Português | English

Cartas

Minha visão de sua vida e Alguns de seus provérbios

Minha visão de sua vida e Alguns de seus provérbios

-----Original Message----- From: Alexsandro Gomes do Nascimento Sent: terça-feira, 9 de setembro de 2003 To: contato@caiofabio.com Subject: Contato do Site *************************************************** Mensagem: Meu amigo Caio, Há muito tenho um desejo e vi, neste site, a possibilidade de realizá-lo. É uma vontade divinamente "tresloucada" de reunir em algum lugar (aqui não seria um bom lugar?) o que vou chamar de "Provérbios de Caio Fábio". -------------------------------------------------------------------- Antes, uma palavra de estímulo e esclarecimento. Não quero reverenciar um profeta depois de morto. Muitos amam a sabedoria de Salomão porque ele não está mais vivo para incomodar-nos com a sua humanidade... Por isso, homenagear Caio Fábio é, ao mesmo tempo, um exercício contra a nossa tendência de cultuar profetas só depois de mortos. Outro dia eu disse, dqndo aula na igreja onde congrego, que daqui a alguns anos Caio Fábio vai virar (preferencialmente depois de sua morte...) referência bibliográfica obrigatória de seminários teológicos. Mas eu não quero esperar isso acontecer, porque esperar tal coisa é típico de fariseu que gosta de edificar os sepulcros dos profetas, adornar o túmulo dos justos, e dizer: " Se tivéssemos vivido nos dias de nossos pais, não teríamos sido seus cúmplices no sangue dos profetas." (cf. Mt 23: 29 - 35 a denúncia de Jesus contra tal prática). Quero ser como os servos dos profetas (Baruque, Josué, Eliseu, etc.) que cuidaram dos feitos dos profetas exatamente no momento em que eles eram difamados, caluniados, sofrendo calamidades, esquecidos (pelo menos pelo poder vigente). Caio tem isso em comum com os profetas. Está famoso na Internet, mas esquecido pelos pastores e/ou grandes organizações evangélicas. Fizeram o mesmo com C.H. Spurgeon. A igreja o abandonou por ele ter se levantado contra as imbecilidades de um movimento que à época assemelhava-se ao neopentecostalismo de hoje (eu sou de uma igreja neopentecostal...). Fizeram isso contra um homem que, como Caio, pregava mais de 500 vezes por ano e é até hoje conhecido como "O Príncipe dos Pregadores". O que poucos sabem é que o "príncipe" morreu sozinho, mas fiel. Quem quiser entender toda essa história leia o livro: "Com Vergonha do Evangelho" de John McHarthur Jr, editora Fiel, onde o autor mostra, comprovando com documentos, o que a igreja fez com o "Príncipe dos Pregadores". Quem é honesto e tem lido o que Caio Fábio escreve neste site, reconhece que as calamidades que ele sofreu, e que se tornaram públicas a partir de 1998, faziam parte do "mistério da vontade de Deus" (Ef 1: 9). Isso significa que, mesmo que ele não tivesse caído "naquele" pecado, a sua fama sofreria um arranhão do diabo para provar que Caio era fiel na fama e na infâmia; porque, tirando "aquele" pecado, a igreja já vinha brigando com o "Reverendo" e iria tentar calá-lo de qualquer jeito (leiam a história de Spurgeon!!!). Apenas acharam a desculpa perfeita -- que irá gerar culpas amargas em quem persistir nela -- para "derrubá-lo". Eu escrevo estas coisas com a maior liberdade, pois não conheço pessoalmente o Caio Fábio, não sou pastor, nem teólogo; sou apenas um líder de adolescentes lá na minha igreja. Apesar disso o Senhor já vinha me falando de Caio desde 1997, e sei o quanto ele é "homem mui amado" do Pai! Em momento oprtuno darei detalhes do que sei "Nele". E de uma coisa tenho certeza: um avivamento virá; não sei se Caio estará famoso entre as "estrelas" evangélicas. Mas de uma coisa não tenho dúvida: ele será o mentor desse grande mover que está por vir. Isto é, alguns de seus leitores assíduos darão continuidade ao que ele começou no Espírito, assim como Salomão continuou o trabalho de Davi. Os filhos espirituais de Caio Fábio abrirão as suas bocas e ai dos que tentarem calá-los!!! Quem viver verá. Tomara que Caio veja! Outro dia, intrometido numa conversa de pastores aqui em BH, descobri que eles estão tentando “encontrar alguém para ocupar a vaga de Caio Fábio” (rs rs rs) no meio evangélico! Tem gente querendo que será o Rev. Jeremias...; outros acham que poderia ser o Silas Malafaia (imagina...). Ao ouvir tais baboseiras, eu gargalhei por dentro. Eles acham que o que Caio tinha era algo fabricado por homens! Eles não sabem de coisas que eu sei: 1. Caio não perdeu vaga nenhuma; 2. Quem há de liderar o tal avivamento que virá e que nem está agora entre eles; 3. Que sairá de um lugar que ninguém espera... Quem viver verá! 4. Quem quiser ser algum grande líder no