Português | English

Cartas

Minha Mulher Não Quer Transar Comigo!

Minha Mulher Não Quer Transar Comigo!

-----Original Message----- From: Adriano Sent: quinta-feira, 31 de julho de 2003 To: contato@caiofabio.com Subject: Minha mulher não quer transar comigo! Mensagem: Olá Rev.Caio ! É um prazer, e ao mesmo tempo uma grande benção poder ter alguém como o senhor para ajudar-me a achar uma solução para meu dilema. Tenho 32 anos, sou casado há 10 anos, e nasci em um lar cristão. Já faz alguns anos que tenho tido grandes problemas na área sexual. Não tenho em meu matrimônio uma vida sexual ativa, pois, minha esposa não tem desejo por mim. Já conversamos muito sobre o assunto, mas, não há um melhora. Parece que ela não gosta mesmo! Isso acarretou outros problemas...em meu íntimo! Tenho buscado minha satisfação sexual de todas as formas possíveis nestes anos, e todas, com certeza desprezíveis aos olhos de Deus. Eu era seminarista de minha igreja, estava no último ano do curso teológico e larguei tudo, pois não conseguia mais ministrar a Palavra de Deus, estando neste comportamento tão promíscuo. Rev. Caio, já não tenho mais comunhão com o Pai e nem paz para buscar Sua presença. Não posso continuar assim... Não vim buscar em suas palavras um milagre, mais sim, uma luz no fim do túnel para me orientar em qual direção devo caminhar, pois, o túnel está escuro e não sei para que lado é a saída! Que a Graça e Paz de Nosso Pai esteja contigo. *************************** Resposta: Meu querido Adriano: Paz! Meu irmão, não se tem que complicar o que Deus simplificou. Neste caso, a saída é a entrada! Os homens são mestres na arte de tornar complexo o que é simples, e também são especialista em tornar superficial o que é profundo. Se não, meu amigo, veja: 1. Homem e mulher os criou...para que se tornassem uma só carne. 2. O corpo da mulher pertence ao marido e do marido pertence a sua mulher. 3. A única clausula bíblica para uma “paradinha” na atividade sexual, se estabelece sob os termos do mais absoluto acordo. 4. Traduzindo Paulo para um português bem claro, o que ele disse é seguinte: Meus irmãos, não parem suas relações sexuais. Se alguém desejar dar uma parada, que seja somente com o consentimento do cônjuge, e isso apenas por pouco tempo, e deve haver acordo total, e a única razão para essa pausa deve ser a busca de um tempo dedicado à oração. Do contrário, vocês estarão abrindo espaço para que se aflorem os desejos naturais do próprio corpo-de-ser de cada um. E quando essa fragilidade se estabelece, a carência sexual cresce; e o diabo sempre vem e nos tenta. Portanto, não parem de se relacionar sexualmente, com toda liberdade. 5. Paulo diz que quem casa está sadiamente dividido. Agora não se pode mais fazer somente aquilo que se quer. Os dois, fazem um. É como estar na pele daquelas irmãs gêmeas que tinham um só corpo e duas cabeças: duas personalidades, duas vidas, porém, um só corpo. 6. Nem Deus quer consagração que não leve isto em consideração. Basta ler I aos Coríntios 7—todo o capítulo—, e você verá que não tem assunto: é isto, e pronto! 7. Ora, isto não é apenas o que a Bíblia diz. A Bíblia fala aqui o que a realidade mostra. Todos nós somos animais, ao mesmo tempo em que também somos seres para além do bicho: homens! Mas há um bicho em cada um. Há instinto, desejo, necessidade, produções de natureza físico-hormonal, e também de natureza psicológica. O leopardo não tem crise de baixa-estima se for rejeitado pela leoparda; os humanos, se sentem um droga quando o são! 8. Então, além da necessidade do corpo, há também a carência da alma, do ser psicológico, que se alimenta de carinho, de toque, de afago, de prazer e da alegria de proporcionar prazer também ao outro. 9. A lei brasileira faculta o direito até mesmo de anulação de casamento quando, num determinado prazo um dos cônjuges negá-se a transar. Faz parte! 10. Ninguém casa para fazer tricô e fazer compras harmoniosas no supermercado. Nem tampouco, apenas para se ter bons papos. 11. Pode até ser. Aliás, tudo pode ser...mas, tem que haver comum acordo. Se um casal não gosta de sexo e não gosta porque não gosta da coisa mesmo—ou seja: não sendo apenas porque um não gosta do outro, mas porque ambos não sentem falta de sexo hora nenhuma—,então, ninguém tem Nada a ver com isso. 12. Nenhum pastor tem que forçar “normalidade”. Há pessoas que estão juntas porque gostam de estar juntas e do jeito que estão. Todavia, todos sabemos que atividade sexual, num casal jovem e sadio, estabelece parte da saúde humana. 13. Portanto, se um dos cônjuges não gosta do barato, então, que libere o outro. 14. O que não pode é ficar assim como você está: não tem o que é seu; e se sente uma...droga por buscar onde não deveria. Assim, meu irmão, é covardia! 15. Sugiro que você chame sua esposa para conversar mais uma vez e abra o jogo. Sugira um tratamento psico-terapeutico. 16. Se ela descobrir que não gosta da coisa como um todo, que o diga—se é que ela já não sabe se gosta ou não! 17. Se não gosta com você, que seja honesta e diga. 18. Se não pode atendê-lo, então, que o libere. 19. Mas o que não pode haver é essa culpa do cara que tá morrendo de fome, e não come, porque quem tem a comida não dá pra ele. Então, no desespero da fome, ele come uma comidinha fora de casa, e fica neurótico de culpa pelo fato de ser um homem NORMAL. Aí não dá! 20. A complicação da religião faz isso: une dois que não se gostam, proíbe a ambos de se separarem por razões dignas, e, assim, empurra todo mundo para se separar por razões indignas. Vá entender! 21. De minha parte, sem medo, digo a você o seguinte: se ela não gosta de você como homem, então, que vocês se separem. 22. Tem muito pé sem meia por aí, e, com certeza, tem gente boa de Deus para quem você é o tamanho perfeito. 23. O que passar disso é papo furado e enganoso de quem não tem o problema, e, portanto, trata os que têm como se fossem uns desgraçados em razão de não terem sido felizes; ou, então, é conversa de quem não tem nada, tá com fome, vive infeliz, mas não quer ninguém mais o seja feliz, simplesmente porque ele mesmo não tem coragem de assumir que a desgraça é dele. E, então, decide socializar sua infelicidade com todos os homens: vira pastor infeliz e legalista. 24. O resto meu irmão, é não associar sua desgraça à sem-vergonhice. Tem muita gente boa pisando fora do bom caminho em razão de viver assim: com fome, com vontade de comer, mas a governanta é vegetariana e só oferece aquilo que a alma não chama de prazer. 25. A alma também se farta de carne, de banha e de gordura, e, faz isto, por todos os meios. É sadio que seja assim. Segundo Paulo, o que for além disso, é um convite ao diabo para fazer parte da “união”. Que Deus o abençoe e lhe dê sabedoria, amor, prudência, graça e muito carinho e respeito na condução desse processo. Mas o que não tem remédio, remediado está! A fé remove montanhas, mas não cria desejos entre homem e mulher. Disso todo teólogo sabe, muitos só não têm é coragem de dizer. Em Cristo, Caio