Português | English

Cartas

MEU MARIDO É MEU VÍCIO!...

MEU MARIDO É MEU VÍCIO!...

 

From: MEU MARIDO É MEU VÍCIO!...
To: contato@caiofabio.com
Subject: preciso ouvir algumas verdades sobre mim... me ajuda
Date: Sat, 25 Apr 2009 15:25:23 -0300

Vou escreve algumas coisas e por favor me ajude a enxergar um norte...
Estou me sentindo vitima e isso é muito ruim, pois preciso assumir minha responsabilidade frente à situação, mas não consigo na realidade ver isso - é fácil eu escrever... mas na prática continuo lambendo feridas...
Estou casada há mais de 17 anos; amo meu marido de amor, paixão, tesão, de admiração... Nossa vida foi animada; ele é descontraído e muito alegre e rimos, como rimos juntos...com os filhos melhor ainda...
Desde o começo do casamento ele se masturbava frequentemente, não sei te dizer com qual freqüência, mas acredito que pelo menos uma vez ao dia... Ele sempre foi muito frustrado quanto a essa questão, pois, dizia que era mais forte que ele, um vicio mesmo...

Seis anos depois descobri por um ato falho dele mesmo que havia se inscrito num site de relacionamento; eu justamente abri a foto da moça que nem sei se chegou a se comunicar ou não.

Choramos juntos o ocorrido e continuamos...o fantasma sempre rondando... Anos depois aos prantos me confessou sua traição - disse ter pagado garotas de programa.

Te escrevi na época e vc me leu direitinho e muito me edificou; superei dentro do possível; ele é muito mais que isto que aconteceu... Mas as visitas a sites pornôs continuaram... Parei de "vigiá-lo"... Vivemos um novo período- nosso sexo passou a ficar cada vez melhor...para mim pelo menos.

Agora seu trabalho exige viagens constantes, mas honestamente resolvi viver minha vida, meu trabalho, meus filhos amigos... E não ficar me corroendo preocupada onde ele esta e fazendo o q. Sabia q com certeza visitava sites pornôs, mas não adiantava eu ficar no pé, achava q talvez com esta prática não buscaria outra forma de me trair. Mas ontem, precisei acessar seu e-mail para buscar uma informação financeira e não resisti dei uma fuçada... Achei o que não queria... uma correspondência rápida com uma moça onde ele dizia:

"Se  vc for tão gostosa qto a tua voz...desculpe a ousadia...tenho uma cx. de bombom para vc, mas um especial que só terá em  minha boca".

Como continuar vivendo, rindo e curtindo com nossos filhos com uma bomba dessas?...

Penso que não posso continuar essa relação, por mais q isso me corroa, sinto q eu o amo, mas desta vez, apesar de toda negativa dele, acho até q ele realmente gostaria de me amar, mas não ama. Acho q ele gosta de toda esta estrutura, família, filhos maravilhosos, são super saudáveis em todos os aspectos, felizes,  quando estamos juntos curtimos mto, não sou do tipo rixosa, chata,  sou leve, não fico criticando, nem a ele nem aos meus filhos, e nem por isso, eles deixam de ser super obedientes, é no papo mesmo...sites pornôs bom até eu dou umas olhadas de vez em quando meio q por vingança... Ele diz SP quer me levar a swing... Nossa! Ele não imagina o que esta falando! ... Sou 100% ele e de mais ninguém. Nunca dei para outro cara, e isso nunca me fez falta.
E agora, sinto q se eu não tomar uma atitude, me separar mesmo, vou viver isto. Eu o amo (lágrimas), mas acho muita falta de amor ficar nessa situação.

Se  eu ouvisse esta história de outra pessoa era o q eu diria, sai fora.

Mas é a minha historia; e financeiramente como será? E para os filhos?... Já nem sei mais da vida dele, se o q fala é verdade ou não...
___________________________________

 

Resposta:

 

 

Minha filha: Graça e Paz!

 

Obviamente ninguém sabe de nada, nada mesmo. Não se sabe se ele pode se converter de fato ou se pode ir empurrando a vida com a barriga, confessando a fraqueza como insuportável, e, por isto mesmo, continuando...; e mais: se insistirá em fazer você gostar do que ele gosta apenas para ter você como parceira de swingada, enquanto ele mantém tudo aquilo pelo que trabalhou: a casa, a rotina, a família, o casamento como entidade conjugal, etc.

Entretanto, creia:

Nenhum homem que ame a sua mulher desejará vê-la em um swing com outros casais apenas para que ele também tenha a liberdade de fazer o mesmo de modo aberto e sem ter que dar explicações.

Não sei o que ele sente por você, mas amor não é!

O fato é que com o tempo essa menina/mulher sadia e apaixonada, por ir ficando cansada e até cínica; e, depois de um tempo, lá estará você rodando pelada na roda louca do swing...

Você disse que às vezes olha os sites pornôs com raiva dele, meio que de vingancinha...

Pois é assim que começa...

Quando uma mulher começa a ficar com raiva do que o homem faz, pode apenas ficar com raiva e deixa-lo, como também pode, pela raiva e pela rejeição, passar a se vingar dele, fazendo a mesma coisa; sempre contra a própria pessoa.

A vida é sua. A decisão também.

Entretanto, digo: tome cuidado para que o que exista em você já não seja a preparação para ficar com ele a qualquer custo; inclusive fazendo as concessões que ele almeja e sonha...

Para ele provavelmente o melhor cenário seja ter a mulher [aberta e disposta a tudo com ele e por ele] e mais tudo o que seu apetite mandar...

É isto que você quer para você?

Creio que ele apenas parara com isto se vier a converter-se, ou se ficar muito doente, ou então, se envelhecer e se aposentar da sacanagem... Do contrário, continuará...

Quanto ao dinheiro para se manter, não sei qual é a situação financeira de vocês. Mas acho que determinadas resoluções são maiores dos que as circunstancias. Entretanto, você é quem tem que decidir.

Apenas oro para que você não decida nada contra a sua pureza e alegria em Deus.

Quanto a pensar que se ele estivesse no ministério nada disso estaria acontecendo, é ilusão sua. Poderia estar até pior, traçando as irmãzinhas... Veja aqui no site como “igreja” não é nada além de um lugar, e como no lugar acontece de tudo...

Assim, não viva em mundos paralelos...

Decida no mundo real até onde você pode ir sem se arrebentar toda.

Cuidado, pois, marido assim pode se tornar também o vício da mulher!

Não posso dizer mais do que já disse.

Agora é com você.

 

Nele, que nunca chamou nenhuma mulher para ficar assistindo as loucuras do homem,

 

Caio

29 de abril de 2009

Copacabana

RJ