Português | English

Cartas

COM TODO RESPEITO, MAS “ARREDA DAQUI...!”

COM TODO RESPEITO, MAS “ARREDA DAQUI...!”

  

----- Original Message -----

From: COM TODO RESPEITO, MAS “ARREDA DAQUI...!”

Sent: Saturday, May 30, 2009 10:30 PM

To: contato@caiofabio.com  

Subject: Carta ao Caio!

 

 
 
 

 

“Mozart não ajudava a genialidade dele...foi preciso morrer para ser considerado um gênio”

Caio Fábio

Caio,

Essas palavras me motivaram para escrever-te. Você não anda ajudando a sua genialidade, que eu chamo de agora em diante de “evange-nialidade”. Você não está colocando os “pães e os peixinhos” dessa “evange-nialidade” para que sejam multiplicados com fins de alimentar as multidões.

Custa você se disfarçar um pouco de “pastor evangélico” para assim alcançar a muitos, conforme fazia Paulo quando se fazia de louco para ganhar os loucos?

E você, e os que te conhecem, e que sabem que em é você, e que nunca te confundiram e nunca te confundirão, saberão que é VOCÊ.

Ou você prefere ver o povo seguindo o “bezerro de ouro”, e voltando para a escravidão, só porque você não quer ser o capitão?

Você acha que Deus vai aniquilar todo mundo e fazer de você uma nova nação?

Ou será que ele quer que você costure as tábuas que foram quebradas e prossiga com esse povo, sim com esse povo, para a terra prometida?

Caio, o povo está nas mãos do BEZERRO DE OURO. E tem se tornado conforme o ídolo que ele segue. Agora veja, você critica a igreja, denuncia a paganização-macumbanização do cristianismo-evangélico, denuncia os pastores que usam o povo.

Mas o “Caminho da Graça” preserva muita coisa da “igreja”, especialmente no que concerne ao modelo “culto-sacerdote-rito”. Lá vocês cantam, pregam, tomam ceia, ofertam e fazem muitas outras coisas que se faz nas igrejas. Claro, tudo muito mais leve, simples, sincero verdadeiro. E é exatamente isso que me intriga. Porque você não virou as costas para a igreja.

Você apenas começou um movimento onde as coisas são conforme o ESPIRITO que está em TI, e conforme o Evangelho.

Agora veja, se você flexibilizar um pouco mais, se você ceder um pouco mais, se você atender aos mínimos anseios do povo, conforme o “velho-modelo” que você conhece muito bem, com certeza você porá um fim a farra dos “garimpeiros” que fazem dos cultos sessões de “serra-pelada” enchendo suas “malas” com o material que alimenta e faz crescer esse BEZERRO DE OURO.

Pense nisso, faça arranjos e concessões, não na sua alma, e sei que você jamais faria, mas nas suas relações, nas suas externalidade e VOLTE...

VOLTE amigo, cumpra o seu desígnio, não deixa o povo ser levado pelos vendilhões do templo. Se voltar significa abrir concessões que prejudiquem o seu “estilo-aparência-pessoal”, pense se não vale à pena.

Julgue se é melhor continuar chocando e assombrando uns poucos, ao invés de ganhar muitos. Caio, eu nunca me deixei enganar por eles, porque quando ouvi a mensagem do evangelho, ouvi de você.

Se você pode tirar a igreja das garras-dos-satanases que falam em nome dos evangélicos, porque não fazer?

Se para lutar uma guerra você precisa vestir o “uniforme de soldado”, porque não vestir?

Se você é o maior de todos os guerreiros?...

Se quem não tem “vida-moral-íntima-e-piedade” anda no meio de todo-povo, porque você que é verdadeiro, e prega a verdade não anda? É hora de você ajudar a sua “evange-nialidade”, para que o povo seja apenas ajudado e alimentado.

 
Um abraço!
 


_______________________________________

 

Resposta:

 

Rogério: Graça e Paz!

 

Você não entendeu nada...

Nada vezes nada...

Você pensa que sou um ser de birras?...

Você acha que sou essa coisinha marqueteira e perversa?

Que Evangelho você ouviu de mim?...

