Português | English

Cartas

CHEIA DE CARGOS E COM A CARGA DA CULPA

CHEIA DE CARGOS E COM A CARGA DA CULPA



----- Original Message ----- From: CHEIA DE CARGOS E COM A CARGA DA CULPA To: contato@caiofabio.com Sent: Monday, February 14, 2005 10:54 AM Subject: ''LEIA MINHA CARTA..POR FAVOR" Graça e paz Caio... Fico feliz em poder escrever pra vc... embora esteja ciente da dificuldade de uma resposta sua, mas eu não vou desistir.. Caio...tenho um grande espinho na carne..e lendo as cartas, vejo que muitos estão com problemas....mas não vi ninguém com um problema assim, tão grande quanto ao meu... Deixe eu tentar te contar.. Tive um problemas há dois anos atrás... quando caí em pecado... Sou casada há 15 anos e tenho 35 de idade... O problema não é ter caído... se este fosse o problema, tudo estaria resolvido... pois iria e pediria perdão... sei lá... me afastaria de todos os meus cargos... Só que quando eu caí... me desesperei... fui entregar meus trabalhos sem confessar meus pecados... Na verdade tenho medo de ir a minha igreja... sei que vão me condenar por isto... Temo pelos meus familiares... Com tudo isto dois anos se passaram. Confessei tudo a um grande amigo... o qual tem tido toda paciência do mundo comigo... Mas os anos se passaram... e eu tive outros problemas... E continuo dentro da igreja... Fique 6 meses sem tomar a ceia... Hoje tenho cargos na igreja ... não sei e não entendo como o Senhor me confia tudo isto... Eu quero dar um basta... quero entregar tudo... sair da igreja... sei lá... Me desvincular com tudo... E ainda Deus fala comigo...! Caio..pelo amor de Deus..como devo proceder...? Devo confessar? Jogar tudo pro alto...? Falar pro meu esposo...? E no futuro...? O que Deus ira fazer comigo...? Por favor me ajude... me dê uma resposta...Tenho que sair desta situação... Ms será que tenho perdão sem confessar o que fui e o que sou...? ____________________________________________________________________________________ Resposta: Minha querida irmã: Graça e Paz! Sua carta foi muito vaga e reticente... Deu apenas para saber que você é casada, teve casos extraconjugais, e não sabe o que fazer, pois, ao invés de ter conseguido terminar de vez tais casos, continua a tê-los, o que faz você ficar sem saber o que fazer: se confessa ao marido, se conta na igreja, se fala apenas com Deus, se joga tudo para o alto, ou se empurra com a barriga... A primeira coisa que eu quero saber é o que existe entre você e seu marido. Digo isto porque é totalmente incomum que uma mulher que ame o seu marido se entregue a casos extraconjugais. O mesmo nem sempre pode ser dito de homens, mas, com certeza se pode dizer da maioria esmagadora das mulheres que amam um homem. Haveria explicação para a situação se você dissesse que não ama o seu marido. Nesse caso, ainda que seja um equivoco agir como você está agindo, seria algo explicável. Uma possibilidade real, porém rara, seria o caso de você não ter sexo de natureza alguma com seu marido, e, dado ao tempo do casamento, ter se fragilizado, feito algo fora do leito conjugal, gostado das sensações, e não tenha conseguido parar... Em qualquer dos dois casos, melhor seria acabar o casamento do que ficar saindo na sombra... Quanto às demais questões, digo-lhe o seguinte: 1. Se você deseja continuar seu casamento e evitar muita dor, pare de fazer o que está fazendo, e, nesse caso, confesse a Deus, e a mais ninguém. 2. Se você não deseja continuar seu casamento, confesse a Deus o que está molestando você, pare, e se divorcie sem ser em razão de relações sexuais extraconjugais, visto que isto lhe colocaria um estigma que você não precisa carregar. Quanto à igreja e aos cargos, notei que tais tolices ocupam grande lugar em sua alma, o que explica ainda melhor o seu problema, posto que você não parece ter uma vida interior, com Deus, mas apenas uma vida exterior, religiosa e ocupada com cargos que lhe foram dados por homens, embora você pense que lhe foram dados por Deus. Enquanto você pensar que Deus tem alguma coisa a ver com cargos as coisas não melhorarão em seu interior. Não! Não se engane! Deus tem mais o que fazer do que se ocupar com cargos de igreja. Portanto, trate os cargos sem magia. São tarefas humanas e servem muito bem ao propósito do engano, isto quando a pessoa pensa que eles vêm de Deus, pois, quando se pensa assim, fica fácil o enveredar-se pelo caminho da petrificação da alma. Quanto ao mais sugiro que você leia este site mesmo, de verdade, até ao fundo. Digo isto porque se você o estivesse lendo sempre e “de conforça”, você saberia que seu problema está longe de se equiparar a grandes conflitos aqui expressos por muitos. O que você precisa mesmo, e com urgência, é de vida com Deus no seu interior. Sim, você precisa ser salva do “Deus dos cargos”, pois, tal “Deus” não é Deus, e servindo-o ninguém encontra Aquele cujo jugo é suave e a carga é leve. Pense no que lhe disse e me escreva. Nele, em quem a única posição é “em Cristo”, Caio