Português | English

Cartas

O EVANGELHO E A “ARTE SUAVE”- visite a Black House!

O EVANGELHO E A “ARTE SUAVE”- visite a Black House!

 

 

 

 

 

----- Original Message -----

From: O EVANGELHO E A “ARTE SUAVE”- visite a Black House!

To: contato@caiofabio.com

Sent: Tuesday, February 20, 2007 8:36 AM

Subject: Olá, Caio

 

 

Oi Caio!

 

 

Aqui é o Heber, aqui do Rj. Se lembra de mim? Participava das reuniões do Café com Graça, em Copacabana.

 

Momentos legais aqueles, onde realmente tomei a consciência do caminho da Graça, e deixei de ser "evangélico" para abraçar o Evangelho.

 

Foi uma verdadeira revolução em minha vida, Caio!

 

Fui incompreendido por amigos protestantes; por minha família, que me achava maluco ou herege; pois, fui criado na Assembléia de Deus do campo de Cordovil.

 

Mas valeu a pena; e tirei um fardo pesado das costas; onde só vivia culpado e oprimido; e cada vez mais maluquinho.

 

Conheci Jesus! Ele me libertou. E pelas pregações que ouvi do senhor, Deus pôde falar comigo através delas e da leitura bíblica.

 

Gosto muito do senhor e sou agradecido a Deus pelo senhor existi; pois, suas palavras me ajudam muito Caio. E agora o site. É uma benção, pois, posso ver e aprender coisas; e tirar dúvidas que sempre tive sobre a vida e a Bíblia.

 

Estou querendo me integrar a alguma Estação do Caminho aqui no RJ. E neste mês de março espero estar me reunindo com outros irmãos. Vou procurar no site os endereços.

 

Caio, sou praticante de Jiu-Jitsu e MMA, na Academia Black House, do famoso lutador Carlão Barreto — onde treina o Belfort, entre outros lutadores. Às terças e quintas às vinte horas, se reúnem para treinar lá o Minotauro e o Minotouro; entre outros lutadores da Brazilian Top Team. O treino é fantástico; você precisa ver.

 

O nosso Vale-Tudo ainda é o mais versátil e completo pelo chão Gracie que possui.

 

Quando estiver no Rio venha visitar a Black House á noite. É no Recreio, dentro do Shopping Barra World - loja 101, atrás do Supermercado Mundial do Recreio dos Bandeirantes.

 

Sei que tu és um admirador das artes marciais e MMA.

 

Dei um CD de uma pregação sua ao Carlão,e ele gostou muito. Divulguei o site a ele; e espero que ele cresça no Evangelho pessoalmente, lendo o site; assim como o Belfort.

 

Venha ver o treino quando tiver tempo, Caio. E o senhor ainda treina o Jiu-Jitsu?

 

Vou me despedindo agora; e te escrevi para que soubesses quanta gente tem conhecido verdadeiramente a Cristo por teu intermédio; e eu sou um deles.

 

Te admiro muito cara, pois, você é o pai que eu queria que Jesus tivesse me dado.

 

Um abraço,

 

Heber Besler.

_________________________________________ 

 

Resposta:

 

 

Meu amigo amado e filho na Graça que a todos nos faz apenas e sobretudo irmãos: Graça e Paz!

 

 

Sinta-se abraçado por um forte abraço paterno!

 

É claro que lembro de você. E por que não lembraria?

 

Ali no Café tínhamos a presença do Rosley Gracie. Lembra dele?

 

Fico feliz, muito mesmo, que a Graça o tenha libertado das correntes pesadas e curtas da religião, e que o tenha enchido da alegria do Evangelho, e que é conforme a medida da fé que Deus reparte com cada um que busca conhecer a Sua Palavra.

 

Se ainda treino Jiu-Jitsu? Não! Hoje sou “faixa preta” do "Premier Combate”, onde estou conectado todo dias, e, por vezes, o dia todo.

 

Fiquei sabendo da Academia Black House pelo Jóia no “Passando a Guarda”. Vi o vídeo da inauguração, com toda a “moçada” lá. Também já vi dois treinos das feras que eles mostraram no “Premier”.

 

Gosto muito do Carlão, e aprecio também muito a sobriedade dele nos comentário de MMA que ele faz com o Lucas ou com o Borracha. Ele é evidentemente um homem bom e sóbrio em tudo. Gosto do espírito dele.

 

Não dá tempo pra fazer um chãozinho. Entretanto, assistindo tanto, e já tendo a arte instalada em mim como lógica marcial há tantas décadas, e tendo treinado com gente boa como o Carlson, o Rolls (que era meu grande amigo), o Reyson, o Reyilson, e outros da família (no meu tempo o Rickson era ainda um moleque folgado de 12 anos, mas andava com a gente) — me sinto como quem treina; e, de muitas formas, sei que meus reflexos estão em cima. É como andar de bicicleta. O resto é condicionamento físico.

 

É claro que quando estiver no Rio vou fazer de tudo para assistir um treininho lá!

 

Mandarei esta carta para o pessoal das Estações do Rio, e um deles fará contato com você.

 

Fique firme. E ande sempre apenas focado no Evangelho. O resto é odre velho e pano puído.

 

 

Nele, que nos ensina que o caminho da vida é uma “arte suave”,

 

 

 

Caio

 

20/02/07

Lago Norte

Brasília