Português | English

Cartas

ESTOU COM DISFUNÇÃO ERÉTIL. O QUE FAÇO?

ESTOU COM DISFUNÇÃO ERÉTIL. O QUE FAÇO?

-----Original Message----- From: ESTOU COM DISFUNÇÃO ERÉTIL. O QUE FAÇO? Sent: terça-feira, 13 de janeiro de 2004 18:39 To: contato@caiofabio.com Subject: QUASE IMPOTÊNCIA... Mensagem: Amado Pastor, voce á massa!! Já lhe escrevi algumas vezes. Sempre que lhe escrevi foi para falar da benção que o senhor e o site são para nós. Só que hoje Pastor, resolvi te contar um problema que tenho enfrentado. Talvez queira apenas desabafar com um amigo (homem), pois a única pessoa que sabe de tudo é minha querida esposa e é mais por ela que “sofro” que por mim mesmo. Tenho 38 anos, casado, três filhos amados do pai e do Pai. Sou diabético, insulinodependente, descobri a doença cerca de 10 anos, mas com certeza ela já estava em meu corpo há mais tempo. No começo foi extremamente difícil (dietas, não como isso, não come aquilo, picadas até 05 vezes ao dia, etc...), mas a Graça de Deus foi maior em minha vida e também o grande carinho e amor da minha esposa. O problema pastor é que to ficando impotente sexualmente. È muito difícil para um homem falar sobre isso, minha esposa é minha única confidente e uma pessoa maravilhosa, que tenta me levantar (eu e “ele”, quando o mesmo teima em ficar “cabisbaixo”) de todas as formas possíveis (na maioria das vezes consegue). Gostaria de lhe falar que apesar de crente, sou bastante resolvido com minhas “neuras”. Acredito que perdi cerca de 50% de minha ereção normal (se é que posso falar assim). Tem dias que to normal, mas outros to ruim mesmo (to falando de ereção). Já fui a um especialista cerca de 01 ano, ele me receitou viagra, que tomo de vez em quando, pois é muito caro (R$ 80,00 caixa com 04 comprimidos) e como não transo só 01 vez com minha esposa por semana, se comprar toda vez que “precisar” to quebrado. O outro motivo é que o dia seguinte ao medicamento é horrível (nem todas as vezes), é uma dor de cabeça insurpotável (nas duas), fora a sensação de mal estar geral no organismo. Eu tenho convivido com isso, nunca compartilhei com ninguém. Na a igreja, nem pensar!!! Com o pastor da igreja???? Ele vai querer tirar o demônio do meu pinto!!! Um outro problema que vem junto com a impotência sexual é a ejaculação precoce. Isto é horrível. Como falei antes, as vezes fico triste pelo minha esposa, daí tenho que satisfaze-la de outras formas.(é engraçado, nunca pensei que iria falar uma coisa dessas com um pastor, sempre achei a maioria deles – olha que já fui ovelha de muitos – um bando de hipócritas. Só Fabio para fazer Cair meu preconceito). Uffa, que alivio. Que bom que você existe ... Minha alma está mais “potente” depois que desabafei com você .... Só mais uma coisa que eu ia esquecendo: Acontece que com esse problema de disfunção erétil tenho me sentido um pouco deprimido. Sou muito alegre, faço piadas ate com as "desgraças" que vem sobre minha vida. Minha esposa diz que essa é uma das características que ela ama em mim, só que, para alguém que não imaginava um dia sentir depressão .... isso tem me deixado lá embaixo (agora falo do meu espírito!!!). Sou hiper ativo, gosto de sair com minha família, trabalhar, viajar ... mas, sabe aqueles momentos solitários que temos de vez em quando, quando nos encontramos com nós mesmos ... é aí que o bicho pega ... Minha esposa tem notado a tristeza em mim, ela tem sofrido, nós conversamos, ela sabe de tudo que te falei hoje ... Quando ouço as pessoas fazendo brincadeira com relação a impotência sexual, fico extremamente constrangido dentro de mim mesmo. Desculpa tá...tomando seu tempo ... só queria falar isso para um amigo homem ... Sinto falta de amizades verdadeiras dentro da igreja, infelizmente ela tá mais impotente do que eu (ainda bem para mim, que não é o contrario - brincadeira!!) Obrigado por me "ouvir" ..... Obrigado por me escutar, oramos sempre por você .... Como diz o senhor .... Nele, que nos fez potentes na cruz ..... *************************************************** Resposta: Meu amado amigo: Paz e Poder sobre sua alma! Meu querido, é claro que todo homem tem na potencia sexual algo mais que uma performance, mas um valor. Nossa história de machos dominantes infiltrou esse gene psicológico em nós. Daí, qualquer coisa que mexa com o pinto ter a proporção de algo equivalente a ter mexido com a alma do homem. É na carona desse sentir que Deus instituiu a circuncisão do membro masculino, em Israel. A questão é que um dia todos os pintos ficarão quietos...todos...até os mais energéticos...os velhos que nos contem. Fico feliz com o modo como você e sua esposa estão tratando do assunto. Você, com bom humor—a depressão não é anormal nesse momento—e ela com carinho e desejo por você, mostrando que ela ama você, e não apenas um pedaço de você—infinitamente menor que você! Tenho algumas sugestões a fazer a você. 1. Se de cada três vezes, uma é legal, é plena; digo-lhe:...continue assim...sem grilo e sem neura nenhuma. 2. Não fique passivo. Disfunção erétil, muitas vezes, faz o cara ficar “passivo”, com medo de propor e não dar conta do recado. O problema está na cabeça de baixo, não na de cima...que continua ativa e desejosa. Portanto, use a de cima...e não a entregue à de baixo. Assim, parta pra entro...procure-a...e você sabe que há uma infinidade de modos de fazê-la feliz...e você também, pois quem gosta de dar prazer à mulher amada, sente mais prazer em dar do que em receber. O grande desejo é aquele de dar prazer, e ver a mulher entrar em êxtase... 3. Quase todos os usuários do Viagra falam dessa rebordose...do day after...Deixe o Viagra para tempos mais necessitados...hoje ainda não é necessário. 4. Se, no entanto, chegar a hora em que nada faça o bichinho ficar em posição de sentido, então, converse com sua esposa, procure o melhor médico, e pergunte quais seriam as suas chances de botar uma prótese. Mas tem que ser um médico muito, muito bom mesmo, que é para preservar os seus nervos e a sensorialidade do bichinho. Nesse caso, o aparelho estaria sempre pronto (24 horas por dia), tudo dependeria apenas da cabeça de cima...e como essa nunca deixa de querer...então, vida longa para o rei! 5. Também faça o possível para a sua esposa ficar sempre bem à vontade. Agora, mais do que nunca, vocês serão um casal mesmo, e donos do corpo um do outro, e amando-se com desejo e solidariedade. 6. E não tenha inibições. O seu corpo é todo seu, e todo ele é excitável; o dela também. A convencionalidade dos zonas físicas de prazer têm feito com que as pessoas não saibam nada sobre o seu próprio corpo, e sobre o corpo da esposa. Não há limites para se desenvolver o prazer sexual e as zonas de prazer do corpo. Prazer vem da cabeça de cima. É uma função da alma. E é de desenvolver a espiritualidade do prazer que eu estou falando. 7. O prazer de ser do outro pode crescer tanto, que o ou a parceiro (a) podem sentir o impensável. A maioria das pessoas que conheço sabem o que é sexo, e pensam que aquela afliçãozinha que sentem é prazer. Há toda uma viagem de deleite a ser aprendida, e o corpo pode ficar em profunda sintonia com a alma...nesse dia...os prazeres do corpo serão os gozos da alma...e tal só acontece entre um homem e uma mulher que de fato se amam e se respeitam. Você e sua esposa não têm que se preocupar. Onde há amor nada brocha a alma! Quanto à ejaculação precoce, em geral, ela resulta de medo de intimidade com aquela pessoa. No seu caso, é o temor de não sustentar a ereção por muito tempo; então, dispara o mecanismo que precipita a ejaculação precocemente. Relaxe. É a única maneira de evitá-la...confie e vá, com normalidade e muitao prazer. Me mantenha informado sobre tudo. E não se aflija. As coisas só tendem a melhorar daqui para frente. Mas lembre-se: quando você a procurar não pense no seu pinto, pense nela...veja-a, contemple-a...e saboreie-a sem angustia...não é um vestibular...e um lugar sem vestes. Um beijão com oração! Nele, que faz a Graça se aperfeiçoar na fraqueza, Caio