Português | English

Cartas

Como escolher um novo pastor?

Como escolher um novo pastor?

-----Original Message----- From: Ricardo Sent: sexta-feira, 27 de junho de 2003 12:42 To: contato@CaioFabio.com Subject: Como escolher um pastor? Mensagem: Pastor Caio, Que a graça de Deus esteja sobre a sua vida! Gostaria de saber a sua opinião a respeito do seguinte assunto: A igreja que freqüento está em processo de sucessão pastoral. E de todos os candidatos que estiveram em nossa igreja, a igreja não foi unânime na decisão de convidar a nenhum deles. E alguns problemas tem acontecido, pois muitos tem se apresentado sem visão, e pastores que são "ruins de púlpito." Até que ponto é importante um Pastor ser um bom pregador? Traçamos um perfil para o Pastor da nossa comunidade e a crise é entre o que é a vontade de Deus e o que é a nossa visão humana. Seria errado escolhermos um Pastor que seja bem preparado, tenha visão e seja um bom pregador? Estamos sondando com um Pastor que já foi pastor da nossa comunidade e lidera um projeto conhecido na nossa denominação: é alguém que a igreja ama, um homem de Deus... estamos orando! Mas o nosso medo é o seguinte: Será que estamos confiando na capacidade do homem, por ele ser bem preparado? Qual o limite entre a ação de Deus e "preparação e capacidade" do Pastor para o ministério? É errado procurarmos aqueles que são bem preparados? Pois alguns da minha comunidade, dizem que não interessa o púlpito, que a pregação não é importante etc... e tal. Essa é a minha grande dúvida e gostaria de ouvir a sua opinião. Estamos orando por você! O Site é 1000!!! Um abração No Filho Ricardo *************************************************** Resposta: Querido Ricardo: Pastor e Igreja tem que se entender como num namoro. Quando você gosta de alguém...não basta gostar...tem muita gente que gosta do que não presta. Portanto, não basta haver “simpatia”, há de se ver se a pessoa é séria também. Saber é também poder. Poder é também saber. Carisma é também poder. Caráter é também poder. Mas nada substitui unção e amor. O pastor tem que ser um ser generoso e dadivoso. O pastor não pode ser um interesseiro e nem tampouco um individuo obcecado por poder e prestígio. Escolher alguém com carisma e charme de comunicação mas sem caráter, é apenas conceder licença para um sedutor se aproveitar da igreja. Escolher alguém com caráter e sem carisma na comunicação, é contratar um chato... A epístola a Tito, que tem sua versão contextualizada neste site, pode ajudar a vocês na escolha. Na lista de Paulo a Timóteo as principais características são caráter e domínio próprio—ou seja: saúde humana e relacional—, e há apenas um tópico relativo à cultura, preparo e comunicação: “seja apto para ensinar...convencer os contradizentes...etc...mas sempre com espírito de brandura”. Ou seja: que o pastor de vocês seja alguém que ame a vocês e vocês a ele, que seja sadio no trato... e que se mostre como gente boa de Deus para todos—os de dentro e os de fora da igreja! Não tem que ser um animador de auditório e nem um almofadinha chato e com aquela voz de sacerdote empalhado. Sendo gente genuína e amante da Palavra, estejam felizes. Isto já é um “achado”. Um abração, Caio Divulgue o site com todos os que puder.