Português | English

Cartas

FÉ DEMAIS...NÃO CHEIRA BEM

FÉ DEMAIS...NÃO CHEIRA BEM

-----Original Message----- From: AMIGO HUMORISTA To: contato@caiofabio.com Subject: Um Pum no Púlpito! Mensagem: PASTOR TAMBÉM CONHECE MUITAS HISTÓRIAS, E CREIA, INCRIVELMENTE VERÍDICAS, COMO NÃO PODERIA SER DIFERENTE. ESTA ACONTECEU FAZ ALGUNS DIAS: UM PASTOR RECÉM ORDENADO, FOI PREGAR NUMA IGREJA EM QUE OS DIRIGENTES (OFICIAIS) FICAM SENTADOS ATRÁS DO PÚLPITO. SABE AQUELAS IGREJAS ONDE O PASTOR ESTÁ PREGANDO, E FICAM OS OFICIAIS ATRÁS BEM PERTINHO DELE? POIS ENTÃO, O JOVEM PASTOR NO "CALOR" DA PREGAÇÃO, DEVE TER ESQUECIDO QUE TINHA GENTE ATRÁS DELE, E MANDOU UM "PUM" DAQUELES, EM ALTO E BOM SOM! E...VOCÊ SABE O QUE SAIU.... FOI UM ESTOPIM: TODO MUNDO CAIU NA GARGALHADA E A PREGAÇÃO ACABOU ALI MESMO. A IGREJA ESTÁ QUERENDO ENTENDER ATÉ HOJE O QUE ACONTECEU!!!!! E O PIOR É QUE ACONTECEU NUMA DAS IGREJAS MAIS TRADICIONAIS DO RIO DE JANEIRO. PASTOR CONHECE HISTÓRIA!!!! ____________________________________________________________ Amigo Humorista: Risos para você! Pobre moço. Deve ter ficado passado. E a mensagem, cheirava bem? Pelo visto cheirava a “nada”...vento! Quando a mensagem carrega o bom perfume de Cristo, nem esse “outro” cheiro se faz sentir, nem tampouco seu “estampido”. Quando o Deus da Glória troveja, não há como gargalhar! Ah! Não fique sentado muito perto de prega-dores: acaba saindo só vento na “espremeção”. Quem não tem nada para dizer acaba fazendo muita força para tentar "soltar" alguma coisa. E esse "jovem" ainda foi fino... Na maioria das vezes o que entra pelo ouvido vem em estado "sólido". Ainda bem que ele ainda não aprendeu a jogar o "sólido" na cara do povo! Às vezes sai só vento—nesse caso, seria pura redundância! Ah! só não entendi por que em "igreja das mais tradicionais" é muito pior. No fim, cada um ouve o que gosta e quase tudo é a mesma...coisa. É só uma questão de "refinamento". Pode-se até abrir uma franquia chamada Ventos & Ventos. Tá é na hora de se ouvir a Voz, e com tal poder que nenhum som, cheiro ou estampido desvie a atenção. E preste atenção: esse relato parece uma parábola bastante própria ao atual momento de vento no qual se vive. Ezequiel viveu uma experiência dessa em estado sólido--aqui no site eu falo disso--, e era uma mensagem divina para o Seu povo. Deus tem cada idéia que você nem imagina! Quem não ouve a Palavra só sendo atacado com... Deus usa sapos, piolhos, moscas, gafanhotos, jumentos, galos, grilos, etc... por que não? Todos deveríamos achar bom que foi só um ventinho. Afinal, ainda se está no lucro. Ou será que já esquecemos que quem semeia vento colhe tempestade? Enquanto a colheita for tão leve assim, tem-se é que ficar grato! Espero que o esforço do jovem pregador redunde em algum benefício para alguém, em algum lugar, se possível aqui neste site. Mesmo que seja uma gargalhada, não acerca do moço--ainda bem que ele não aprendeu a "arte" de disfarçar!--, mas acerca de nós mesmos, que muitas vezes não sentimos nosso próprio odor! Ô dor! Beijão, Caio