Português | English

Cartas

CIÊNCIA E CONTROLE HUMANO: Energia Escalar! II

CIÊNCIA E CONTROLE HUMANO: Energia Escalar! II

 

 

 

 

 

  

De: CIÊNCIA E CONTROLE HUMANO: Energia Escalar! II


Enviada em: quarta-feira, 20 de agosto de 2008 13:02
Para: contato@caiofabio.com 
Assunto: Sobre: CIÊNCIA E CONTROLE HUMANO: Energia Escalar!

 

Link: CIÊNCIA E CONTROLE HUMANO: Energia Escalar!

 

 

 

Caio,

 

Pelo pouco que entendi, mais e mais haverá necessidade de que ergamos nossas cabeças aos céus e exultemos naquilo que pode dar esperança a todo homem.

 

Mais e mais a única chance de vitória possível será daqueles que se entregam como ovelhas a serem tosquiadas pelos tosquiadores invisíveis e visíveis, conquanto estas ovelhas jamais se tornem cínicos que desprezam toda “prudência de serpente”.

 

Quem quiser lutar com armas carnais, das duas uma: ou será alvo e derrotado mais rapidamente, ou viverá correndo enlouquecedoramente atrás da estratégia mais eficaz e das armas mais garantidoras de segurança.

 

Mais e mais, a carta de Paulo aos Efésios me é um tesouro de inspiração. Pois ali vislumbro a esperança da minha glória, o mistério oculto desde antes da fundação do mundo, mas que já foi revelado para a glória dos santos...

 

É nesta carta também que eu sou convocado a agir ativamente com sinceridade e simplicidade amorosa em todos os meus relacionamentos horizontais. E esses relacionamentos horizontais são balizados conforme a revelação do Amor de Deus por mim. Assim sendo, é o Pastoreio desse Amor de Cristo que conduz as ovelhas que ouvem sua voz para fora dos apriscos maus dos príncipes desse mundo tenebroso, e dos mercenários. Esse “sair pra fora” não é conceitual, nem astral, nem filosófico, nem fantasioso...

 

É um “sair pra fora” que consiste em atitudes realizadas conforme um outro sistema de valores, um outro Reino, uma outra cidadania.

 

É nesta carta também que eu encontro a preparação que faz com que nós saibamos lidar com estes tempos de “energias sutis” sendo manipuladas com propósitos que não são novos, mas são os mesmos propósitos que desde o princípio se manifestaram em adversariedade ao bom propósito da  Graça de Deus.

 

É nesta carta que, após ouvir muito Paulo falar sobre nossa situação e nosso lugar ”em Cristo”, ouço-o falar sobre nosso lugar na rede dos relacionamentos horizontais importantes e necessários... para que no final eu ouça aquele “quanto ao mais”...

 

“Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder.

11  Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo;

12  porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.

13  Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis.

14  Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça.

15  Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz;

16  embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno.

17  Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;

18  com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos

19 e também por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra, para, com intrepidez, fazer conhecido o mistério do evangelho,

20  pelo qual sou embaixador em cadeias, para que, em Cristo, eu seja ousado para falar, como me cumpre fazê-lo.

21  E, para que saibais também a meu respeito e o que faço, de tudo vos informará Tíquico, o irmão amado e fiel ministro do Senhor.

22  Foi para isso que eu vo-lo enviei, para que saibais a nosso respeito, e ele console o vosso coração.

23  paz seja com os irmãos e amor com fé, da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo.

24  A graça seja com todos os que amam sinceramente a nosso Senhor Jesus Cristo”.

 

 

Os que são de Cristo já estão preparados para esta luta que não envolve elementos e inimigos que se vêem. Apesar de que, a prudência nos faça a cada passo “não ignorar os movimentos e os desígnios de nosso adversário”.

 

Diante dessas tecnologias e dessas energias de controle e manipulação, somente a armadura de Deus nos dá ousadia e fé para “vencer tudo e permanecermos inabaláveis”. Ou seja, permanecermos sãos!

 

Couraça, calçados, escudo, capacete... Que num certo sentido, me parece que são a mesma coisa... Os nomes das “peças” são apenas para ilustrar a utilidade do mesmo “objeto”: o Evangelho!

 

Mas nosso chamado não é pra nos viciarmos na posição defensiva.

 

Há a Espada do Espírito! E há o chamado para com ousadia pregar o mistério do Evangelho!

