Português | English

Cartas

FUI OUVIR VOCÊ NA CATEDRAL: EU SOU AQUELA FIGUEIRA!

FUI OUVIR VOCÊ NA CATEDRAL: EU SOU AQUELA FIGUEIRA!

-----Original Message----- From: FUI OUVIR VOCÊ NA CATEDRAL: EU SOU AQUELA FIGUEIRA! Sent: quarta-feira, 4 de agosto de 2004 09:33 To: contato@caiofabio.com Subject: FUI OUVIR VOCÊ NA CATEDRAL Pastor amado, Obrigado por responder o meu e-mail perguntando onde o senhor pregaria na semana passada. Conforme prometi, nada de ruim lhe aconteceu por conta da primeira vez que eu lhe ouvi pessoalmente (rsrs). Viajei quilômetros na terça à noite, a fim de ir ouvi-lo lá na Catedral do Rio, quando o senhor ministrou sobre a figueira amaldiçoada. Tal palavra foi Palavra na minha vida! Eu servi a igreja alucinadamente desde minha conversão, onde o fazer achata o ser, que adoece sem perceber, posto que desesperado, mais FAZ ainda sem SER. Eu segui fazendo-não-sendo, até que surtei incrivelmente, e fui visitado pela GRAÇA. Hoje, ainda é difícil, vivo medicado, numa tensão constante (sou vice-presidente da Igreja Local), e ainda me perco com as demandas. Depois da sua pregação, escrevi: Eu era aquela figueira Antecipadamente travestida de folhagens Invertendo as estações Ocultando minha nudez outonal com exuberância desprovida de fruto Amargava existir para fora Sem poder ser exatamente eu mesmo Eu... Nu... e em Cristo Mas Deus reverteu a morte gerada pela falsificação Agora sigo por aí... me procurando No meio dessa crise bendita, me procurando... N´Ele, que não pede frutos antes da hora, mas pede a verdade como fruto sempre, Seu amigo colega e pastor