Português | English

Cartas

EVOLUÇÃO: A GERAÇÃO QUE VEIO DOS MACACOS BONOBOS!

EVOLUÇÃO: A GERAÇÃO QUE VEIO DOS MACACOS BONOBOS!

 

----- Original Message -----

From: EVOLUÇÃO: A GERAÇÃO QUE VEIO DOS MACACOS BONOBOS!

To: contato@caiofabio.com

Sent: Thursday, March 05, 2009 6:20 PM

Subject: Caio me ajude!

 

Caio os homens de hoje não querem nada sério o que faço?

Há algum tempo venho me perguntando por que os homens de hoje não querem compromisso sério com as mulheres. Tenho 23 anos, namorei durante 5 anos com um rapaz no qual fui noiva, mas por uma série de questões nós terminamos.  Já se passaram dois anos desde o nosso término hoje eu tenho a consciência de que eu não o amava o suficiente para casar.

Vezes ou outra eu saio com minhas amigas conheço pessoas novas, alguns até os beijei naquela noite, mas não passou disso. Tenho plena consciência de que não é na balada que eu irei encontrar a pessoa certa, mas sinceramente a carência que vezes ou outra eu sinto acaba me colocando nessa situação e depois disso me sinto ainda mais vazia que antes, haja vista que o beijo é frio, as palavras sem vida e as pessoas, no geral, estão ali muitas vezes para se esconderem de suas carências, como acontece comigo.

Caio eu só gostaria muito de amar alguém de verdade e de ser correspondida, é claro!; poder compartilhar todas minhas  realizações, meus sonhos, frustrações sabe “comer  sal junto com ele” (metáfora usada por você em uma de suas respostas) ser uma companheira. Não acredito em conto de fadas, mas vejo que ninguém quer isso e sempre que conheço alguém acabo me decepcionando por que não compartilhamos do mesmo Espírito e mesmo sem comentar uma palavra disso que acabei de te falar a pessoa acaba se afastando de mim. Eu me acho uma mulher bonita, inteligente, atraente, mas não sei o que acontece...

Então me pergunto será se o problema sou eu?

Na última vez que sai conheci um rapaz, nós acabamos nos beijando, saímos uns dias, ficamos juntos várias vezes (foi ótimo); da última vez que nos vimos ele me tratou super bem, mas simplesmente sumiu, não me ligou mais, não me chamou mais para sair e mais uma vez vem o ponto de interrogação na minha cabeça.

Hoje “estou cuidando do jardim para que as borboletas venham até ele”, já não procuro nem espero por ninguém, estou cuidando de mim procurando amadurecer. Até parei de pedir para que Deus me mande uma pessoa falei para Ele que estou estressada de tanto pedir (risos).

Sinceramente Caio eu tenho medo de ficar só! Tenho várias amigas na mesma situação e não sei o que dizer por que vivo o mesmo dilema. Sei que você é um homem muito ocupado e que existem pessoas em situações muito mais difíceis que a minha, mas o gostaria muito que você respondesse a minha carta...

Ando muito aflita. Tenho você como um exemplo de cristão, de amigo, de caráter, de sabedoria e sei que você é uma pessoa guiada pelo Espírito Santo de Deus.

Um abraço.

______________________________________________

 

Resposta:

 

Minha filha querida: Graça, Paz e Calma!

 

 

Existe nesta geração uma pressão de consumo afetivo que é a mesma que existe em relação à aquisição de bens de consumo, como um carro novo, uma casa própria, uma roupa da moda, um celular de última geração, etc.

Já faz alguns anos que o rojão de aflições emocionais e aflicetas sexuais que se manifesta nas pessoas, é crescente e patético.

Houve um tempo quando se podia entender a aflição da mulher por um homem. Sim! Era o tempo no qual casamento era Diploma de Sobrevivência econômica e social. Ou, então, era uma questão de maternidade e desejo de ser mãe, isso quando não se amava o homem como marido/homem, mas, pelo menos, se tinha forte desejo de maternidade e família.

