Português | English

Cartas

MINHA ESPOSA VAI PERDER A HERANÇA...

MINHA ESPOSA VAI PERDER A HERANÇA...

 

----- Original Message -----

From: MINHA ESPOSA VAI PERDER A HERANÇA...

To: contato@caiofabio.com

Sent: Thursday, May 14, 2009 10:57 PM

Subject: Urgente, urgentíssimo - Minha esposa perderá o pai se disser não.

 

Querido Caio,

 

Estou lhe escrevendo em nome de minha esposa, que está meio abalada e não pode escrever.

O pai dela (vou evitar falar o nome)  é inimigo mortal da família da mãe dela (já falecida), mas ela (minha esposa) não tem nada contra eles. Mas hoje o pai dela disse que ela terá até domingo dia 18/05 para  decidir de que lado irá ficar.

Ele alega que ela tem que respeitá-lo como pai e, portanto, não trai-lo, sendo amiga dos seus inimigos.

Ele disse que se ela não ficar do lado dele, ela será considerada inimiga dele e não a considerará mais sua filha; e que ela irá perder o pai e que também proibirá as irmãs de se comunicarem com ela, e que também perderá a herança.

Não queremos tomar a decisão errada, por favor, nos ajude

__________________________________________

Resposta:

 

Mano amado: Graça e Paz!

 

 

Se meu pai, a quem amei mais do que a qualquer outro homem, e admirei mais do que todos os que conheci, me dissesse — ele jamais faria isso — que eu teria que romper com a família da minha mãe em razão de qualquer coisa dele, de qualquer ódio dele, de qualquer desconforto, ou fosse o que fosse...; creia: eu não ficaria seqüestrado por ele; muito menos ainda se ele ameaçasse de me deserdar por causa disso; pois, aprendi com ele, meu pai, que um homem nunca deve fazer nada em razão das imposições e dos caprichos de ninguém; nem de pai, nem de mãe, nem de marido, nem de mulher, nem de filhos...

A gente faz o que é justo... A gente não anda sob a ditadura dos caprichos... A gente tem que poder dizer: “A minha vida ninguém a tira de mim, pelo contrário, eu espontaneamente a dou...”

O seu sogro é doente. Doente de ódio. É prepotente... É tirano... Tem alma de carrasco... É um Nabal...

De tais pessoas Jesus disse que era para não resisti-las quando elas cobrem de nós o que é nosso: capa, túnica, caminhada distante: milhas...

Mas quando desejarem nos obrigar a qualquer coisa que não seja algo que tenha a ver com o que temos e podemos dar; ao contrário, quando tem a ver com gente; e quando a demanda é odiar, é se aliar à raiva, é se acumpliciar ao mal e ao ódio — todo filha sábio não atenderá a tal pai; e se ele desejar morrer fazendo da filha sua inimiga por ela não odiar a quem ele acha que seja um dever familiar odiar [a carne e o sangue da mãe dos filhos], então, sinceramente, é para não negociar NADA COM ELE; é para deixá-lo sozinho na sua raiva e fazer como Abigail fez com Davi: levar o farnel do amor para quem precisa; e não se importar com as ameaças dele; pois, quem dá herança e tira herança, é o Senhor.

E mais:

Se as irmãs são do tipo que o obedeceriam, então, creia: mais uma razão para não prestar obediência à loucura dele; pois, se as irmãs dela forem também desse tipo, que cumpre ordens do mal, então, não vale a pena tê-las como irmãs.  

O mandamento é para amar o inimigo...

O único modo de mar a esse pai/inimigo da vida é não cedendo aos caprichos mortais dele...

Este tipo de prova de amor quem pede é o diabo...

Vocês têm que deixar que ele lide com o ódio dele sozinho; e Deus permita que enquanto isto ele não morra cheio de ódio...; pois, o ódio é o inferno.

Lembram de Jonatas?

O pai dele, o Rei Saul, odiava Davi. Mas Jonatas nunca deixou de amar e de ser amigo de Davi até o fim da vida. Serviu o pai, mas não fez o que o pai mandava em relação a Davi. Jamais cedeu...

Enquanto isto..., é fazer o que Jesus mandou... Orar pelo perverso... No caso: orar pelo pai dela.

Esta é a minha opinião.

Assim eu faria e fiz a vida toda, pois, já tentaram me fazer inimigo de pessoas em nome da fidelidade a amizades... Nunca cedi.

Como diz minha mulher: “Seqüestrador morre seco!...”

E mais: ela tem que fazer isto com convicção de fé e consciência em Deus. Além disso, ela deve fazer isso sem culpa e sem medo de nada.

É grande a ousadia de fé que nasce de decisões desse tipo!

É no forjamento da consciência nesse nível de decisão de caráter e fé que surge um ser humano denso e forte!

Recebam o meu carinho e minha orações!

 

Nele, que nunca se associou aos que tinham demandas de ódio,

 

Caio

15 de maio de 2009

Lago Norte

Brasília

DF