Português | English

Cartas

Como posso perdoar quem quis me abortar?

Como posso perdoar quem quis me abortar?

-----Original Message----- From: Alguém Sent: sábado, 23 de agosto de 2003 To: contato@caiofabio.com Subject: Como posso perdoar quem quis me abortar? Mensagem: Caro pastor: Admiro muito a sua pessoa, e nada pode diminuir quem o senhor é. Quero obter um conselho. O que acontece com uma pessoa que não consegue perdoar a própria mãe, porque descobriu que ela quis abortar a pessoa? Eu sou a pessoa! O que eu faço, pastor? ************************** Reposta: Meu querido ou querida Alguém: Paz! Você está com raiva de ter sobrevivido? Gostaria de ter sido abortado? Está triste por ela não ter conseguido o que intentou? Ou sua raiva vem de seu orgulho? Orgulho de não ter sido desejado? Olhe aqui, Alguém querido (a): Ela, a sua mãe, nem conhecia você! Não foi nada pessoal! Não faça de uma angustia criada por uma circunstância, algo que se torne pessoal! É como odiar Adão por ele ter nos abortado do Jardim! Você sabe o que significa honrar pai e mãe? No texto hebraico honrar é a palavra para pesar, avaliar, medir, corresponder, etc... Honrar pai e mãe é, antes de tudo, entendê-los a fim de que eles se tornem melhores em nós. Honrar pai e mãe é poder, sem amargura, apresentar a nossa vida como um acontecimento em razão do qual a própria vida dos nossos pais seja “redimida” na Terra. Não transforme a crise de uma “menina” ou de uma “mulher” conflituada, ou mal-amada, em um carma para sua vida. Maldição hereditária é isso! É fazer as doenças das gerações passadas permanecerem vivas em nossas existências; mantendo nossas vidas co-dependentes das desgraças de Ontem. O dia de Deus é Hoje! Hoje é dia de você abraçar a sua mãe! E mais: não faça disso um dramalhão! Não chegue a ela com aquele discurso filialmente moralista que diz: “Apesar de você ter querido me abortar, eu orei; e o Senhor me deu amor para perdoar você!” Não faça assim! Isso não honra a Deus! Abrace-a e convide-a para sair, pra jantar fora, pra você conhecê-la, pra entendê-la como mulher e ser humano; e, sobretudo, para amá-la! Faca isto. Pode ser que por outras razões você um dia precise do mesmo perdão. E lembre: Bem-aventurados os misericordiosos, pois eles alcançarão misericórdia! Recomendo a você a leitura de um livro meu chamado “Perdão, Encarnação da Graça”. Creio que você o achará aqui na Loja do Site. Um beijão, Caio