Hoje, nem mais isso existe!... Tornou-se coisa do passado e, muitas vezes, parece coisa de gente muito antiga e que perdeu o bonde da história...

Alguém, no entanto, diz: “Mas e as necessidades afetivas das mulheres?”

Ora, é acerca de tais necessidades afetivas que estou falando. Afinal, tudo o que vejo é insatisfação afetiva em razão da entrega de todo o “doce”, de “mão beijada”..., e, depois, a reclamação feminina de que o “macaco comeu o mel, se lambuzou, e nunca mais apareceu”.

Mas é claro. Mel fácil macaco come a sabe que se foi fácil, fácil sempre será.

Macaco é assim...

Essa geração não evoluiu do “chimpanzé” [rsrsrs], mas dos Bonobos [http://pt.wikipedia.org/wiki/Bonobo], que comem para transar, transam para comer, fazem sexo para relaxar, e transam com todos para ninguém ficar tenso...

Esta é a Geração Bonobo, com uma diferença: eles, os macacos da transa, fazem sexo comunal para não ter briga, mas, entre os Bonobos humanos, apesar do sexo, só há briga. Rsrsrs.

De fato, o bombardeio que se recebe quanto à necessidade de ter “companhia” é diabólico.

É carência pelos outros!

É carência por causa dos outros!

É carência que trata homem como grife de sucesso!

É carência que apresenta homem como quem apresenta uma vitória no vestibular!

Perdoe-me o sarcasmo. Mas digo que tal carência, quando é nos homens, é caralhência; e nas mulheres a angustia foi batizada por minha mulher de aflicêta.

Jesus disse que quem busca, encontra... Sim, encontra o que busca. Portanto, quem busca um homem como macho, encontrará um macho humano/bonobo, e isto acontecerá facilmente.

A questão é que os bonobos, uma vez transando, viram de lado e vão logo introduzindo em outra bonobobinha que esteja passando...

Vi como sua angustia de ficar só [até parece que você é uma mulher de 45 anos, aflita pelos boicotes da vida...], e notei que ela se vincula muito às angustias das amigas...

Minha filha, esta é a Geração Bonobo [digo isto aproveitando as celebrações do aniversário de Charles Darwin... rsrsrs]!

A macacada está toda com caralhência ou com aflitecência.

Saia dessa... A vida não é assim. E tais importâncias essenciais hoje, amanhã poderão lhe ser suas maiores tristezas.

Mulher sábia não oferece nada para ter nada.

Apenas ama quando é amada; e não fica amando quem não a ama.

Assim vive gente, diferentemente dos macacos sexuais, os Bonobos.

Não creio que o homem veio de um símio. Mas esta geração certamente veio dos Bonobos, pois, são uns bonobobos sexuais.

Leia o meu site.

Esta resposta é apenas uma brincadeira a fim de ver se estimulo você a entrar no site www.caiofabio.com a fim de ler milhares de textos sobre assuntos idênticos.

Exemplo:

CARÊNCIA EMOCIONAL FORA DE SÉRIE - I E II

DEFICIÊNCIA FÍSICA E CARÊNCIA EMOCIONAL E AFETIVA- I E II

CARÊNCIA HORRÍVEL ESSA MINHA!

ESTOU UM POÇO DE CARÊNCIA AFETIVA E SEXUAL

ODEIO O MUNDO E TODAS AS PESSOAS...

ENTRE O PADRE, O CASADO E O PASTOR: TODOS QUEREM UMA LASCA!

 

Entre no canal de pesquisa por Tema ou palavra especifica, e leia tudo; e há material para você ler durante anos se desejar.

Ajude-me a ajudar você!

Receba meu abraço e minha oração no sentido de que você aprenda o caminho de uma mulher, não o de uma fêmea dos bonobos.

Um beijo carinhoso e paterno.

 

Nele, que nos fez para que nossa sede de amor, antes de tudo, se realize em Deus, e não num bonobobinho qualquer,

 

Caio

6 de março de 2009

Lago Norte

Brasília

DF