Português | English

Cartas

O FANTÁSTICO E A BÍBLIA

O FANTÁSTICO E A BÍBLIA

-----Original Message----- From: Edney Araújo Castelo Branco Sent: segunda-feira, 19 de julho de 2004 09:28 To: contato@caiofabio.com Subject: O FANTÁSTICO E A BÍBLIA Graça e paz amado biribá!!! Como tem sido bom navegar e me banhar nas maravilhas que Deus tem colocado através do senhor em seu site. Como tem sido bom perceber a presença do Eterno em tudo que nos circunda e que em Jesus podemos nos apropriar de todas as suas bençãos. Me faltam palavras, me sobram sentimentos. Reverendo, ontem ao assistir o fantástico me lembrei do senhor. Estava passando uma reportagem sobre o corpo humano (A máquina humana). Muito interessante por sinal. A reportagem em questão era sobre uma mulher que genéticamente era "homem". Uma falha em um determinado gene (SRY) não conferiu a ela órgão genital e características masculinas. No visual é uma mulher. Entretanto o fato de possuir genes masculinos ela não possui nem útero, nem ovários. O que me deixou intrigado foi a afirmação feita no final da reportagem. Os cientistas chegaram a conclusão que até a sexta semana de gestação o feto é fêmea. A partir daí se o gene acima citado é ativado imediatamente o órgão genital e as características masculinas são iniciadas, dando origem ao homem. Após dizer isso ele conclui: "sendo assim a ciência derruba o que bíblia diz, ou seja: não foi Eva que nasceu da costela de Adão e sim o contrário". Na mesma hora eu falei: "Meu Deus, eles ainda não entenderam apesar de estudar tanto. Essa é uma prova cabal que o homem SÓ DEUS PODE CONCEBER!!!" O impossível dos homens é fichinha para Deus. Só não fiquei mais indignado por que pra entender essas coisas tem que se estar livre da Síndrome de Jerusalém. Eu olhava todo aquele conhecimento como bênçãos e maravilhas de Deus mas na hora de dar honra ao Grande Eu Sou os homens preferem dar glórias as causas naturais. Uma pena. Entretanto, uma Benção. Paradoxo. Naquele momento agradeci ao Pai o fato de te conhecer, pois através de suas palavras Deus tem me dado o privilégio de receber o seu Amor por mim em tudo e em todos, mesmo quando não entendo, mesmo quando dói. Um beijão. Edney Castelo Branco. ____________________________________________________________ Resposta: Amado Edney: Paz! "Pois assim como a mulher foi tirada do homem, o homem também é nascido de mulher, para que haja inter-dependência."--Paulo aos Coríntios. Quando ouço alguém falar uma ignorância como aquela—a tal da prova contra a Bíblia—, não fico nem um pouco preocupado. Primeiro porque Deus não depende nem da Bíblia nem de nada para ser Deus. Deus é Deus. Ele não é uma idéia. Ele é, e se torna o galardoador de todos aqueles que o buscam. Em segundo lugar porque acho que eles estão certos na mesma medida em que estão errados. Estão errados porque não é isto o que a Bíblia diz, até porque não é disso que a Bíblia trata. E estão certos porque é disso que "se faz a Bíblia tratar", portanto, toda vez que nossa ignorância é descoberta, nossa fé parece ser ameaçada. Mas a Bíblia não sofre nada. Quebradas ficam a cada dia as nossas interpretações pedradas e repetitivas; literalistas e sem encanto; doutrinárias e sem mistério; sistemáticas e sem Deus. Sim, uma Bíblia feita de letras divinas, e que supostamente é literal em tudo o que diz, e que diz sempre a mesma coisa, sendo um manual moral de conduta aceitável diante de Deus. Sim, uma Bíblia que também pretende ser um manual de ciência, de geografia, de história, de arqueologia, de física, de matemática, de genética, e até matérias e materiais do ser de Deus. Sim, uma Bíblia que pode ser objeto de questionamento sempre. Essa é a Bíblia que sofre afrontas. Ou seja: a Bíblia que não é a Palavra é que é afrontada. Minha Bíblia, todavia, não sofre nada nunca. Ela não está sob questão e nem sob resposta. Ela apenas me conta como Deus se manifestou também entre a descendência de Abraão, e me faz chegar, pela via da história, a Jesus, e Dele...à Ele e para Ele. Minha Bíblia nunca está sob questão, pois ela nunca se pôs sob nenhuma questão. Ah, a minha Bíblia! Ninguém tem a menor idéia do que dizer acerca dela! Ela me assusta todos os dias! Minha Bíblia não é inerrante, mas é infalível; não é bonita, mas é real; não é literal, mas é verdadeira. Não é sempre a Palavra de Deus, mas sempre pode ser. É um livro, mas pode deixar de ser. Ela está acabada justamente porque escolheu se deixar ficar aberta. É o fundamento, não o telhado do que há de vir. Minha Bíblia é como a Nova Jerusalém: é uma cidade sem telhado, sempre sendo iluminada pela Luz do Cordeiro. O interessante é quanto mais simples e fraca a Bíblia assim se torna, mas poderosa ela fica. A minha Bíblia também se une ao testemunho de João Batista, e diz: "Convém que Ele cresça, e que eu diminua". Ah, sim, a minha Bíblia diz de Jesus: "Esta alegria já se cumpriu em mim". Minha Bíblia é muito feliz, pois acerca dela Jesus disse: “Hoje se cumpriu a Escritura que acabais de ouvir”. Um beijo todo cheio de amizade! Nele, Caio