Português | English

Cartas

FIQUEI LIVRE DE MEUS ADULTÉRIOS...

FIQUEI LIVRE DE MEUS ADULTÉRIOS...



----- Original Message ----- From: FIQUEI LIVRE DE MEUS ADULTÉRIOS... To: contato@caiofabio.com Sent: Thursday, September 08, 2005 9:25 AM Subject: DESABAFO ALIVIADO Reverendo, eu estou aqui te escrevendo em lágrimas, chorando de alegria em perceber a graça e o amor de Deus! Estou especialmente agradecendo a Deus por Sua vida, Reverendo. Eu sei que o senhor já ouviu essas palavras de diversas pessoas. Você já pode esta saturado de ouvir isso. Mas eu preciso falar ou escrever. Me permita, por favor. Eu quero dizer verdadeiramente dizer que sou uma nova pessoa, uma nova mulher. Meu Deus! O senhor não tem a dimensão de quanto me ajudou. O quanto me ajudou a tirar os panos que estavam diante dos meus olhos... Quando escrevi e falei com você através do Divã (uma hora lhe chamo de senhor, outra hora de você, me perdoe os pronomes de tratamento, é porque você sabe tanto da minha intimidade, que as vezes atrapalho), Reverendo! —; sim, quando olho pra trás e vejo uma mulher que não passava, sem o menor exagero, de um excremento humano, fico grata. Eu me considerava e vivia desta forma. Uma mulher que "conhecia" o evangelho, "cristã" a mais de 15 anos, e que estava fora da "igreja" a mais de 06 anos, vivendo todas as minhas perversões sexuais (pois eu só me interessava por homens casados, padres, e ainda tirava onda com meu pastor, pois ele também tem taras que precisam ser curadas. Se achar brecha o desejo dele é comer todas da igreja)—sim, quando penso, fico perplexa. E aquela vida, a cada dia que passava, estava me adoecendo, me machucando, me matando... Mas eu fazia questão de estar lá, e ainda de achar a minha felicidade dentro de tudo isso.... Não tenho dúvida que era um excremento humano... Os anos se passaram... eu comecei a adoecer... a tal ponto que engordei muito, e comecei a ficar depressiva, ao ponto de ter que procurar um psiquiatra... porque eu estava morrendo... No fundo do poço, mas algo dentro de mim queria viver. A minha alma gritava de dor... queria morrer, mas ao mesmo tempo queria viver. E assim fui... até que um dia em que resolvi clamar por Deus, e dizer, e vivenciar aquelas palavras que Jesus disse na Cruz: "Meu Deus eu não agüento mais! Nas Tuas Mãos eu entrego o meu espírito. Não tenho mais fôlego. Este é o ultimo dos meus suspiros". Comecei a tomar algumas providencias. Minha vida familiar com minha mãe e meus irmãos estava um inferno. Eu estava doente e ninguém percebia isso. Ninguém dava a mínima pra minha angustias, embora eu chorasse e esperneasse muito. Decidi então ir morar sozinha com meu cachorrinho. Pedi uma licença médica do meu trabalho e me entreguei a um deserto, um claustro urbano, por um mês. Ali comecei a pedir pra que Deus me ajudasse a não colocar mais magoas e rancores no meu coração, porque eu já não agüentava mais; e foi por isso que saí de casa... para não aumentar a minha carga de magoa e rancor. Bom, fiquei ali naquela casa que havia alugado, sem querer ver ninguém, e pedindo a Deus misericórdia... Orando, chorando, dormindo com sedativos, tomando Fluoxetina pra depressão; e todos os dias eram iguais. Recebia os meus amantes, e a cada visita, a cada transa que eu dava, o buraco dentro de mim aumentava... Caminhei pra minha estante... Olhei para os livros e vi alguns seus. A maioria seus... Não vou mentir... E peguei o Divã 01 e 02 para ler. Me fizeram bem. Sem duvida, mas eu precisava de mais.... Fui a livraria e um livro me chamou