Português | English

Cartas

DÚVIDAS: que angustia…!

DÚVIDAS: que angustia…!



 

----- Original Message -----
From: DÚVIDAS: que angustia…!
To: contato@caiofabio.com
Sent: Friday, May 12, 2006 7:32 AM
Subject: Que angustia…!


Caio!


Credo! Quanta aflição estou sentindo agora, pastor....

Um medo de que o meu sentimento por Deus não seja verdade e que eu esteja tentando enganar a mim mesma sabe...


Uma coisa ruim estou sentindo nesse momento... Tudo são duvidas... Eu quero viver uma vida livre e não carregada de duvidas... Quero ter certeza das coisas e não ter duvidas....


Credo! Parece que as coisas que estão na Bíblia não cabem a mim, pois parece que sou uma grande mentira, uma farsa... Que sentimento ruim me tomou agora...!


Só para o senhor saber, não sou nada... Sou apenas alguém que se converteu a uns 4 anos, me desviei e estou desejando de todo o meu coração viver uma vida diferente.


Quando leio suas devocionais, reflexões e tudo mais...tudo. Sua vida parece ser tão simples, tudo tão fácil, tão leve e tão claro!!!

Queria tanto que me entendesse... queria ter certeza de coisas... não quero mentir para Deus, nem para mim mesma...

Desejo tanto viver de forma limpa, verdadeira... Quero que vejam Deus em mim, na vida vida, na minha alma... Quero ser capaz de ser usada por Ele... Quero servir a Deus..., mas parece ser tão distante de mim...

Tenho feito tantas coisas erradas... Sou tão fraca, suja... Desculpe... Preciso de Deus, sei disso... Ultimamente minha alma grita a necessidade de ser chamada de filha dEle, mas o que fazer para acreditar ....

Sinto uma grande aflição agora, estou no trabalho, mas essa coisa ruim me tomou conta agora... Precisei parar para escrever ao senhor; a quem eu vejo(leio) com tanto carinho...


Fico pensando...

"Senhor, queria tanto ter as certeza, convicções e simplicidade do pastor Caio... Me dá Senhor... Me socorre deste mundo que me oferece tantas coisas que te desagradam... Perdoe-me meu Deus por te desagradar tanto! Tem misericórdia de mim! Não quero, não me dou o direito, não quero suportar a idéia de viver mais instantes da minha vida sem ter a certeza de que sou tua filha!”


Pastor.... somente um desabafo... queria tanto uma palavra, seja qual for... Te escrevi algumas vezes, mas agora esse desejo foi mais que latente...

Dá uma vontade de gritar e dizer que não aceito viver assim, sozinha, essa vida feia...

Desculpe...


Com grande carinho e respeito ao senhor e mais ainda ao Senhor meu Deus...

Li
__________________________________________

Resposta:


Minha querida Li: Graça e Paz!


Você está no ponto certo; ou seja: em bendito estado de falência!

Digo isto porque enquanto a gente não declara falência pessoal não há Graça disponível, visto que nossa “justiça-própria” (essa coisa de ser bom e justo para Deus por conta própria e gera arrogância) é algo pior do que o Diabo quando se trata de impedir nossa relação com Deus.

Quanto a esse medo que você está sentindo, saiba: ele é fruto da desconstrução que o Evangelho está gerando em você. Sim, porque o auto-engano é ficar sob o véu da religião, crente-nos-crentes, porém sem fé em Jesus.

Na hora em que você crer que é simples mesmo; e mais: que tem que ser simples para ser para todo homem; — então você provará o descanso que vem da confiança na fidelidade de Deus para conosco; e isto até mesmo quando somos infiéis para com Ele.

O que as pessoas, enganadas pela religião cristã e seus dogmas morais e de auto-justificação, parecem jamais compreender, é que é tudo simples mesmo. No entanto, dado ao paganismo de todas as religiões, incluindo a cristã, o simples anuncio de que “está tudo feito”, e que a pessoa tem apenas de comparecer com a fé (que também é dom de Deus) que atua pelo amor grato ao Bem recebido gratuitamente em Cristo —, soa como algo fraco; posto que deixa a pessoa que ainda não descansou na fé, em estado de insegurança, sem base física, sem pedras de toque, sem totens, sem sacrifícios humanos, sem sacerdotes humanos que nos garatam as “barganhas”, sem ídolos doutrinários, e sem lugar santo que nos “santifique”.

Assim, o que você sofre é da tal síndrome evangélica de falsas certezas, as quais, uma vez postas diante da Luz do Evangelho, aparecem como engano; mas que também, dado o poder que tal síndrome já exerceu sobre você e sobre muitos, ainda produz as “dúvidas” das quais você fez repetidas alusões.

O Evangelho, todavia, é simples; e se mediatiza sem nada que não seja confiança pura e simples no que Jesus já Consumou.


Sugiro a você que compre e leia o meu livro “Sem Barganhas com Deus”, pois sei que ele dará a você a simplicidade do entendimento em fé que lhe pacificará de vez o coração em Cristo!

Pegue todo esse pacote de dúvidas e dê descarga nele. O lugar de tais dúvidas é na fossa do esquecimento. Passou. Já era. Não é mais.

Nosso vício pagão, entretanto, há demandas por leis, ritos, códigos, chaves secretas, pertecimento afirmado em garantias de salvação pelo simples pertencimento ao clube-humano-de-Deus: a “igreja”.

Infelizmente o site está em manutenção esses dias, e os canais de Devocionais, Reflexões, Artigos, Cartas, etc...— estão fora do ar. Mas logo estarão disponíveis outra vez. Quando voltarem, leia o site todo, com toda paciência e alegria, pois o que milhares hoje testemunham acerca do poder pacificador do Evangelho da Graça em suas vidas, será também o seu testemunho de verdade e alegria.

Sobre você fazer coisas erradas e ser suja, saiba: nada de novo nisto. Somente os fariseus é que têm “outra oração a fazer”. Eles, porém, do alto de sua “justiça-própria”, tornam-se abominação ao Senhor, conforme Jesus assim manifestou nos encontros que com eles teve nas narrativas dos evangelhos.

Apenas creia: “... o sangue de Jesus, o Filho de Deus, nos purifica de todo pecado...” Creia. Você pode apenas crer nisto? Pode apenas tomar de graça do cálice da salvação, sem achar que pelo menos você deve um gorjeta aos que se oferecem para ser “garçons” de Deus na Terra?

Leia os 4 evangelhos na sequência. Depois leia Romanos e Gálatas. Então, após ter lido tudo isto em oração e sem medo ou culpa, me escreva de novo. Certo?

Que o Deus de toda Graça afirme seu coração na certeza de que Jesus agradou ao Pai por você; e também que por meio Dele você já está reconciliada com Deus.

Com calma e tempo você entenderá tudo o que estou lhe dizendo. Eu sei disso!


Nele, em Quem temos o Sim (Amém) de Deus, e que é maior do que toda e qualquer fraqueza ou dúvida humana,


Caio