Português | English

Cartas

Nunca esquecerei

Nunca esquecerei

-----Original Message----- From: Marcio Augusto da Silva Pinheiro Sent: quarta-feira, 6 de agosto de 2003 To: contato@caiofabio.com Subject: Nunca esquecerei Mensagem: Fala pastor, tudo bom? Eu estava passeando em seu site (muito bom por sinal), e me bateu um tremendo saudosismo; lembrei-me de quando criança, andando pelo Betel (o acampamento da igreja) e caçando cobras; e de todas as vezes abençoadas em que Deus falou comigo através de sua boca. Lembrei-me de quando o Davi chorou muito, por ter encostado em um pouco de lodo, na beira do igarapé; pois ele tinha muito nojo de lodo e argila. Na igreja eu ia para o “pavilhão” e lá contava história dos grandes heróis da Bíblia. O Ciro gostava muito de Daniel; e sempre questionava o por que dos leões não sentirem vontade de comê-lo. Depois disso nossas vidas se separaram. Eu cresci desordenadamente, me envolvi com muita coisa ruim, meu pai não agüentando mais, enviou-me para o RJ. Aí eu tive um encontro genuíno com Jesus, passei a ter uma nova visão do mundo e vi o quanto eu estava errado sobre muitas coisas. Aprendi a amar meu pai. O Heraldão foi um grande amigo e conselheiro. Depois de alguns anos voltei para Manaus, onde vivo hoje com minha esposa e uma filha linda. Sabe pastor, tudo isso que eu escrevi foi só pra lhe dar uma boa notícia. Quando eu tinha 8 anos, certa vez, após um culto de domingo, você chegou com minha mãe e disse: "Um dia esse garoto vai levar muita gente a Cristo". Pois bem, há dois anos eu canto em uma banda de Rock pesado, somos convidados pra tocar nos lugares mais loucos, inclusive convenção de grupos de motoqueiros, e sempre que terminamos, pessoas me procuram; e oram e entregam suas vidas a Cristo. No último dia 1 de agosto dois rapazes me entregaram algumas drogas e quiseram mudar de vida. Acho que hoje o senhor não me reconheceria: estou bem gordo, cheio de tatuagens (acredite, bíblicas). Na verdade gostaria mesmo era de lhe agradecer. Saiba que quando toco por aí, e prego, na verdade apenas repito aquilo que ouvia na minha infância, quando o senhor pregava, e Deus fazia a obra. Agradeço muito a Deus por sua vida, por você ser quem você é! Sei que Deus ainda tem muitas coisas pra fazer através de sua vida. Fica na paz pastor, e manda um beijão pros meninos aí. Em breve (se Deus quiser) estarei tocando por aí; daí esperarei por vocês! AH! fala pro Davi e pro Ciro darem uma olhada no meu site, www.bandah9.cjb.net Tchau. ************************** Marcinho, meu querido: Que bom ver que o que é bom sempre acaba fazendo bem, sempre do jeito que Deus diz que será bom. Mês passado, em Manaus, dei um beijinho na suas irmãs. O Heraldão é pastor em sampa, na Igreja batista de Diadema—sempre um “filho amado”, não muda nunca, graças a Deus! O “meninos”—hoje homens, adultos e independentes—, estão ótimos. Davi é pai. Significa dizer que sou avô de uma loirinha linda, esperta, cheia de graça, provocante e que me fascina! São meus melhores amigos. Darei seu recado a eles. Me dê sempre notícias. Um beijão muito carinhoso. Nele, que nos leva em nosso caminho no Caminho Dele, Caio