Português | English

Cartas

O JESUS QUE EU INVENTEI NÃO ME SATISFAZ...

O JESUS QUE EU INVENTEI NÃO ME SATISFAZ...



-----Original Message----- From: O JESUS QUE EU INVENTEI NÃO ME SATISFAZ... Sent: quarta-feira, 30 de junho de 2004 13:33 To: 'contato@caiofabio.com' Subject: Como faço para conhecer Jesus? Oi Caio! Há alguns dias descobri seu site... tremendo! Sou cristão de infância, nascido em lar evangélico, educado por uma forte EDB, órfão de pai aos 18 anos (sonhei com a cura daquele câncer), um sonhador pelas coisas de Deus... Casei! E agora estou aqui, pronto para tentar trocar palavras com você. Sou um sofisma. Preso a um Deus que criei. Formulei as regras da minha jornada cristã. Hoje peco, amanhã sou perdoado. Depois busco mais uma vez esse Deus que imagino me perdoar, e sou perdoado... e assim vãos os dias... O importante não é mais o pecado, ou a vitrine espiritual que criei para os outros. Agora a questão é a essência da verdade. Onde está ela? Você e eu sabemos que Deus nos perdoa, nos cura, nos faz bem. Mas depois do refrigério do perdão dos pecados, e o crescimento? E aquela intimidade com o Criador? Por que não há? Tem vezes que fecho os olhos, e tudo fica escuro... Sinto como se estivesse num quarto escuro, mas sinto que alguém está nesse quarto comigo. Esse alguém é Deus? Choro. Soluço. Tremo. Esse momento passa, vêm os pecados, as lutas,.... e sinto o Criador Santo se afastando de mim.... A que destino meu corpo está selado por causa do pecado! Por que não consigo tocá-Lo? Ficar firme nas Suas palavras? Por que não consigo ter a mente de Cristo? Por que questões sexuais me envolvem? Por que o dinheiro muitas vezes dita as formas de relacionamentos inter-pessoais? Acho que criei uma fôrma de viver a vida cristã. Queria estar mais certo de que o que eu vivo e de que o que está realmente acontecendo vem da parte de Deus, e não das entranhas da minha mente cauterizada pelo pecado, pelos vícios misteriosos de todo cristão nascido de berço. Você já se sentiu assim ? ____________________________________________________________ Resposta: Meu querido amigo: Graça e Conhecimento de Deus sejam sobre a sua vida! Noto que a maior parte dos cristãos está como você está, ou logo estará exatamente aí, nesse ponto de reconhecimento de que a relação espiritual é com um "deus psicológico"; ou seja: criado ou aceito por nós, à imagem e semelhança da igreja, ou da mentalidade dela herdada. Sinceramente fico feliz quando vejo as pessoas chegando neste ponto da viagem, pois, nesse lugar existencial, tem-se a chance de conhecer a Deus mesmo, não a uma projeção Dele, e que sempre é feia de se ver, e impossível de, em sendo aceita, fazer bem ao coração. De fato, o exercício que você tem que fazer é muito difícil, porém será libertador. Primeiramente quero convidar você a pegar os Evangelhos e relê-los. Leia-os como se fosse a primeira vez, e faça-o como se você nunca tivesse ouvido nenhuma interpretação deles. Ou seja: o primeiro inimigo a ser vencido é o pré-condicionamento na interpretação. Isto porque o Jesus que nos foi apresentado é um "composer" do Jesus da "igreja", o qual é moldado para ficar "parecido" com o grupo religioso ao qual a pessoa pertence. Portanto, o Jesus da fé da “igreja”, na maioria das vezes, é uma fabricação feita para validar as teses do grupo. E tal “Jesus” não faz nada de bom ou de mal que qualquer outro condicionamento mental, psicológico e cultural também não realize. Entre nós, diferentemente do Espiritismo, não existe um texto oficial intitulado "O Evangelho segundo os Evangélicos". Todavia, embora não exista o texto oficial, todavia há outra coisa, que é a interpretação de Jesus feita pela “igreja”, e que acaba por criar, muitas vezes, um monstro. O que estou afirmando é que a leitura do Evangelho que fazemos é uma "adaptação". No entanto, é isso que temos e fazemos. E é também “num Jesus de terceira ou quarta mão” que a maioria das pessoas crê. Então, meu irmão, Soda Caustica na cabeça, uma boa chacoalhada, limpeza, e início de leitura pessoal e aberta para a Palavra e para o Espírito. Então você verá que começará a surgir o Jesus real das páginas do Evangelhos, e você mesmo verá a diferença entre o verdadeiro e o falso, pois o Espírito de Deus dará testemunho a você acerca da verdade. Hoje, na igreja evangélica, primeiro o indivíduo tem que ser salvo do "Jesus inventado" a fim de ser salvo da falácia que não gera nada, mas apenas medo, culpa e neurose; e, assim, poder vir a conhecer o Jesus real, e que se apresenta a nós como revelação na Palavra. Portanto, primeiro você precisa ser salvo do Jesus dos Evangélicos a fim de conhecer o Jesus do Evangelho. Todas as suas demais questões serão respondidas a você mesmo na hora em que você iniciar esse processo. Isto porque não há como você conhecer a verdade sem experimentá-la. A Verdade não é objeto de prosa. A "verdade" só cabe em prosa como proselitismo. O evangelho segundo os evangélicos é proselitismo, não a verdade para ser experimentada, porém apenas "aceita". Daí o convite seja para "aceitar a Jesus", não para conhecê-Lo. O "Jesus aceito" é objeto de venda (vendedor-pregador) e compra (crente-cliente). É um pacote. Já o Jesus do Evangelho