 

E isto com simplicidade, paz, alegria e amor! E sem levar em contas algumas “cadeias” que nos possam prender. Sem nos permitirmos contaminar pelo ódio, pela vingança e pelo espírito belicoso.

 

Enfim, a Palavra é livre como vento, e os nascidos dela são feitos sempre conforme Ela.

 

Estes, são cortados por ela e cortam o mundo com Ela. A fim de que todo propósito do coração seja sempre manifesto e nenhum bicho permaneça oculto.

 

Nenhuma criatura pode ou poderá escapar da “Palavra”, pois ela é eficaz espada de dois gumes! (eita! Quem diria que num mundo de armas escalares a vitória viria de uma espada! RS!)

 

Assim, para os que discernem o Evangelho da Verdade, continua valendo o dito:

 

“No mundo passareis por aflições, mas tende bom ânimo. Eu venci o mundo”.

 

O problema é que as “espadas” de muitos são aquelas que os discípulos já tinham guardadas e preparadas, ao perceberem que alguma coisa estava se erguendo contra o mestre deles.

 

E  a armadura de muitos não é a que estava sobre Davi ao lutar contra Golias, mas é a armadura de Saul, a qual Davi descartou.

 

Neste caso, veremos muita gente confusa e muita gente em nome de Deus provocando mais hostilidades e se tornando escândalos horríveis.

 

Veremos Davis cobertos de bronze, armados até os dentes, indo de encontro a Golias cheios de audácia e espírito guerreiro... e sendo despedaçados. E veremos Golias com uma mão segurar a “cabeça” desses Davis, e com outra mão a “espada” com uma epígrafe gravada: “Vou contra ti em nome do Senhor!”

 

Algo parecido com o que experimentaram os judeus exorcistas ambulantes, que tentaram expulsar espíritos malignos em nome do Jesus a quem Paulo pregava.

 

Mas eu creio que até essas tragédias podem resultar em revelação da Graça de Deus sobre essas pessoas. E oro por isso! Que eles sejam salvos, mesmo que através do fogo!

 

Minha paz vem por saber que ele disse que seria assim, e prometeu que estaria conosco até a consumação de tudo. Não nos deixaria órfãos.

 

Paz Caio! ( a Paz Dele! Rs!)

 

Abração!

 

____________ 

 

 

Outra coisa.

 

 

Se este controle conseguir uma certa eficácia “absoluta”, a ponto de afetar até a capacidade dos santos perseverarem na fé que a eles foi entregue...

 

Então a seguinte passagem do Evangelho faz todo sentido pra mim. Veja e me diga se não é:

 

“Quando, pois, virdes o abominável da desolação situado onde não deve estar (quem lê entenda), então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes;

15  quem estiver em cima, no eirado, não desça nem entre para tirar da sua casa alguma coisa;

16  e o que estiver no campo não volte atrás para buscar a sua capa.

17  Ai das que estiverem grávidas e das que amamentarem naqueles dias!

18  Orai para que isso não suceda no inverno.

19  Porque aqueles dias serão de tamanha tribulação como nunca houve desde o princípio do mundo, que Deus criou, até agora e nunca jamais haverá.

20  Não tivesse o Senhor abreviado aqueles dias, e ninguém se salvaria; mas, por causa dos eleitos que ele escolheu, abreviou tais dias.

21  Então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! Ou: Ei-lo ali! Não acrediteis;

22  pois surgirão falsos cristos e falsos profetas, operando sinais e prodígios, para enganar, se possível, os próprios eleitos.

23  Estai vós de sobreaviso; tudo vos tenho predito.

24 Mas, naqueles dias, após a referida tribulação, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade,

25  as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados.

26  Então, verão o Filho do Homem vir nas nuvens, com grande poder e glória.

27  E ele enviará os anjos e reunirá os seus escolhidos dos quatro ventos, da extremidade da terra até à extremidade do céu”.

 

 

Porque se o homem conseguir realmente um tal nível de controle, isto será como o abominável se assentar no lugar santo.

 

E Jesus diz que isto é tão grave, que o que se tem de fazer não é perseverar na mente e no coração firmados no Evangelho somente. Não se deve ignorar este adversário e marcar uma “reunião de oração”, e não se deve nem ir de encontro ao abominável.

 

Uma das poucas vezes que eu vejo Jesus dizendo: Saia daí rápido! Fujam de perto desse trono pra onde for o mais longe possível!

