Português | English

Cartas

O QUE É UM ATEU EMOCIONAL?

O QUE É UM ATEU EMOCIONAL?

----- Original Message ----- From: O QUE É UM ATEU EMOCIONAL? To: Sent: Monday, October 04, 2004 10:51 PM Subject: ME EXPLIQUE MELHOR! Graça e paz, meu irmão! Leio tudo que você escreve, e sei que é um bálsamo para o meu coração. Gostaria que o senhor me explicasse com mais detalhes por que todo pastor é um "ateu emocional"? Mostrei o texto que o senhor escreveu a respeito ao "meu pastor". Sabe o que ele disse? Esse cara é um louco! Aí eu disse a ele que era para ele levar o texto para casa, e ler novamente. Depois me arrependi. Por que? Alguns seres estereotipados não entendem a simplicidade e a humildade de Jesus. Agora veja que curioso, quando perguntei ao meu "pai espiritual" (aspas no bom sentido)... que eu tinha mostrado ao "meu pastor" o seu artigo, olha a resposta sábia: Você é teimoso.Lembra-se do que Salomão falou: Não dê conselho aos tolos, porque eles vão se irar... Deus te abençoe meu irmão! E me responda, por favor. ___________________________________________________________ Resposta: Meu amigo amado: Graça e Paz! O ateu emocional não é alguém que não crê em Deus, mas sim alguém para quem a ternura e emoção em Deus deram lugar ao ativismo e ao trabalho. Por isto quase todo pastor é um ateu emocional. E por que? Porque a maioria vive de cultos, e só tem tempo com Deus no culto, e fora do culto não tem vida emocional nenhuma com Deus. Pobre do pastor que só cultua a Deus no culto! Pobre do pastor que fica no culto dando ordens com os olhos aos diáconos e presbíteros; que fica vendo quem veio e quem não veio; e que se preocupa com o som, a luz, a coleta, as crianças, e de toda a programação—a do culto e a paralela. Esse homem crê em Deus, mas se a vida dele se resume a isto, ele pedra, perde a emoção, adora apenas de encenação, com rápidos lampejos de culto pessoal, mas sem tranqüilidade e sem alma para adorar. Afinal, a mente dele está tão ocupada o tempo todo com as "coisas de Deus", que ele não tem mais emoção para o Deus de todas as coisas. É comum você ver um pastor adorando de modo iluminado e livre? É comum você ver um pastor despreocupado, e chorando de alegria enquanto cultua? Ora, a maioria vive tão empanzinada de culto, que nem cultua mais. E, a maioria, só ora com objetivos específicos: problemas na igreja ou desafios—e isto quando ora! No mais, fazem cultos, mas não cultuam; pregam, mas não são molhados pela Palavra; fazem os outros se emocionarem, mas eles mesmos já não têm emoções que não sejam apenas aquelas ligadas ao "sucesso do trabalho de Deus". Assim, tal pessoa, por mais que realize cultos todos os dias, ela mesma, não cultua mais... A única maneira de um pastor não perder a alma é se tratando apenas como um homem que ama a Deus, e que o adora no secreto, na solitude de seu quarto, e que vai ao lugar da reunião sem a mania de controlar os programas da igreja. Se ele assim fizer, pode ser que não se torne um ateu emocional. Num culto, se alguém quiser ser meu amigo, não fique me chamando nem para comentar as maravilhas. Quando estou num lugar de culto, por mais que eu vá pregar, eu quero é cultuar. Daí eu me irritar tanto quando estou pregando e pastores vejo como os pastores ficam atrás fazendo comentários; ou resolvendo problemas... Receba meu beijo e meu carinho pelo seu pastor; esse que disse "esse cara é louco". Se ele acha que o que eu disse é loucura, saiba, ele mesmo já está enlouquecido pela "possessão do culto"; e já nem sabe mais diferenciar Deus, do culto que acontece na maioria das vezes apenas como "programação" para o pastor, embora as pessoas possam até ser abençoadas. Nele, que não era gerente de cultos, Caio