Português | English

Cartas

NOTÍCIAS MATO-GROSSENSES...

NOTÍCIAS MATO-GROSSENSES...

-----Original Message----- From: Jesuino [mailto:jesuino23@terra.com.br] Sent: terça-feira, 28 de outubro de 2003 17:13 To: Jesuino - Cuiabá Subject: ...Notícias Mato-grossenses... Ola meus amigos, Estive viajando neste último final de semana (24-26/10) para um evento em Rio Claro/SP com toda a liderança das igrejas Vineyard no Brasil. Chegamos ontem, dia 27/10 em Cuiabá às 13:00h e gostaria de poder compartilhar com vcs algo que aconteceu comigo na volta do Intervinhas/2003. O ônibus em que estava voltando pra Cuiabá foi abordado por três assaltantes pouco antes de chegar na cidade de Jataí/GO. Todos os assaltantes estavam extremamente armados e nervosos, pois no ônibus havia cerca de cinco crianças que quando viram o que ocorria começaram a chorar. Fomos levados para uma estrada de terra, cerca de 20 KM da estrada principal, aparentemente preparada para o assalto pois ficava no meio de um matagal muito alto. Ficamos a mercê dos assaltantes por mais ou menos 4 horas, todos fomos revistados e perdemos todo o dinheiro/bens que estavam conosco. Nossa bagagem foi quase totalmente levada (eu fiquei com a roupa do corpo e algumas peças de roupas na mala). Mas o pior foi mesmo a ameaça verbal e o terrorismo que os assaltantes faziam, principalmente com as mulheres. Em Rio Claro foi ensinado uma música nova, composta pela galera da igreja de lá... nunca imaginei o quanto ela seria importante para mim. Na hora que foi anunciado o assalto, imediatamente me lembrei de um trecho que diz: "Seu amor me alcança; Sua mão cuida de mim" e com a melodia/letra na mente pude realmente ter uma atitude calma (apesar das armas na cabeça) e até tentar ajudar algumas pessoas que ficavam apavoradas. Além de sair do ônibus para encontrar alguns pertences jogados no matagal pelos bandidos (entre eles minha Bíblia). Quero realmente agradecer a Deus por ter nos ajudado à atravessar essa experiência ruim de maneira ilesa. Pensei tanto no quanto amo minha esposa e em tudo que tenho aprendido e vivido com Deus nestes últimos tempos. Pensei no quanto tentei que a Gisele fosse ao evento comigo e quão grato estava por ela não ter conseguido ir. Apesar de tudo isso que aconteceu, estou ainda mais animado para poder cumprir e participar daquilo que o Pai está fazendo em minha terra e em minha vida. Tenho esperança e oro para os assaltantes quando forem folhear o livro e/ou ouvir os cds que estavam na minha mala que eles possam se converter e entender o amor do Pai por eles. Já ouvi testemunhos assim... quem sabe Deus não faça novamente. Obrigado a todos Paz! Jesuino