atenção : O ROMANCE DE MARIA MADALENA de Jean – Yves Leloup. Comprei e comecei a ler. Na realidade devorei o livro em um dia. Agradeci a Deus por começar a perceber os sinais da minha cura. Percebia que o Senhor podia e queria me curar do inferno que minha alma vivia... Comecei a navegar na NET e um amigo me falou que você estava com um Site. Lá fui eu... e para minha grata surpresa, te reencontrei mais vivo do que nunca. Aleluia!!! Por isso!!! E comecei a ler o site, as cartas... Enfim, tudo o que estava disponível. Meu Deus! Como eu comecei a me sentir melhor! A sensação era de quer eu estava debaixo de um sol, de um calor terrível, e encontrei uma cachoeira deliciosa; e ali me banhei dos pés a cabeça. A sensação foi de um frescor maravilhoso, com um delicioso cheiro de lavanda... Vi que muitas pessoas escreviam pra você, então, sem esperança nenhuma de receber uma resposta sua, escrevi vomitando na carta todas a minhas angustias. E para a minha felicidade recebi respostas das duas cartas. Ali começou o divisor de águas na minha vida. Consegui grana para marca um Divã. A nossa conexão de internet no primeiro dia foi terrível. Marcamos outro horário, e Jesus começou a usá-lo de forma assombrosa para tirar-me do Vale Tenebroso que eu me encontrava. Meu Deus! Eu cheguei em frente aquele computador, sem forças, despedaçada em virtude dos meus pecados, da minha vida desregrada, das minhas taras e neuroses; estava ali com os últimos cartuchos da minha sobrevida. E HOJE eu estou aqui, para a Gloria de Deus, neste feriado de 07 de setembro de 2005, para testemunhar, Reverendo, A MINHA CURA. Sei que tenho muito a melhorar, mas com sua ajuda, da forma como você vivencia e prega o evangelho, eu consegui demolir do meu coração cargas e mais cargas de angustia, rancor, falta de perdão, etc. No tocante a minha vida afetiva, eu posso também confessar que acabei com todos os meus amantes, dei uma basta nos homens casados, nos padres... E por que não chamar o pecado pelo nome? Dei um fora na minha vida de ADULTERIO E FORNICAÇÃO. Meu Deus me libertou dessa vida, que eu estava muito mais por carência, do que por prazer; e não me sinto só, me sinto inteira, e mais do que nunca, viva, liberta de remédios para depressão, e de pecados que estavam na minha vida a mais de dez anos, me carcomendo, e que eu não conseguia superá-los... Enfim, a graça do Senhor me alcançou; e vi o quanto é verdadeiro o que Paulo diz em Romanos: "Onde abundou o pecado, superabundou a graça à de Deus". Caio, meu amigo Caio, o quanto sou grata a Deus por sua vida, meu irmão, e por que não: MEU PASTOR. Você me ajudou a descobrir a Senha para ser Feliz com Jesus!!!! Depois da nossa conversa no Divã, fui me desposando para Jesus; e hoje eu estou uma Nova MULHER. Outro tempo começou pra mim agora. Retirei os meus sapatos desgastados por andar por trincheiras erradas. Troquei por sandálias mais confortáveis. Me Livrei dos pesos que existiam dentro de mim e que acorrentavam a minha alma. PERDOEI OS MEUS ENGANOS! Desfiz, literalmente, as minha malas de angustias e decepções... HOJE, NÃO ESTOU COM NIGUEM, e ainda CONTINUO GORDA, mas muito mais feliz! O Senhor JESUS me presenteou com outras coisas: ganhei uma promoção no meu trabalho e retornei à minha cidade natal. Saí de uma cidade fria, e vim para uma cidade onde o SOL brilha todos os dias, e onde posso desfrutar da companhia amigos e amigas de infância, de irmãos, e que ainda estão por aqui, e que não me permitem sentir SOLIDÃO. Como uma BOA PALAVRA muda o rumo das nossas