lo. O que me ressentia ao lê-lo era daquela radicalidade existencial que o verdadeira coragem de ser demanda. Seus escritos, a meu ver, ainda eram muito política e filosoficamente corretos; uma tentativa de tornar Deus palatável para a geração dele. Nele, sinto falta da Palavra, e, sinceramente, de uma "patada de Leão"; algo que rasgue a alma. O estilão dele também nunca me seduziu. Sento falta de dendê nos textos dele. Gosto de pensamentos apimentados; daqueles que se o cara não gostou, pelos menos saiu ardendo... Entretanto, há coisas interessantes na "filosofia dogmática" dele. Eu, de minha parte, examino todas as coisas, e retenho o que é bom; e, para mim, o que é bom tem que carregar o espírito do Evangelho da Graça, e não apenas um discurso abstrato sobre Deus, por mais bem formulado que seja. Se não apelar suicidamente para fé, para mim já nasce morto! Um abração. Nele, que é simples e dá vida, Caio