Português | English

Cartas

MEUS QUERIDOS DO ENCONTRO NÃO VIRTUAL DE SAMPA

MEUS QUERIDOS DO ENCONTRO NÃO VIRTUAL DE SAMPA

Meus queridos de ontem em São Paulo: Graças e Paz para vocês! Vocês não sabem o prazer que tive de poder ter estado com você; e de juntos termos podido ter comunhão no coração, na alma e no espírito, conforme a Graça que Deus, nosso Pai, abundantemente derramou sobre todos nós no dia de ontem, 13 de dezembro, em São Paulo. Creio que a maioria de nós há muito tempo não se sentia tão livre num ambiente cristão sério, humano, sincero, solene, fraterno, solidário e simples. Senti que tudo fluiu suave e espontâneo. Houve lágrimas e muito riso. Houve testemunho, anedota, desespero, tristeza, brincadeira, intervenções e contribuições; e muito dialogo na pregação, que embora feita por mim, não foi um monólogo. Também amei o modo como vocês se acolheram uns aos outros. Entusiasmei-me com pedaços de conversas que ouvi entre os presentes, e que demonstravam essa alegria fraterna de estarem podendo iniciar contato e relacionamento com outros irmãos. Os amigos de Promissão foram logo descontraindo a participação comunitária. Depois muitos foram participando, às vezes na medida em que também eram solicitados por mim, outras vezes não; e, em momento algum eu senti que fui interrompido no fluxo da mensagem. O que é muito incomum. Pois na maioria das vezes, quando uma assembléia começa a participar muito com ilustrações e intervenções, a mensagem tende a fazer voltas pelas regiões remotas da terra. Lá não aconteceu assim. E eu gostei de sentir esse espírito. Rômulo, Doró, Denise, Aninha, Fernando Merlino, Marileide, Luís Cláudio, Marcelo, Robson, Heraldo, Jonathas, Bento Souto, Sueli, Ana, Vinicius e Alicia, Jesiel e a moçada dele; e muitos irmãos de várias orígens diferentes; também muitos pastores que estavam lá apenas como irmãos; e um monte de gente boa de Deus, que ali esteve no melhor espírito—sim, vocês meus amados amigos, me deram muita alegria no dia de ontem! Foram muitas as solicitações feitas para que tenhamos um Chat aqui no site, bem como que criemos uma irmandade virtual mesmo, na qual as pessoas se tornem membros fraternos, e que possam ter seus nomes divulgados, com seus dados e e-mail, a fim de que possa haver também comunicação entre vocês. Faremos isto o quanto antes, se Deus permitir. Enfim, foi uma maravilha ter encontrado cada um de vocês no dia de ontem. Que Deus abençoe a todos vocês, e que os torne sal fora do saleiro, e também sal no insípido do saleiro. Nele, Caio