futuro, que leia e acompanhe a vida e a obra de Caio Fábio. Se isso tudo é imbecilidade minha, que o tempo mostre. Mas sei que certas personalidades foram fabricadas por Deus, e que não sofrem da doença do personalismo, pois sabem que tudo vem da Graça. Assim como os profetas e João Batista foram os precursores da 1ª vinda do Messias, Caio e muitos outros serão os precursores da 2ª Vinda! A sabedoria de Caio, assim como a de Salomão, procede do Eterno. Salomão foi o maior de todos os sábios;não o único. Poderíamos dizer assim em nossos tempos: "Deu também Deus a Caio Fábio sabedoria, grandíssimo entendimento e larga inteligência como a areia que está na praia do mar." (I Rs 4: 29). Isso não é idolatria. É uma verdade, e, para mim, uma homenagem. Não é culto a nenhuma perfeição humana, mas gratidão pela Graça derramada. Portanto, agradeçamos a Deus por todos aqueles que não nos deixam perder nossas verdadeiras referências do Evangelho (I Co 11: 1). -------------------------------------------------------------------- Caio, fique à vontade para editar o que vem abaixo. Afinal as idéias são suas. Vamos aos... -------------------------------------------------------------------- PROVÉRBIOS DE CAIO FÁBIO (1) extraídos de: FÁBIO, Caio. "Incesto -- que fazer para evitá-lo". São Paulo: Vida, 1991. 1. Jesus deu a sua vida em favor de gente ambígua como eu e você. Gente estranha. Gente que gostaria de fazer as coisas diferentes, mas não sabe como. Gente que é ao mesmo tempo vítima e réu; executado e executor; herói e bandido; boa e perversa. Gente que tem na face a imagem de Deus mas faz as caretas do diabo. (p. 54) 2. Jesus morreu por aqueles que odeiam o incesto, e também por aqueles que o praticam e ao mesmo tempo gostam desgraçadamente do que fazem. Gente que tem raiva daquele parente que o procura para o incesto, mas que vai ficar com raiva se tal pessoa parar de procurá-la. (p. 54) 3. Jesus morreu por gente como eu e você: gente que não tem vergonha de pecar na hora em que a chance aparece, mas que morre de vergonha após ter satisfeito o desejo maligno. (p. 54) PROVÉRBIOS DE CAIO FÁBIO (2) extraído de: "A grande descoberta de Habacuque". Revista Raio de Luz, s/d. (p. 9) 1. Esta é a diferença essencial entre o ateu revoltado e o crente apaixonado. O ateu declara o seu ódio a Deus pela negação que o faz excluir-se de Deus. Já o crente apaixonado se queixa de Deus a Deus. 2. Deus não existe para o ser humano. É o ser humano que existe para Deus. E, sendo assim, Deus reserva para si o direito de ser Deus, cabendo a nós o direito de crer nele. 3. Habacuque nos ensina que a nossa fé em Deus é fé para nada, é apenas fé para viver. Não é fé para conseguir. É fé para ser. 4. Sirva a Deus por nada e descubra que isso é tudo! PROVÉRBIOS DE CAIO FÁBIO (3) extraídos de: "Avivamento pessoal e suas implicações na sociedade". Revista Raio de Luz. Out-dez/1992 (p. 12) 1. As mais fortes tensões no avivamento são estas: a forma versus o conteúdo, o velho versus o novo e o institucional versus o orgânico. -------------------------------------------------------------------- Caio, No decorrer dos dias, de acordo com a minha disponibilidade, trarei aqui mais outros muitos provérbios seus, feitos Nele. Alexsandro. ************************************************************ -----Original Message----- From: Alexsandro Sent: quinta-feira, 17 de julho de 2003 20:50 To: contato@caiofabio.com Subject: A obra não acabou Mensagem: Olá, Reverendo! Seu trabalho não acabou; sempre soube disso. Por isso, mesmo nos seus tempos de infâmia, eu me encarreguei de (e faço isso até hoje) divulgar os seus livros - aqueles escritos para pastores - aos meus alunos adolescentes que têm uma média de 16 anos de idade e são mais de 20... Fiz isso, ainda que a duras penas e sendo proibido de fazê-lo por alguns pastores. Mas optei pela "santa rebelião". Seus livros representam um ato "subversivo" que está formando líderes de um grande avivamento que virá. Aqui para nós, os adolescentes que estão lendo seus livros estão matando os anciãos da nossa igreja de vergonha, no que diz respeito ao conhecimento e sabedoria do Espírito que está em você e em que te lê. Chega de "papo", mas só mais uma pergunta: o seu livro "Sem Barganha..." já está publicado? Um abraço Alexsandro. ********************************************* Meu queridão: Paz! Ainda não foi publicado, mas está pronto. Estou apenas esperando a “hora”. É uma “pedrada”. Tenho consciência do que escrevi ali. Deu pra alguns amigos lerem. Todos concordam com tudo, mas dizem que não teriam coragem de assumir. Esse não é o meu problema. Está tudo na Palavra. Um beijão, Caio