Português | English

Cartas

DECLARAÇÃO DE AMOR PELO MEU MARIDO

DECLARAÇÃO DE AMOR PELO MEU MARIDO

-----Original Message----- From: Clara Sent: quarta-feira, 19 de novembro de 2003 09:40 To: contato@caiofabio.com Subject: DECLARAÇÃO DE AMOR POR MEU MARIDO Mensagem: Pastor, me perdoe, mas vou lhe pedir um favor. A cada dia amo mais o meu marido. E como ele lê o seu site todos os dias, gostaria de fazer um surpresa, tendo uma declaração de amor minha para ele nas Cartas. Mas ele é tímido, por isso não vou botar o nome dele. Eu sou mais livre, mas ele iria ficar com medo dos amigos do trabalho fizerem alguma gozação. Eu quero que ele leia o que escrevi com amor. Sei que não é normal pedir uma coisa dessas, mas me sinto em casa com o senhor e aqui no nosso site. Se puder, ficarei para sempre grata. Clara ____________________________________________________________________________________ Texto de Clara para o marido Meu marido, Amei você quando o vi pela primeira vez. Me entreguei à você, e nossos destinos se fundiram. Você se tornou meu senhor, rei e marido, e eu sua rainha e mulher. Fomos carinhosos e pacientes um com o outro por todos esses anos. A sofreguidão e a fome eram minhas como se você tivesse criado um apetite em mim que nunca antes existira. Fui carregada por você, levantada e transportada para um outro mundo, como o que ouvi dizer que aconteceu com os profetas da antiguidade; depois voltam para a terra, balbuciam sobre visões que tiveram, visões indescritíveis, inefáveis, transformantes. Às vezes esses homens sagrados contam que foram sugados para as nuvens por ventos circulantes, e que foram carregados para grandes distâncias. Outras vezes são tirados apenas da quietude de seus aposentos. Mas sempre mudam quando retornam. Comigo foi assim... Fui tocada e toquei outro ser, permiti que você passasse por portões vigiados de minha intimidade, que penetrasse meu próprio ser levantando todas as minhas barreiras. O que tinha temido por toda a vida como aniquilação agora recebia como complemento. Meu mundo se transformou. Abracei você como para nunca mais perdê-lo. Desejei que aquela revelação, aquele momento de transfiguração nunca desvanecesse . Iria desvanecer? Até hoje não desvaneceu. Com você aprendi duas coisas naquele primeiro dia, quando você me tomou de mim. Aprendi que a perfeição de um momento habita a sua natureza efêmera, embora no coração aquilo seja para a eternidade. Você sabia que eu nunca lhe faria mal, como também aniquilaria qualquer um que tentasse fazê-lo. Senti-me profundamente ligada a você, como pelas nossas vísceras. Agora estou pensando por que decidi escrever; e ainda mais, “aqui”? Você quer saber, meu esposo, meu marido, meu amigo, meu homem? Porque estou cada vez mais apaixonada por você e meu apetite cresce dia após dia, e morro de medo de perdê-lo de algum modo. Por isto quero que leia, memorize e junte todas as minhas ações ao longo de tantos anos de amor, cumplicidade, trabalho e esforço; e tudo isso sem perder o "encantamento", apesar dos encontros e desencontros circunstanciais que já tivemos, como todos os demais seres humanos. SOU LOUCA POR VOCÊ E SEI QUE É RECÍPROCO PORQUE VOCÊ SEMPRE TEM DECLARADO COM FATOS. Sempre, sempre... Somente sua, Clara ________________________________________________________________________________________ Clara, colei porque achei lindo e saudável. Está em Testemunhos. Achei mais próprio que em Cartas. Acho que os casais que se amam de verdade deveriam se declarar sempre, e também usar os meios mais diferentes para fazerem surpresas um ao outro. Que Deus abençoe a você e ao seu marido! Que o amor de você seja belo e forte! Que jamais falte prazer, alegria, respeito, admiração e muito desejo entre vocês! Recebam meu abraço e meu carinho. Nele, Caio