Quando?...

Não estou à serviço das médias...

Quanto ao “Caminho”, é como uma reunião de cristãos. O que você quer mais?...

Sacerdotes? Ah! Temos muitos; aliás, todos são sacerdotes; casam, batizam, dão a ceia, fazem tudo... Sim, qualquer um faz...

Quanto à flexibilização..., sinceramente, você não teria me escrito se soubesse quem sou!...

Genialidade? Se existe é de Jesus!

E mais: se sou gênio, saiba, minha inteligência me proibiria de tal estupidez.

Quanto à sua sugestão, leia meu site, aqui você saberá por mim que se eu quiser, hoje, com 5 telefonemas entro no circo.

Mas você não entende a gravidade...

Isto aqui é vida ou morte...

E não importa a quantidade...

Dois ou três em Seu nome me servem!...

Vá você. Seja o Mozart de sua própria flexibilidade.

Estou na Rocha.

Nela não há flexibilidade...

E mais:

Quem disse a você que quero capitanear qualquer coisa?

Ao invés de me propor uma consultoria de otimização de poder entre os evangélicos, à semelhança dos gregos que foram convidar Jesus para fora do Seu caminho, digo a você: Eu estou aqui para este tempo e para esta hora; e quem me diz isto é o Senhor. E mais: me diz que é nessa vereda que você julga um desperdício que eu devo andar até o fim.

Diga a Deus que Ele está errado a meu respeito!...

Diga a Ele também que Jesus foi um otário por não ter aceito a sugestão que lhe foi feita no “alto monte”.

Quanto aos lobos, que eles tratem uns dos outros...

Do que você pensa que sabe, creia, sei tudo o que você nem sonha que possa ser sabido por esse câncer ao qual você me propõe uma adesão de metástase.

Meu espírito diz a você o mesmo que Jesus disse a Pedro quando o chamava para uma flexibilização... Está em Mateus 16. Era uma cogitação do inferno.

Você é tolo e ingênuo...

Quantas vezes só este ano os verdadeiros representantes do circo já me sinalizaram com a mesma coisa?

E no ano passado?

E nos últimos dez anos?...

Mano, estou aqui para morrer... e me perder... e não ter nada... e andar assim, provocando gente como você, e muitos outros, os quais, no meu lugar, tentariam ter a genialidade de Mozart com a flexibilidade de Salierei...

Mornos aos quais Jesus vomita da boca!...

Eu não sou nenhum dos dois... Digo: Mozart ou Salieri...

E mais: Deus me livre de ser quem você me pede para ser...

O Evangelho está em mim...

Você pode negar?

Se não pode, ouça; pois, se não ouvir, o problema jamais será meu.

Quanto ao vestuário, creia: é o meu mesmo; do jeito que eu gosto; e não vou mudar de roupa para atender a doenças de fariseus.

O que você proporia a Jesus como “flexibilização”?

Que conselhos você daria a Ele?

E a Paulo?

Se eu fosse Paulo diante de Tiago em Jerusalém, saiba: não teria como raspar nem mesmo a cabeça a fim de acalmar a histeria dos que são sempre os mesmos, pois, Paulo raspou a cabeça por eles, mas eles não gritaram em favor de Paulo...

Acorde! É com um homem que você está falando!...

Em mim não há nada que brinque de nada.

Minha gravidade, se você estivesse diante de mim me fazendo esta proposta, não seria suportada por você!

Isso eu garanto!

Esqueça o que você pensa que em mim seja genialidade...

Genialidade venal é perversidade.

Você só me verá onde Deus me botar.

Amo ao Senhor.

Quem me posiciona é Ele.

Sempre foi assim.

E, ao mais, eu digo: Arreda Satanás!...—quando é o diabo! Mas como é você, eu digo: Me respeite menino!...

Se você tem reparos a fazer, vá fazer você!...

Eu vivo tudo o que minha consciência em Cristo me manda viver!

E mais: a História vai dizer!...

 

 

 

Nele, em Quem tenho crido e não tenho barganhas a fazer,

 

 

Caio

1 de junho de 2009

Lago Norte

Brasília

DF