Português | English

Cartas

Genealogias: Efrain José de Judá Manasses e Outros.

Genealogias: Efrain José de Judá Manasses e Outros.

-----Original Message----- From: Efrain José de Judá Manasses e Outros. Sent: sexta-feira, 15 de agosto de 2003 To: contato@caiofabio.com Subject: Genealogias! Mensagem: Amado Irmão: a paz de Cristo! Admiro o querido pelas marcas que o irmão carrega, que são frutos da burilação que só o nosso Deus promove; e vejo que produziu perseverança, fé, alegria e os demais frutos do refino do Senhor. Amado a Bíblia diz que os crentes de Bereia eram mais excelentes que os de Tessalônica, porque consultavam na Palavra aquilo que lhes era dito. Não sou de Bereia, mas procuro seguir o mesmo princípio; portanto quando li o maravilhoso texto de sua autoria que tem por nome " O DNA da salvação em Judá", comecei a estudar a genealogia ( Assunto que me dava náuseas); e observei um erro na sua argumentação. Veja, o texto supra citado informa que Jesus pertence a uma árvore genealógica que, na realidade, vem de José. Sabemos que o nascimento de Jesus nada teve haver com José, pois foi obra do Espírito Santo, nesse sentido Jesus não tem parentesco algum com Judá e Tamar. Veja meu amado, a mim é como romper um paradigma escrever isso ao melhor exegeta que já vi. Mas é na multiforme graça que nos foi derramada, e pelo resgate que sofremos juntos na cruz do calvário, que me atrevo a lhe escrever essa observação. Isso e a opinião de um amante do Senhor, que ama sua Palavra, e procura entendê-la, mas que tem apenas 23 anos. Portanto me responda para que eu tenha um esclarecimento maior acerca do assunto. Em Cristo ************************ Resposta: Meu querido irmão: Que Deus o abençoe! Acho que você confundiu um pouco as bolas. O José que é “pai” de Jesus, é o marido de Maria; a mãe de Jesus. O José do livro de Gênesis, que é filho de Jacó, nada tem a ver com a genealogia de Jesus. Assim como um monte de outros importantes personagens históricos; Moisés, por exemplo. Se você ler Mateus 1, você verá que começando em Abraão, passando por Davi, a genealogia evolui para mostrar por que Jesus era o filho de Davi. Ele era o Fruto da Raiz de Jessé, pai de Davi. Se você fizer a viagem lendo Lucas 3, você verá a ordem inversa e mais longa. Vai do atual de volta para o princípio: de Jesus até Adão. Jesus é o filho do Homem. Mas faz a mesma viagem, com pequenas variações, porém mantendo os marcos fundamentais: Jesus, Davi, Judá, Abrão, Sem, Noé, Adão. Se você fizer a viagem de Mateus, a genealogia é de José, o “pai” de Jesus. Se você fizer a viagem por Lucas, você chegará a José como o representante familiar da genealogia de Maria. Portanto, mesmo que se fique preso ao DNA—e não era de dna genético que eu estava falando—chaga-se ao mesmo ponto: Jesus é filho Davi, que é filho de Jessé, que descende de Judá e Tamar. Se assim não fora, Jesus não seria o Leão de Judá, mas sim o Leão de Efrain! E sobre Jesus não carregar DNA de Judá—Deus não está preocupado com DNA—, você viu que por qualquer das vias se chega ao mesmo “entroncamento”: Judá e Tamar. Tanto José quanto Maria vinham de ascendências que serpenteavam no mesmo cruzamento. Não é de DNA que se está falando. A conversa toda é sobre História. Sem genealogia não há a linearidade da progressão histórica; e, sem ela, fica difícil entender as coisas. Daí eu gostar muito de entender as seqüências genealógicas, mas faço isso sem cair na burrice denunciada por Paulo; a daqueles que se preocupavam com genealogias, que para nada aproveitam. Viva o Leão de Judá, filho deste com Tamar! Um beijão, Caio