não é para ser aceito, mas para ser conhecido. E a Verdade, meu amigo, não pode ser verdade se não for experiência do e no ser. Portanto, você tem que conhecer Jesus e Sua Palavra, você mesmo, e precisa aprender a ter a sua própria consciência em fé, a fim de viver a Palavra por você mesmo. Veja a sua lista de questões: Onde está a verdade? Resposta: Como lhe disse ela é Jesus, mas você só a conhecerá mediante conhecimento experiencial, não doutrinário ou intelectual. Jesus tem que ser conhecido a partir de nossas vísceras. ____________________________________________________________ Depois do perdão de pecados, onde está o crescimento? Resposta: Ele virá assim que você deixar de despender toda a sua energia de alma lutando para "fazer um Jesus" para você, e apenas vir a Seguir o próprio Jesus...conforme o convite do Evangelho. No Caminho com Ele você cresce...não sem tombos e erros...conforme aconteceu com Seus primeiros discípulos...e também conforme o processo histórico-existencial apresentado no Evangelho. ____________________________________________________________ Onde está aquela intimidade com o Criador? Por que não há? Resposta: Primeiro precisa haver Deus em nós para então haver crescimento na intimidade com Deus. O que você tem é um ídolo-Jesus. Agora você conhecerá a Jesus mesmo. E só dá pra ter intimidade com a pessoa de Jesus, não com Seu holograma projetado pela religião. O holograma é imagem, e falsificada. ____________________________________________________________ Tem vezes que fecho os olhos, e tudo fica escuro...Então, sinto como se eu estivesse num quarto escuro, mas sinto que alguém está nesse quarto comigo... Esse alguém é Deus? Choro. Soluço. Tremo. Esse momento passa, vêm os pecados, as lutas,.... e sinto o Criador Santo se afastando de mim... Resposta: Não! Esse não é Deus. Deus é, e não vai e vem conforme os mecanismos psicológicos ou as nossas tentativas nervosas de auto-hipnose ou auto-sugestão acerca da "presença divina". Quando você conhecer a Deus em Cristo, conforme a revelação de quem Ele é, e quando isto acontecer em seu coração, pela fé, então você verá que Ele não vai e vem, pois, de fato, Ele nos habita. E tal habitação nada tem a ver com sensações ao arrepios, mas com um conhecimento de Deus que excede o nosso próprio entendimento. Ou seja: é tão real que é irreferível e inexplicável. Porém, é! ____________________________________________________________ A que destino meu corpo está selado por causa do pecado! ____________________________________________________________ Por que não consigo tocá-Lo? ... ficar firme nas Suas palavras? Resposta: Porque Deus só é tocado pela fé. Sem fé é impossível agradar a Deus, até porque sem fé é impossível se relacionar com Deus. A relação com Deus é pela fé porque é relação com o absolutamente infinito e misterioso. Com que outra mão se pode pegar o infinito e misterioso se não por meio da fé que vê o invisível e toca o intocável? Ora, você ficará firma as palavras Dele quando elas deixarem de ser um texto escrito em papel e passarem a ser verdades escritas no coração! ____________________________________________________________ Por que não consigo ter a mente de Cristo? Resposta: Porque primeiro você tem que conhecer a Jesus no espírito; e isto só acontece se você conhecer a Jesus mesmo, não apenas um nome feito de J-E-S-U-S. Você só começa a conhecer a mente de uma pessoa se conhecer a própria pessoa. No caso de Cristo, você tem que conhecer a Palavra Dele, e Ele mesmo se revelará a você, visto que Ele ama se dar a conhecer. ____________________________________________________________ Por que questões sexuais me envolvem? Resposta: Porque não? Quem disse a você que Jesus é um antídoto anti-desejo-sexual?! Jesus não é Viagra e nem é Desviagra. O seu desejo sexual é outro departamento, e, não sendo contra você, é a seu favor. Imagine se você não tivesse desejo sexual. De que você estaria se queixando senão de não ter desejo sexual? Eu não me queixo de sede, mas de falta de água; também não me queixo de fome, mas de falta de comida. Portanto, seu problema não é a fome, mas não ter o que comer, ou não comer o que deseja ou precisa. ____________________________________________________________ Por que o dinheiro muitas vezes dita as formas de relacionamentos inter-pessoais? Resposta: Sobretudo porque nós, esses eternos idiotas e impressionáveis, deixamos que seja assim. O poder do dinheiro é grande, mas não é maior que o seu próprio poder de dizer "não é assim comigo". O poder do dinheiro tem seu poder de compra terminado pela indisposição do homem de vender a própria alma. ____________________________________________________________________________ Continuando.... Faça o que eu lhe sugeri e também leia este site TODO! Sei que assim como tem acontecido com milhares, assim será com você. E sei que o resultado será o encontro com o Jesus real, o mesmo que nos salvou e salva, e que também é o mesmo que tirou e tira o pecado do mundo. Ora, Ele está vivo, por isto, Ele mesmo dá testemunho de Si mesmo pelo Seu Espírito e pela Sua Palavra...que são livres. Creia e você conhecerá se essa Palavra é verdadeira ou não. Nele, que à nós se revela em amor, Caio