Português | English

Cartas

MINHA MULHER FOI EMBORA, E EU QUERO MORRER

MINHA MULHER FOI EMBORA, E EU QUERO MORRER

-----Original Message----- From: MINHA MULHER FOI EMBORA, E EU QUERO MORRER To: contato@caiofabio.com Subject: JÁ TERIA ATÉ TIRADO A MINHA VIDA Mensagem: Pastor Caio, Estou vivendo um momento terrível na minha vida…minha mulher simplesmente me deixou...parece que uma grande ruína desabou sobre mim. Não sei mais o que fazer...toda vez que ligo para ela, ela me atende com uma indiferença...até parece que nunca fomos nada... Já tentei saber o porque isso aconteceu...ela não diz nada...simplesmente diz que nos não demos certo. Já tentei de tudo...estou em desespero...estou perdendo até a crença nas coisa e nos valores que sempre acreditei...nem creio que Jesus intervém nada nas nossa vidas...estou com vontade de morrer...só não tirei minha vida, porque ainda acredito em céu e inferno, pois se tivesse a certeza de que não pagaria...tirá-la-ia...sim, já teria me suicidado. Não sei o que fazer. Me perdoe por estar tomando o seu tempo...nem estou pedindo compaixão...mas tinha de falar isso para alguém e só encontrei na sua pessoa alguém em quem posso confiar. Um abraço, ************************************ Resposta: Meu querido amigo: Perdão! Perdão por só hoje haver chagado à sua carta. Essa é minha angustia aqui. Há milhares de cartas, eu sou um só para responder, e, muitas vezes, chego à uma carta de desespero...e constato que provavelmente esteja escrevendo muito fora da hora. Perdão! Há quatro coisas que desejo dizer a você, com simplicidade e verdade: 1. Ela, possivelmente, já tenha o coração em outro lugar. Pessoas não saem de casamentos que não são hostis simplesmente assim...do nada. Pode ser que nada tenha acontecido objetivamente entre ela e outra pessoas, mas pode ser que ela tenha verificado a vulnerabilidade dela para a possibilidade de gostar de outras pessoas e, antes que acontecesse, preferiu ficar livre...solteira. Se esse foi o caso, mesmo sendo dolorido para você, ela fez a coisa certa...por pior que seja agora. Afinal, pior do que isso seria se ela já saísse de casa por ter outra pessoa, sem que você soubesse. 2. Jesus não interfere em corações que não querem interferência. Também não faz surgir amor erótico, amor homem-mulher, onde nunca houve isso, ou onde uma das partes não deseja. É mais fácil ver um câncer curado do que um coração passar a amar e desejar a quem já não ama, ou nunca amou. Ao contrário, o realismo bíblico é chocante: “...andarão dois juntos se não houver acordo entre eles?”...Ou ainda: “...como sabes o marido se converterás a tua mulher?”—todas essas, entre tantas outras, são afirmações bíblicas sobre o caminho humano, e dentre todos, nenhum é mais significativo e misterioso do que o caminho de um homem com uma mulher. 3. Ela deve estar tentando ser indiferente a fim de se proteger. De fato, ela não quer dar nenhuma esperança a você, e teme que sendo “amiga” você confunda as coisas. Daí a frieza. Além disso, pode ser que ela não deseje se sentir hipócrita, especialmente se for o caso dela já estar gostando de alguém. 4. O que você tem que fazer agora é o seguinte: 4.1. Seja objetivo no trato com ela. O desespero não vai ajudar. Você não vai querer que ela fique com você sem querer você. Por isso, deixe-a ir...se ela desejar voltar, e você a quiser ainda...então será outra história. Mas deixe-a ir até como estratégia de esperança em relação a volta dela. Se ela voltar, será apenas porque foi, não porque não foi. Se ela voltar sem ter de fato voltado, será um inferno para vocês dois. 4.2. Concentre-se nos filhos e nas coisas que facilitem a continuidade do vínculo familiar. Ou seja: não radicalize...deixe a porta aberta para o diálogo. 4.3. Não ore pedindo a Deus que ela volte, mas sim que ela seja feliz. 4.4. Peça a Jesus não para invadi-la com amor por você, mas sim para que Ele lhe dê paz. E o único caminho para a paz é a confiança. Confiança de que se ela for e não voltar, terá sido o melhor para você...e para ela também. 4.5. Esse choque que você está tendo é mais que normal. Qualquer um ficaria assim. Portanto, saiba que este mesmo sofrimento se cumpre agora mesmo em milhares, em milhões de outros irmãos espalhados pela Terra. 4.6. Dê uma chance à esperança,mas não se case com ela. Quando a gente sabe que o outro ama a gente, pode-se esperar até para sempre...se esse for o desejo. Mas quando não ama, então, é virar a página e escrever uma outra história para você mesmo. E Deus será o co-autor. Telefonei para o número que você deu no site quando percebi sua angustia e o meu atraso em relação à sua carta. Mas ninguém atendeu. Espero que esteja tudo bem. Estou orando por você. Tudo ficará bem. Espere, creia e veja. Um beijão pra você. Nele, que nos dá paz para passar pela tribulação, Caio