 

E é engraçado porque me parece que ele vê este sinal como algo que o faz agir de maneira final contra toda esta malignidade.

 

E diz que, “Então, verão o Filho do Homem vir nas nuvens, com grande poder e glória.  E ele enviará os anjos e reunirá os seus escolhidos dos quatro ventos, da extremidade da terra até à extremidade do céu”.

 

Não sou alarmista nem covarde, Caio.

 

Basta que se leia meu e-mail anterior.

 

Mas se o controle do “homem” se tornar total, faz todo sentido as palavras de Jesus.

 

Há que se fugir. E há que se esperar que até elementos dos céus sejam abalados por este poder de controle.

 

E há que se esperar que Jesus não tenha outra alternativa que não esta ação que movimenta exércitos de anjos.

 

Sei que antes da Verdade se manifestar, isto é apenas discernimento e coisas do coração... Estas coisas não podem ser “controladas” pela nossa vaidade intelectual ou teológica...

 

Mas que faz sentido e provoca temor no coração, isto é fato. Ou não, Caio?

 

 

M.C.

_______________________________________

 

Resposta:

 

 

Meu amado amigo e mano de jornada: Graça e Paz!

 

 Presentemente se criou um motor usando-se o mesmo princípio do Tesla, conforme você leu no CIÊNCIA E CONTROLE HUMANO: Energia Escalar!

 Sobre o que você disse, creia:

 

Ninguém está preparado para isto. Não tivesse o Senhor já determinado abreviar tais dias, e ninguém suportaria.

 

Lutar com o diabo é mais fácil do que lutar contra o homem com poderes de diabo.

 

O Diabo sai em nome de Jesus. O homem não. Somente Jesus mesmo, na Sua Vinda, desbancará o trono das soberanias satânicas do homem.

 

O Apocalipse descreve o cenário como sendo praticamente inescapável para todos os homens, e Jesus disse que será: “Pois há de vir sobre todos os habitantes da terra”.

 

De fato chegará a hora em que o controle será físico e não apenas psicológico ou indireto.

 

Daí a idéia de marca no braço ou na fronte.

 

Sim! É físico, por mais que anos atrás tudo isto parecesse impossível.

 

Agora, no entanto, já não é apenas uma idéia bíblia pessimista, mas, a cada dia, se mostra como sendo não apenas uma tendência [que aliás sempre foi], mas sim um poder capaz de usar aparatos impensáveis há alguns anos.

 

Até mesmo o controle psicológico [“controle de almas humanas”, conforme o Apocalipse] se utilizará de aparatos eletromagnéticos com capacidade de manipulação mental coletiva.

 

Aquela coisa de estatuas falarem está ficando cada vez mais não-simbólico.

 

No fim, o que se vê é que o Apocalipse está ficando quase literal em suas descrições. Pelo menos esta é a cara tecnológica que as coisas estão ganhando, além, também, de que as demais coisas relativas aos mares, rios, fontes, ilhas, clima, etc. — estão se manifestando de modo factual e não simbólico.

 

Politicamente também os cenários do Apocalipse estão ganhando todas as concreções antes por mim inimagináveis.

 

Hoje, e cada vez mais, a melhor leitura das profecias da Bíblia é feita com o acompanhamento de leituras sobre Política mundial, dados científicos, ou informações gerais sobre a Natureza e a Terra.

 

Mas saiba:

 

Ninguém está ou estará jamais preparado!

 

O que nos resta é andarmos vigilantes e confiantes na Graça de Deus!

 

Enquanto isto...

 

Ora, sim, enquanto isto... — responda-me:

 

Teria ou tenho eu tempo, sabendo e crendo no que creio, para ficar perdendo tempo com as brigas de piolho que o diabo apresenta como “coisa importante” aos cristãos, e, em geral, o mundo?

 

Não há mais tempo a perder-se com bobagens!

 

Os dias são maus!

 

O Senhor, todavia, é fiel; e disse que estaria conosco até o fim.

 

Receba todo meu carinho!

 

 

Nele, que vem, e que até que venha cuida dos Seus,

 

 

 

Caio

20 de agosto de 2008

Lago Norte

Brasília

DF

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja os links:

 

http://www.stop.org.br/site/catalogo/arquivos.php?idarquivo=624

 

http://www.stop.org.br/site/catalogo/secoes.php?idsecao=292