Português | English

Cartas

COMPUTADOR QUEBRADO...CORPO SATISFEITO

COMPUTADOR QUEBRADO...CORPO SATISFEITO

Meus quridos amigos: Graça e Paz sobre todos! Depois de 10 dias em Recife cheguei na segunda-feira no Rio. Lá no Recife eu estava hospédado num lugar onde não havia conexão de internet. Para mexer no site eu tinha que pegar um taxi e ir ao um outro lugar. E como havia muitas coisas acontecendo...nem sempre eu pude mantê-lo atualizado, como costumo fazer. Quando cheguei em casa meu Notebook pifou geral. Ainda tentei ver se adiava o envio dele ao "hospital", mas não foi possível...ele ficou internado por uns três dias... Como faz falta o bichinho! Aproveitei esses dias para ler e fazer exercícios...estou malhando todos os dias, indo a praia, e lendo muito. Aliás, ano passado foi o ano no qual menos li desde os 18 anos de idade. Comecei este ano disposto a manter o corpo em forma...se possível melhorar...voltar ao Jui Jitsu...ler muito...e escrever bastante. Paulo disse que o exercício físico "para pouco é proveitoso". Pode ser para " pouco"...mas para quem faz-nada com o corpo...esse "pouco" é essencial. Paulo podia dizer o que disse porque quem viajava pelo chão...dias e dias...como ele...não tinha que malhar...a vida o malhava. Aquela leitura de II Coríntios 9-11 nos deixa ver como a vida dele era físicamente ativa. Nós hoje temos que nos exercitar...e é muito proveitoso...porque não vivemos nas mesmas condições naturais de vida e exercício físico nas quais ele vivia. Passei a vida toda viajando o mundo sem mexer o corpo. Roda-se o mundo asentado...chega-se e pega-se uma esteira rolante...entra-se num carro e vai-se a um hotel...de lá se é levado ao lugar das conferências ou reuniões...volta-se sempre assentado...e, depois, de novo levado na poltrona...roda-se a Terra...mas o corpo não experimenta o distancia como esforço ou trabalho físico. A cada dia estou mais certo de que falta CORPO na auto-percepção cristã. O corpo sempre foi tratado como um elemento básico e quase desprezível para os cristãos. Para nós o corpo servia apenas para não ser "contaminado" pelo mundo. Assim, nega-se ao corpo tudo...ele é um mero escravo da virtude...que hoje em dia nem mais existe. Ou seja: ficamos sem corpo e sem virtude! O "santuário" do Espírito Santo era visto apenas como algo no que não se deveria deixar entrar bebida, cigarro, ou a emoção e a percepção dos prazeres. Se fosse gostoso...o corpo deveria se privar. Essa falta de corpo é fruto da entrega cristã ao dualismo platônico...e a todas as outras filosofias dualistas. O sexo foi a dimensão psico-física que mais sofreu nessa história. Visto como um castigo de Deus a Adão pela desobediência...por milênios se ensinou que o prazer era uma perversão, um vício, um inimigo do espírito. Assim ficamos neuróticos e adoecidos. Ainda dá tempo dos cristão se curarem dessa doença maligna, que nada tem a ver com Deus ou com o Evangelho. O engraçado é ver a briga dos evangélicos contra o catolicismos...e perceber que a maior parte das teses evangélicas são católicas...especialmente as teses morais e seu aplicativo sobre o corpo...o prazer..a alegria...e o mundo. Quem não abraça seu prórpio corpo com prazer e gratidão está passando pela Terra desprezando a dimensão mais natural que em nós se manifesta. Quem não concede ao corpo o prazer de se sentir...jamais conhecerá a verdadeira santidade. Santidade na Terra tem que ser corpórea...e precisa se manifestar não como negação do corpo...mas como inserção do corpo no mundo do equilíbrio e dos prazeres bondosos. O escritor de Hebreus diz que o Filho, quando se encarnou, disse ao Pai: "...corpo me fizeste...eis que no livro da lei está escrito a meu respeito..." Corpo e Palavra...essa é a formula para se viver bem na Terra. Bem, estou escrevendo isso apenas para dizer o que estou fazendo enquanto meu Notebook está no "hospital". É obvio que quando ele estiver de "alta" voltarei a escrever muito mais...mas isso não será em detrimento de meu corpo... Há muitas outras coisas sobre o corpo que pretendo melhor entender e sentir para mim mesmo. Estou estudando as relações dele com a respiração...Acredito que me será muito saudável. Com isso não digo que eu vá viver muito. Digo apenas que faz bem. E o corpo não tem que ser usado apenas para que ele faça bem a si mesmo...como quem põe uma máquina para funcionar... A grande coisa é usar o corpo para fazer bem a alma...e esta ao corpo. Corpo e alma não são separáveis...cessar os estimulos a qualquer das dimensãoes implica em aleijões para a totalidade da experiência de bem-estar. Ah, um pedido: gostaria que todo mundo que vier a ler isso aqui divulgasse o site em seu prórpio correio eletrônico...me ajudrá muito. Também quero informar que não estou respondendo aos e-mails por mais uns dias. Há mais de cinco mil esperando... Amanhã eu volto. Um beijão pra todos. Até amanhã... Caio