Português | English

Cartas

MÃE DO SÊMENARISTA NO SINÉDRIO [2]

MÃE DO SÊMENARISTA NO SINÉDRIO [2]

 

----- Original Message -----

From: MÃE DO SÊMENARISTA NO SINÉDRIO [2]

To: contato@caiofabio.com

Sent: Thursday, September 24, 2009 6:24 PM

Subject: MÃE DO SÊMINARISTA NO SINÉDRIO...

REFERENTE ÀS CARTAS:

ESTUPRO DO SEMINARISTA SÊMENARISTA… [1 E 2]...

SOU A MÃE DO “SÊMENARISTA” QUE ESTUPROU A MENINA...

ESTUPRO, AMEAÇA E MILAGRE!

VIVA A VERDADEIRA MÃE!...

SOBRE O ESCÂNDALO DO PERDÃO – CARTA DA MOÇA QUE FOI ESTUPRADA E PERDOOU...

 ____________________________________

Oi pai,
 
Conversei com ela hoje na hora do almoço. Ela passou no meu trabalho e saímos para almoçar juntas.
Ela me disse que estavam lá na reunião o marido dela, o filho, o pastor presidente com a esposa, e um presbítero com a esposa também.
No inicio a esposa do pastor presidente a chamou para falar em particular e tentar convencê-la a não se separar.
Ela disse que nunca poderia mudar de idéia. Então elas foram para a reunião propriamente dita; e quem falou primeiro foi ela.
Ela falou que não concordava com aquela reunião, mas que estava ali porque tinha convicção do que ia fazer e não tinha nada a esconder.
Aí falou que ia se separar do marido e não admitia que ninguém lá interferisse nessa decisão dela, pois era de foro íntimo e que ninguém tinha o direito de falar nada.
O pastor presidente chamou atenção dela dizendo que ela tinha que ser submissa a ele, o pastor, porque ela era filha espiritual dele e devia a ele respeito e obediência.
Pai querido, para quem conhece um pouco o que ele faz como ela conhece, ele jamais deveria ter sido tão arrogante assim.
Ela me contou que ficou irada e o interrompeu dizendo que ele poderia ser pai daquelas pessoas que congregam na igreja dele, sem saberem a Palavra, mas que pai dela ele nunca foi e nunca seria.
Ela também disse que Jesus a gerou de novo na Cruz pelo Evangelho que é Ele mesmo.
Que ele como pastor deveria saber disso.
O pastor disse que ela seria expulsa da igreja e tratada como uma herege, pois ia proibir as pessoas da igreja de se relacionarem com ela, e também disse que a culpa disso acontecer é que ela deu ouvidos ao senhor, pois ele lhe tem como um pregador de doutrina de Satanás.
Ela disse que ele só poderia fazer isso tal coisa na época da inquisição.
Ela disse que não via autoridade nele para fazer nada em nome de Jesus; disse coisas outras... coisas erradas praticadas por ele, ou a mando dele na igreja.
Enfim, foi uma grande discussão...  
O marido dela ficou pasmo..., olhando ela falar; e ela disse que ou ele aceitava a separação na paz ou ela denunciaria tudo de errado que ela sabia e com provas que ela tem (não sei do que se trata e ela disse ser melhor que eu não me envolva).
Para terminar ela falou para as esposas que lá estavam dizendo que ou elas iriam para a Verdade do Evangelho e davam um basta a essas coisas, ou negariam a Cristo com uma omissão covarde.
Pai, nunca vi uma pessoa tão determinada como ela esta.

Notei que ela estava triste, mas convicta de que tem que levar isso até o fim...
Sei também que a tristeza dela se deve ao fato de que o filho a renegou... Disse que ela estava sendo usada por Satanás e que ela não era mais mãe dele. Que agora ele só tem o pai.

Ela só tem ele de filho... 
Senti muito amor e compaixão por ela; e estou tentando confortá-la.
Ela me disse que sua única alegria é o neto que eu espero. 
Espero que Jesus a console.
Fique na Paz de Jesus!

_______________________________________

Resposta:

 

Minha querida filha das flores: Graça e Paz!

 

 

Sim, ela é forte e valente; e ganhará cada vez mais intrepidez na fé e no entendimento da Palavra; posto que quem quer que ouse agir com coragem prática por amor ao Evangelho, jamais ficará o mesmo; antes se fortalecerá; e ganhará muita ousadia no espírito; e grande coragem em fé e amor solidário.

Você verá como ela se levantará na vida como uma leoa de amor e coragem!

Além disso, ela não terá apenas no seu filho a sua grande alegria. Não! Ela descobrirá como Noemi que você é e será melhor do que muitos filhos. Portanto, seja mais uma filha para ela, além do filho/netinho que a ela você dará.

Jesus diz a vocês duas:

“Mulher, eis a tua filha!” E diz a você: “Menina, eis a tua mãe!”

Uma das grandes descobertas no Evangelho é que no verdadeiro amor e na fé genuína, a gente encontra muitos filhos, pais, mães, irmãos, e companheiros de caminhada.

No Evangelho a gente descobre que nossas maiores heranças nem sempre vêm dos pais biológicos, e que nossos grandes legados nem sempre têm nos nossos filhos naturais os principais herdeiros.

Maria tinha muitos filhos, mas Jesus achou que com João ela seria mais aconchegada. João tinha pai e mãe, mas Jesus o fez cuidador de sua mãe, Maria, antes de tudo...

O Evangelho é loucura total para os sentidos biológicos, etnicistas, racistas e corpóreos celebrados pelo mundo como vinculo maior entre os humanos...  

No Evangelho a gente aprende a amar os nossos, mas sabendo que o coração tem que se abrir para adotar o mundo inteiro em amor.

No Evangelho a gente também aprende o poder do Sangue de Jesus antes de tudo como elo de comunhão e irmandade supra-biológica.

Ela, falo de sua sogra/mãe, todavia, deve buscar fazer tudo o mais fácil possível, a fim de que ela não despenda energia com a loucura dos outros. Sim, para que, em razão da Estrada Histórica dessa circunstância, ela não perca o sentido da serenidade do Caminho em Jesus.

O marido vai conceder o divorcio de modo conciliado; e só não o fará se for louco de todo. Mas espero que não seja.

O filho, pela Graça não morreu... Ainda vive...; e, portanto, ainda pode se converter e ser curado pelo amor de Deus!...

Hoje ela sente dores... Mas logo se alegrará por ver um homem vir ao mundo, por ter uma filha amorosa, por não ter temido o poder da mentira, antes confiado no amor e na verdade; e, além disso, ela ainda vai se alegrar muito na fé; e mais que isso: ainda verá seu filho converter-se à verdade de Jesus.

Entretanto, é fundamental que ela não retroceda jamais...

Pelo que ela disse na reunião, que Jesus é o Evangelho e que o Evangelho é Jesus, vi que o entendimento dela está aberto de modo definitivo; pois, quem compreende isso não sabe mais fazer caminhos para trás...

Agora é deixar os mortos sepultarem os seus mortos!...

Quanto a você e ela, o que cabe a vocês é encher a casa com o Evangelho do amor de Deus.

Em relação a todos os que se dizem inimigos, o mandamento é um só:

“Se ele tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; pois, assim fazendo, amontoarás brasas vivas sobre a consciência dele”.

Diga a ela que eu e milhares de irmãos estamos aqui.

 

Nele, com todo o amor que redime e faz remissão de pecados pela gratidão de também ter sido perdoado,

 

 

Caio

24 de setembro de 2009

Lago Norte

Brasília

DF