vidas! VOCÊ ME TROUXE ESSA PALAVRA! "Entrega teu caminho ao Senhor, confia NELE e no mais ele tudo fará". È verdade, Reverendo, sei que preciso avançar muito. Mas foi resgatada a minha comunhão com o Senhor. Me sinto à vontade para falar com Jesus e compartilhar do Seu amor. Resgatei o respeito dos meus irmãos e da minha mãe. Hoje posso falar sem vergonha que o Senhor Jesus tem um ministério no Reino pra mim; e já tomei posse disso. Estava pedindo ao Senhor uma resposta, quando eu entrei no banco para retirar dinheiro, e uma pessoa que nunca vi na minha vida se dirigiu a mim, e disse: "Você freqüenta alguma igreja evangélica?” Eu respondi: “Sim”. “Qual?” “A igreja tal?” “Ô, minha irmã, é que Deus me incomodou pra te dizer que ELE tem um chamado pra irmã, e é o mistério da Palavra.” Pastor, eu não sou muito de levar em conta essas coisas... Mas foi muito esquisito. Eu estava na rua, essa mulher nunca me viu, me disse aquilo eu tomei posse como recado do Senhor mesmo. E no fundo do meu coração eu sinto esse Ministério pulsar muito forte dentro de mim. Hoje também aprendi com Mª Madalena. Ela foi uma mulher que teve vários homens, e quando ela esteve perto de Jesus, e decidiu acompanhar a Jesus. O nosso Mestre não disse a ela que precisava casar; muito pelo contrario, ele disse: "Maria Madalena agora TUDO TÚ TENS!" È isso Reverendo! Me sinto completa, restaurada, com forças para me aperfeiçoar, e livrar-me de outras neuroses e pecados que ainda possuo. Mas firme no Senhor, perseverando em oração, suplica e preces de ações de graças. É uma pena estar tão longe, pois não tenho o privilegio de congregar com o senhor e outros irmãos, Sei que a minha restauração seria mais agradável. Mas Deus me faz chegar a você através do SITE; e isso é muito bom. Precisava agradecer a Deus por sua vida, Reverendo. Muitas pessoas fazem isso todos os dias; eu sei e você também sabe. Mas eu precisava, eu em particular, precisava faze-lo, porque só eu sei como eu estava, e como estou agora. Só eu e Deus sabíamos o estado deplorável no qual eu me encontrava; e o Estado no qual eu me encontro agora. ESTOU REFAZENDO A MINHA VIDA, REVERENDO. E eu agradeço a Deus por Ele ter te USADO como INSTRUMENTO para esta restauração. Estou chorando muito, vou ficando por aqui. MUITO OBRIGADA ____________________________________________________________ Resposta: Minha querida amiga: Graça e Paz sempre! Que bom ouvir e sentir que Deus está em franco processo em sua vida. Que bom ver que o Evangelho é puro e simples poder de Deus. Que bom ver que Deus fala. Que bom ver que há quem ouve. Que bom saber que os que ouvem e crêem recebem Vida. Que bom ver você cheia de Vida. Que bom que o Véu caiu. Que bom que você não precisa mais se afirmar se destruindo. E que bom que uma nova fase vai começar. Sobre esta nova fase, saiba: agora chegou a hora de você cuidar bem de você como um todo. Está na Hora do Sol. Do ar livre. Das caminhadas. De perder peso sem neurose ou barganha. Sem pressa, porém, com determinação. Esta também é a Hora da Palavra. Encha-se da Palavra do Evangelho. Leia as Escrituras. E não deixe de ler o site. Mantenha uma vida simples de oração. E curta as pessoas. Faça isto, sem aflições “ministeriais”, pois, o verdadeiro ministério ninguém nem vê como tal... Ele simplesmente é; e vai como a água encontrando o seu caminho natural na vida. Receba meu beijo e todo o meu carinho e alegria por tudo o que Deus está fazendo em você! Nele, em Quem nenhum de nós ainda viu como nossa vida pode ser cada vez melhor, Caio