Português | English

Cartas

MULHERES AMADAS PELA MORTE!

MULHERES AMADAS PELA MORTE!

 

 

 

 

 

 

 

----- Original Message -----

From: MULHERES AMADAS PELA MORTE!

To: contato@caiofabio.com

Sent: Sunday, December 09, 2007 23:08

Subject: I Got Flowers Today... Stop domestic violence - By Paulette Kelly

 

Caio,


Paz e bem...

Traduzi essa poesia porque achei muito forte...

 

Será que poderia publicar no seu site?

Carinhos mil!

AC

____________________________________


I Got Flowers Today... (By Paulette Kelly)
Hoje Eu Recebi Flores...


I got flowers today.
Hoje eu recebi flores.
It wasn't my birthday or any other special day.
Não era o meu aniversário ou algum dia especial
We had our first argument last night,
Na noite passada tivemos a nossa primeira discussão.
And he said a lot of cruel things that really hurt me.
E ele disse coisas cruéis que realmente me magoaram.
I know he is sorry and didn't mean the things he said.
Eu sei que ele se arrependeu e que não queria dizer isso.
Because he sent me flowers today.
Porque ele me mandou flores hoje.

I got flowers today.
Hoje eu recebi flores.
It wasn't our anniversary or any other special day.
Não era nosso aniversário de casamento ou algum dia especial.
Last night, he threw me into a wall and started to choke me.
Na noite passada, ele me jogou na parede e começou a me sufocar.
It seemed like a nightmare.
Tudo parecia um pesadelo.
I couldn't believe it was real.
Eu não podia acreditar que aquilo era real.
I woke up this morning sore and bruised all over.
Eu acordei esta manhã com dores e toda arranhada.
I know he must be sorry.
Eu sei que ele deve estar arrependido.
Because he sent me flowers today.
Porque ele me mandou flores hoje.

I got flowers today,
Hoje eu recebi flores,
And it wasn't Mother's Day or any other special day.
Não era o dia das mães ou algum dia especial.
Last night, he beat me up again.
Na noite passada ele me bateu de novo.
And it was much worse than all the other times.
E foi muito pior do que todas as outras vezes.
If I leave him, what will I do?
Se eu o deixar, o que farei?
How will I take care of my kids?
Como eu posso cuidar dos meus filhos?
What about money?
Como vou ter dinheiro?
I'm afraid of him and scared to leave.
Tenho medo dele e receio de deixá-lo.
But I know he must be sorry.
Mas eu sei que ele deve estar arrependido.
Because he sent me flowers today.
Porque ele me mandou flores hoje.

I got flowers today.
Hoje eu recebi flores.
Today was a very special day.
Hoje foi um dia muito especial.
It was the day of my funeral.
Foi o dia do meu funeral.
Last night, he finally killed me.
Na noite passada ele finalmente matou-me.
He beat me to death.
Ele me bateu até eu morrer.
If only I had gathered enough courage
Se eu ao menos tivesse tido a coragem suficiente
and strength to leave him,
e a força para deixá-lo.
I would not have gotten flowers... today.
Eu não teria recebido flores… hoje.

Copyright 1992 Paulette Kelly
All Rights Reserved

Tradução: AC Barro

Ps.
Se você tem sido abusada física ou verbalmente, seja em casa ou em qualquer lugar, procure a Delegacia da Mulher em sua cidade ou relate ao seu pastor ou padre.

____________________________________

 

Mano AC, meu amigo na verdade,

 

 

 

É a seqüência de execução consentida e assistida e que acontece todos os dias a milhões de mulheres em todo mundo; e, em nosso país, em quantidade impensável.

 

As mulheres ficam numa relação de morte em razão do que foi dito acima [no caso de mulheres casadas], mas também, mesmo solteiras, em razão de dependência afetiva relacionada à carência da própria mulher, que se dá tanto em esperança fantasiosa a um homem, que, após “descobri-lo”, de tudo faz para não ter que admitir que tudo aquilo não era verdade antes, quando o homem a seduziu e a encantou.

 

Morre-se também muito por essa razão: ficar na relação até se viciar ao rito “de ganhar flores” todos os dias. Até o dia em que as flores são as da “coroa de flores” posta sobre o caixão; seja sobre o caixão físico; seja sobre o caixão psicológico de seres que ficaram viciados na mordida do vampiro e aceitam viver em estado de morte.

 

Obrigado pela poesia!

 

Você é muito amado!

 

Beijão em você e na Pri; e no “irmão dom de Deus” que você tem, o qual o ama como poucos irmãos amam.

 

 

Nele, nosso Bem,

 

 

 

Caio

 

09/12/07

Lago Norte

Brasília

DF